quarta-feira, 18 de julho de 2018

HÁ 35 ANOS....




....partiu ANTÓNIO VARIAÇÕES


Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar!
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se a vida em ti é de outro jeito
Ver-te sorrir, eu nunca te vi
E a cantar, eu nunca te ouvi

Será de ti ou pensas que tens que ser assim
Ver-te sorrir eu nunca te vi
E a cantar, eu nunca te ouvi
Será de ti ou pensas que tens que ser assim
Olha que a vida não é nem deve ser
Como um castigo que Tu terás que viver
Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se a vida em ti é de outro jeito


Os meus amigos portugueses conhecem bem este nosso cantor, mas os que tenho no Brasil com certeza não saberão quem foi. Aconselho-os a pesquisarem, pois teve um percurso de vida muito interessante. Ficaria um post muito longo se aqui vos deixasse informações sobre a vida dele. Espero que gostem

Emília Pinto

44 comentários:

  1. Eu adorava o António Variações. Ainda hoje tenho saudades.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto, Elvira, embora não o conheça tão bem quanto tu, pois o facto de ter vivido no Brasil fez com que desconhecesse muitos dos nossos cantores e este fou-se muito cedo. Um beijinho, querida amiga e espero que estejas bem de saúde assim como os teus,
      Emilia

      Eliminar
  2. Bem me lembro dele. Já passou tanto tempo?

    Hoje:-Das cartas que eu nunca te enviei.

    Bjos
    Votos de uma óptima Noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tempo passa depressa, Larissa!!! Obrigada pela visita e boa noite. Estou em divida para contigo, mas em breve visitar-te-ei. Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  3. Olá, Emília, já fui pesquisar, báh, faleceu aos 39 anos! Muito moço. Gostei da música, e principalmente da letra, 'Muda de vida'.
    Olha... diz tudo muito bem, mas cadê a força para certas criaturas cobertas de problemas mudarem de vida? Falta-lhes iniciativa, garra, luta e renúncias! Adorei a letra, como não gostar?
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão, Tais, nem sempre há força e coragem para se mudar de vida, mas, conforme viste na pesquisa, ele teve essa coragem, indo sem ajudas de ninguém para a capital num periodo em que o preconceito era muito maior do que o de hoje. Teve muita coragem, mas nem sempre é assim. Sabes, quem me fez lembrar este cantor? O nosso querido Raul Seixas. Pensei logo nele quando ouvi este e outros, temas. Tais, não me esqueci que tenho de te falar do meu voluntariado, mas ainda não tive oportunidade um dia destes farei isso, certo? Boa noite, amiga e obrigada. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
    2. Desculpa...falta ali um ponto final. Um dia destes...
      Emilia

      Eliminar
    3. Esqueci-me de te dizer, Tais , que o Raul Seixas tem uma música, " tente outra vez" ( acho que é assim...) que não deixa de ter um significado parecido com este. Também morreu bastante novo, não foi? Beijinhos e agora, fico mesmo por aqui.
      Emilia

      Eliminar
    4. É verdade, Raul Seixas, um dos pioneiros do Rock brasileiro! Morreu aos 44 anos, muito moço. Lembras do 'Maluco Beleza'?
      "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás" ? Formidável.
      Vou esperar o teu voluntariado... não tem pressa!
      Um beijinho.

      Eliminar
    5. Claro que lembro, Tais! Uma vez o meu filho disse-me para colocar essa música aqui no blog. Quem sabe um dia? Nāo me esqueci da nossa conversa, Tais. Vim passar este fim de semana à praia ( aqui é verão) e se, der, ainda te escrevo " uma cartinha" amanhã. Um beijinho e um bom fim de semana
      Emilia

      Eliminar
  4. Gostei muito e valeu a complementacaso da Tais...bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostaste, Chica! A Tais deu-te algumas informações, mas sabes o que fazer se quiseres conhecer melhor este nosso cantor. Umas boas férias, amiga. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  5. Quem não se lembra do António Variações? E quanto verdade não está dita nesta canção? O Mundo tem que mudar e nem sempre aceita as ideias, as formas, etc...
    Bom saber que está de volta...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem que mudar o mundo, Marta , mas se não tivermos forca e cotagem para mudarmos a nossa mentalidade, continuará tudo igual, O António Variações foi uma pessoa muito corajosa, num tempo em que as coisas eram mais dificeis em todos os aspectos. Ja acabaram as minhas pequenas férias, mas ainda não consegui colocar as minhas visitas em dia e tu és uma das pessoas que ainda não visitei. Mas, vai preparando o cafezinho, pois chegarei logo, logo. Um bom fim de semana, amiga! Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  6. Oi Emília! Muitas vezes, nos conformamos com o que achamos que justo, aceitável e seguro. Estamos tão dominados pela ideia de ficarmos, porque mudar parece assustador. Porque parece assustador enfrentarmos um ambiente totalmente novo, sem as pessoas, coisas, ou lugares aos quais estamos tão acostumados.Estamos tão apavorados com a ideia de seguir em frente, porque sentimos que não podemos seguir em frente e deixar as coisas para trás. Nós sacrificamos nosso próprio ser, nossa própria felicidade. Nós escolhemos comprometer tudo porque optarmos por ficar, quando realmente deveríamos estar nos movendo para a frente.Se você está infeliz, mude. Porque se está destinado a ficar em um lugar, deve ter raízes, em vez de pés. Como sempre fico aqui descobrindo e aprendendo um pouco mais da santa terrinha. Grande beijo minha querida.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade tudo o que dizes, Beto, mas, às vezes temos medo do " novo ", do "desconhecido " e ficamos com a nossa " vidinha" que não nos satifaz. Ha que ter coragem e nem sempre a temos. Sabes, amigo, um dos encantos dos blogs é o enriquecimento que nos trazem, através desta troca de experiências, de informações e fico muito feliz que, através do Começar de novo estejas a conhecer um pouco mais da cultura portuguesa. Beto, estou um pouco atrasada nas minhas visitas; aqui é verão e, claro saio mais de casa; temos que aproveitar este bom tempo, pois o calor aqui é por pouco
      tempo. Mas, não demorarei muito, prometo. Entretanto, deixo-te um beijinho e os votos de um bom fim de semana
      Emilia

      Eliminar
  7. Inesquecível.
    Pelas palavras e pelas interpretações únicas que fazia em cada canção.
    Obrigado pela partilha.
    Querida amiga Emília, um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho, Jaime! Muito obrigada pelo carinho e desejo-te também um bom fim de semana e que sejam óptimos todos os outros, principalmente com saúde para todos. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  8. Pois é, minha amiga Emília, parece-me que os bons morrem cedo. Vi junto com a Taís a história de António Variações, que certamente teria muito ainda a oferecer-nos, se tivesse ele tido vida longa. Que pena que não foi assim. Um cantor de talento e também talentoso compositor. Mas deixou para os pósteros a magia de sua obra. Como sabes, Emília, conheci António por meio dessa tua postagem que, me foi muito útil e prazerosa, o mesmo deve ter acontecido com os que compartilharam contigo esse post.
    Parabéns, minha amiga Emília.
    Beijo
    Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como disse acima, em resposta ao comentário do Beto, os blogs têm esta característica fantástica, permite uma troca de ideias, experiencias e informações entre os amigos segidores e com isto todos aprendem bastante. Dei-te a conhecer este nosso cantor, assim como eu, aprsndo muito com todos vós, amigos brasileiros, apesar de ter vivido aí muitos anos. Fico contente, Pedro , por ter contribuído para que conhecesses mais uma pessoa que teve um papel importante na cultura brasileira. Obrigada pelo carinho, amigp, e tudo de bom para todos aí em casa. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
    2. Corrigindo...permitem, seguidores, aprendo...cultura portuguesa, amigo
      Desculpa Pedro!!!
      Beijo
      Emilia

      Eliminar
  9. Bom dia, Emília!
    Linda esta tua homenagem a António Variações, que partiu quando muito teria ainda para nos cantar e mostrar. Sim porque AV cantava e encantava no palco da vida toda.
    Como ele, também o grande Carlos Paião, que nos deixou de forma trágica aos 30 anos.
    Foram ambos portentosos músicos e cantores.
    Resta-nos ouvi-los em belas canções que, como eles, nunca envelhecerão.
    Beijo, querida amiga, bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida Teresa, pelo carinho. Conhecia muito pouco de António Variações, pois os anos que vivi no Brasil, puseram-me bastante " a leste " das músicas portuguesas; só quando voltei comecei a ter mais contacto com este e outros cantores, como o que aqui mencionas, o Carlos Paião. Mas, ainda vou a tempo! Teresa, deixo-te aquele nosso abraço apertadinho e os votos de uma boa noite. Até..
      Emilia

      Eliminar
  10. Um cantor que sempre me agradou, desde o início da sua carreira.
    Infelizmente,as várias as homenagens a António Variações foram a titulo póstumo.

    Beijinhos.

    Lisa


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre, assim, Lisa, só se dá o real valor às pessoas quando elas morrem, o que é uma pena. Ele deve ter tido alguns problemas, dado a sua extravagância na maneira de viver; numa época de grandes preconceitos, tudo chocava e não deve ter sido facil para ele Foi uma pessoa muito corajosa. Lisa, muito obrigada pela visita e espero que estejam todos bem por aí, Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  11. António Variações. Magnífico! Lembro-me muito bem do tempo em que ele apareceu a cantar, vestindo-se de forma diferente, o que chocou muita gente. Mas aos poucos as pessoas renderam-se àquele talento enorme que ele tinha. E agora as suas canções perduram e são cantadas por outros artistas. Esta canção "mudar de vida" está bem dentro do espírito irrequieto que lhe pertencia. Foi bom recordá-lo aqui, minha Amiga.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Eu não tive oportunidade de conhecer a fundo a vida de António Variações, pois vivi no Brasil muito tempo e só quando voltei para Portugal é que comecei a ouvir falar dele. Deve ter sido muito dificil para ele o começo de vida em Lisboa , pela forma " irreverente" de viver, em todos os aspectos, mas era uma pessoa forte e corajosa e conseguiu superar o preconceito que naqueles temos era ainda pior do que hoje. Graça, muito obrigada pelo carinho da visita e desejo- te tudo de bom, a ti e aos teus. Um beijinho
    Emilia

    ResponderEliminar
  13. Olá, querida minha amiga!

    Lembro-me mto bem de AV e das suas irreverentes canções e roupas.
    Só soube da vida atribulada dele, após a sua morte, visto que um dos seus irmãos, k é médico, falou sobre a doença, que ele tinha contraído, mas à médico, tal como da sua vontade de deixar a sua aldeia em Trás-os-Montes e depois a vida, que levou em Lisboa.
    A sua estadia em Nova York foi a gota, que fez transbordar o copo, como vulgarmente dizemos.

    Tinha uma voz atípica e a letra das suas canções, k ele mesmo compunha, mostram-nos bem qual era o seu estado de espírito.

    Beijinhos e um grande abraço.

    ResponderEliminar
  14. Retificando: Olá, querida amiga minha!

    ResponderEliminar
  15. Qurrida Ceuzinha, estava quase a ir " buscar-te a casa ", pois necessito sempre das tuas pesquisas, mas, não foi preciso; cá estás, com o teu carinho de sempre, acrescentando algo a este post. Cconheci muito mais tarde este nosso cantor, devido ao tempo que vivi no Brasil e, quando o ouvi, comparei-o logo ao Raul Seixas, do Brasil. Poderás pesquisar no YouTube se te interessar. Amiga, espero que as tuas maos estejam a melhorar e deixo-te um beijinho de boa noite e o meu agradecimento por teres aparecido aqui " de livre e espontânea vontade" . Faz isso sempre, certo? Até...
    Emilia

    ResponderEliminar
  16. Lembro as primeiras vezes que o vi na TV e achava - o um fora de série . E foi . Tendo vivido mum meio tão rural ( perto da minha aldeia ) é preciso ter alma de artista para ter a visão que tinha da vida . A sua filosofia de vida . Simples mas autêntica, direta . Por isso ficou na nossa memória e coração . Porque para mudar de vida tem que haver coragem , não se contentar com o pre- estabelecido.
    Uma ótima imaginação tiveste para nos trazer o Variações e suas cantigas na sua enorme projeção de vida- futuro .
    Grande beijinho EMILIA !🌻

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É preciso, sim, ter uma coragem enorme para se mudar de vida, ainda mais numa época em que tudo era muito dificil, em todos os aspectos; nas aldeias, então, o atraso era muito e as condições financeiras da maioria das pessoas eram precárias. Mas valeu a pena a força que teve, apesar de não lhe terem dado o devido valor na vida curta que teve. Querida Manuela, gostei muito de te ver por cá, pois é sinal de que estás a melhorar. Espero que assim continue para que possas aproveitar o nosso verão que daqui a pouco acabará. Um bom Domingo e um beijinho de boa noite. Até breve aí no teu Anjo Azul.
      Emilia

      Eliminar
  17. Passei para ver as novidades.
    Emília, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Jaime, pelo carinho. Não sei quando haverá novidades, pois de vez em quando venho até à Póvoa de Varzim aproveitar este nosso veraozinho que não tem sido lá essas coisas e o blog vai ficando um pouco de lado. Desejo-te um bom Domingo e espero que também estejas a aproveitar a praia aí da tua região. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  18. Um homem que foi olhado um pouco " de lado " pelos chamados intelectuais da altura , mas que nos legou óptimas canções , e que há uns tempos a esta parte estão a ser recuperadas .
    Obrigada Amiga Emília pela partilha .

    Agradeço , ainda , a visita com apertado abraço e beijos ,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre, assim, Maria, depois que acaba o tempo aqui na terra é que se dá o devido valor às pessoas. Não acontece isso só com pessoas ligadas à arte, mas a muita gente; Como diz o papa Francisco, dá-se mais valor à morte do que à vida; num funeral as flores abundam e na maioria dos casos a pessoa que se vai nunca recebeu uma flor em vida. Triste que assim seja. Fiquei muito feliz que tenhas visitado a minha casa, pois é sinal de que estás bem. Obrigada, amiga. Deixo-te um um forte abraço e a minha sincera amizade
      Emília.


      Eliminar
  19. Oi Emília!
    Realmente não o conhecia. Pesquisei como sugeriste e deu para ver que deixou uma obra bem bonita embora tenha falecido com apenas 40 anos
    Abrçs amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Zilani, foi muito cedo e o trabalho que deixou foi muito bom. Obrigada pela visita e desejo tudo de bom para ti e para os teus amores. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  20. Oi Emília tudo bem?
    Então adorei o post não conhecia o cantor gostei.
    Sabes que consigo postar uma vez ao mês pois não consigo mais que
    isso e mesmo cheia de ocupações tu consegues ainda sempre ter algo
    bacana por aqui.
    Bebês nascerão da parte da familia do meu esposo e da minha também
    no mês de setembro. Esse ano quero ver se dou uma passada em Lisboa mas tenho vontade de conhecer o Algarve, brasileiros tem gostado demais.
    Aqui o frio esta de lascar, não vejo a hora de entrar setembro que é a nossa primavera; tens alguns pés frutas por aí que legal, conheces também a satisfação que dá de poder colher algo plantado por nós.
    Obrigada pela visita e o informe;
    Boa continuação de semana.
    PAZ E BEM.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com certeza, Janice, nãp tenho tantas ocupações como tu e por isso posto mais vezes. Quanto a vires a Lisboa, fazes muito bem, pois vais gostar e também acho que deves conhecer o nosso Algarve que tem praias muito bonitas, apesar de no Brasil haver praias maravilhosas, Pena que não venhas conhecer o norte do país, pois é lindo e bastante diferente Amiga, muito obrigada pela visita e brevemente irei à casa Madeira para ver as novidades Boa sorte para os bébés da tua família que vão. nascer em Setembro. Um beijinho e até breve
      Emília

      Eliminar
  21. Ao tempo!
    Tratavas-me por amiga e deixaste de frequentar o meu blogue, não sei poquê...
    De partida para férias.
    Abraço
    ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida amiga, é claro que continuo tua amiga e é claro também que não deixei de frequentar o teu blog, simplesmente, tenho estado mais ausente. Já fui ao teu cantinho explicar-me e agora espero que me desculpes e entendas os motivos. Obrigada
      pela sinceridade e desejo-te umas boas férias. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  22. Como o tempo passa!...
    E continuo sempre a apreciar da mesma forma, a força, a irreverência, e a alegria que emanam de tantos dos seus temas...
    Belíssima partilha, Emília!
    Beijinhos! E boas férias!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ana e desculpa só agora responder ao teu comentário;nãosei o que aconteceu, mas só o vi agora. Estou perdoada não é verdade? Fico feliz que tenhas gostado de recordar este nosso cantor que considero muito corajoso. Boas férias para ti também. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar