sexta-feira, 23 de março de 2018

O LIVRO




Dos diversos instrumentos do homem, o mais assombrosos é, indubitavelmente, o livro.
Os outros são extensões do seu corpo. O microscópio e o telescópio são extensões da vista; o telefone é o prolongamento da voz; seguem-se o arado e a espada, extensões do seu braço.
Mas o livro é outra coisa: o livro é uma extensão da memória e da imaginação.
Em «César e Cleópatra» de Shaw, quando se fala da biblioteca de Alexandria, diz-se que ela é a memória da humanidade. O livro é isso e também algo mais: a imaginação. Pois o que é o nosso passado senão uma série de sonhos? Que diferença pode haver entre recordar sonhos e recordar o passado? Tal é a função que o livro realiza. (...)
Se lemos um livro antigo, é como se lêssemos todo o tempo que transcorreu até nós desde o dia em que ele foi escrito. Por isso convém manter o culto do livro.
O livro pode estar cheio de coisas erradas, podemos não estar de acordo com as opiniões do autor, mas mesmo assim conserva alguma coisa de sagrado, algo de divino, não para ser objecto de respeito supersticioso, mas para que o abordemos com o desejo de encontrar felicidade, de encontrar sabedoria.


 Jorge Luís Borges, in 'Ensaio: O Livro'


No mês de Março festejou-se o dia da MULHER, o dia do PAI; lembrou-se a POESIA, também a ÁRVORE e a PRIMAVERA começou;  eu pensei: Será que o LIVRO não cabe nestes festejos? Creio que sim!. Então...vamos falar dele?

Emília Pinto

53 comentários:

  1. Querida Emília, você já imaginou a humanidade sem livros, tosca e desatinada, correndo atrás de não sei o quê? Nós temos aqui livros antigos, adoro Sebos, o cheirinho do passado, o capricho das capas, em português antigo! Como pode algo assim estar num Sebo?
    Quando diziam que o livro digital acabaria com o livro tradicional, nunca acreditei. É uma magia diferente pegar um livro ou ir ao computador. Concordo com a tecnologia, mas não precisa acabar com a arte, o livro que traçou nossas vidas, que nos guiou. Que nos ensinou a ler, a pensar.
    Não existe coisa mais linda do que as bibliotecas antigas, a arte das igrejas. Gosto disso. E gostei da tua postagem.
    Beijo, um bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não imagino sequer ver pessoas que nunca pegaram num livro e aqui deixo de fora aquelas que não têm ppssibilidade e nem capacidade para comprar e ler um livro. Conheço algumas que não têm um em casa e às vezes penso no que se transformará a vida delas quando as pernas não lhes permitir andar de um lado para o outro. Para mim um livro é uma companhia e, quando o meu corpo exigir sofá, tenho sempre o meu companheiro para me tirar da solidão. Não tenho uma grande biblioteca, mas " em cada canto," da minha casa aparece um livro e não me preocupo se dois ou estão na mesinha da
      sala mesmo que receba visitas; fazem parte dela, do meu mundo, das minhas coisas e estão ali muito bem. Quanto aos digitais, tenho uma amiga que aderiu a ela e já muitas vezes me disse como fazer para aceder a eles; nem prestei atenção, pois não concebo a ideia de ler um livro sem o folherar e sentir aquele cheirinho de papel. Amiga, muito obrigada pela visita e desejo-te um bom fim de semana. Apesar de estarmos na Primavera, o frio continua muito e hoje estámos com chuva e muito vento. Um beijinho e ate breve.
      Emilia

      Eliminar
  2. Boa noite!
    Apreciando sua linda postagem e deixando essa reflexão.
    Deus não nos deu asas, mas nos dar forças todos os dias pra que aprendamos a voar! Sempre existe um amanhecer onde Deus renova nossas forças para prosseguir. Peço a Deus que amanhã nada de ruim aconteça em nossas vidas, sejamos confiantes no amor de Deus. Bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Lourdes pela visita e pela reflexão. Amanhã será um oitro dia e o que pedimos é que ele nos traga saúde e serenidade. Um bom fim de semana. Beijinhos

      Eliminar
  3. Sempre encarei o livro como um amigo. E ninguém consegue viver sem amigos. Até os eremitas que vivem isolados só o conseguem fazer porque vivem rodeados de livros
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Esqueci de dizer que o dia mundial do livro e dia 23 de Abril
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, Elvira! Para mim o livro também é um amigo que me acompanha nas horas mais solitárias e que me ajuda a levar a mente para longe das preocupações do dia a dia. Com ele viajamos para outras paragens, esquecendo-nos um pouco dos problemas. Obrigada. Beijinhos e uma Felz Páscoa
      Emilia

      Eliminar
  5. Amiga Emília, aplaudo a tua celebração. Primeiro porque adoro livros depois porque escolheste palavras sábias do grande Jorge Luís Borges.
    Eu gosto de livros. Não para encher estantes mas para ler, sublinhar, aprender. Em momentos de tristeza ou solidão, neles encontro sempre palavras de grande conforto.
    Não entendo como há pessoas que não gostam de livros, que não leem.
    Valter Hugo Mãe escreveu num dos seus romance palavras que não me saem da memória: “As pessoas que não leem apagam-se do mapa de deus.”
    Emília, dia 23 de Abril voltamos a celebrar: é o dia mundial do livro e dos direitos de autor. Bora, lá?!
    Beijo amiga, e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes, Teresa, a amiga Elvira acima lembrou-me do dia dedicado ao livro que, confesse, tinha-me esquecido por completo; são tantos os dias dedicados a isto ou aquilo que a
      guns me passam por completo; mas...como dizes, no dia 23 voltamos a falar dele, pois nunca é demais. Não tenho uma grande biblioteca, mas todos eles foram lidos e alguns relidos. Há livros que tenho de ler mais do que uma vez e de cada vez que o faço algo de novo me fica. Sempre gostei de ler e é sempre o livro que escolho para companhia. ? Muito obrigada, Teresa . O Rol de leitura é um lugar onde podemos escolher o próximo livro a comprar, amiga. Já te disso que adoro este nome que deste ao blog? Beij7nhos e que tenhas um bom Domingo. Até breve
      Emilia

      Eliminar
  6. Bom dia., Maravilhosa publicação. Adorei

    Hoje:- [Poetizando e Encantado] Criança que quero ser...

    Bjos
    Votos de um Sábado Feliz.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Larissa. Visitar-te-ei em breve. Um beijinho e tudo de bom para ti e para os teus.
      Emília

      Eliminar
  7. Bom dia, o livro é um veiculo de ensinamento importante, atravez dele conseguimos descobrir o que nunca tínhamos pensado, tudo isto é muito lindo de dizer e compreender, acontece que na realidade, o livro torna-se elitista pelo elevado preço que tem, podem dizer coisas bonitas e fazer campanha, como por exemplo, " um povo sem cultura está condenado ao insucesso" enquanto o custo for elevado e a maioria da população não tiver acesso ao livro para obter o habito de ler, este é e sempre será elitista, o livro é criado por mentalidades ultra conservadoras e por progressistas, o povo nunca será culto para diferenciar o mal do bem se não ler, para as múmias cinzentas que até tiveram um presidente da republica pouco tempo atrás, é bom que o povo seja inculto, continuam a seguir a pensamento do estado novo.
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, António, o livro, infelizmente não é acessivel a todos, mas conheço pessoas que têm possibilidades de os comprar e formação suficiente para os ler, mas não têm um sequer. Não lhes foi incutido esse hábito de ler e isso faz muita diferença. Gosto muito de ler, principalmente no Verão quando estou na praia; não vou para a areia e assim sento-me numa esplanada e leio; ando sempre com um na mão. Amigo, muito obrigada ple visita e desejo-te uma santa Páscoa. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  8. Claro que serviu bem direitinho o tema livro pra tudo isso! Linda escolha,Emília! um beijo, ótimo fim de semana,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Chica. Desejo-te uma feliz Páscoa com alegria e sempre muita saúde. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  9. Um livro... não é realmente apenas um livro... É para sentir, cheirar, viajar...Há livros que não esquecemos e que relemos sempre com prazer. O meu é " Não matem a cotovia".
    Neste momento, estou a fazer uma colecção de livros policiais, a reedição da Colecção Vampiro, autores como Raymond Chandler e Ellery Queen e está a ser uma viagem fascinante.
    Por isso,voto num Dia do Livro... Um companheiro perfeito para todos os dias.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Marta, um livro é uma verdadeira companhia que nos enriquece muito. Não matem a Cotovia é um livro muito bom; tenho-o e já o li várias vezes, aliás, faço isso com frequência, repito a leitura de alguns livros. Parece que o dia do livro é dia 23/4, mas eu não me lembrei e falei dele agora. Não importa, pois nunca é demais falar dele. Um beijinho, amiga e uma boa Páscoa.
      Emilia

      Eliminar
  10. Ai, querida Emília, falar de livros para mim é como se falasse do ar que respiro. Gosto de ler. Gosto de livros, gosto de folheá-los, tomar-lhes o peso, examinar-lhes a capa a contracapa, a editora, o ano da edição, o número de páginas. No meu espaço, em casa, há livros por todo o lado. De vez em quando ponho-me a arrumá-los mas, nada feito, aparecem depois por todo o lado. Leio o novo e o velho, coisas por ler e já lidas, leio revistas e jornais, tudo o que tenha letras. Ando sempre com livros aonde quer que eu vá e acabo por comprar mais algum. Sinto-me nua, desacompanhada e insegura se não tiver na mala, pelo menos, um livro.

    Portanto, todos os dias são dias do Livro. Podemos falar deles a toda a hora, mostrar a importância que têm nas nossas vidas, o percurso até aos dias de hoje em que é tão fácil adquirir um livro em comparação com os tempos antigos. Pela minha parte devo dizer que não me faltam livros para ler:requisito-os na Biblioteca Municipal da minha aldeia e compro-os baratíssimos, de bons autores, nas várias feiras de livros que se encontram por aí. Por exemplo, em Lisboa, na Gare do Oriente e estação de Metro da Alameda, um caminho que costumo fazer.

    Como vês este é um tema que me é muito caro. Adorei.

    Desejo-te uma boa semana.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falaste numa coisa muito interessante, Olinda, na dificuldade que antigamente havia para arrajar livros. Sempre gostei de ler e, quando era criança a solução era esperar a " biblioteca ambulante " que parava junto das escolas e aí ficavamos com o livro até que ela regressasse, talvez um mês depois. Não havia oitra solução, pelo menos nas aldeias. Quando estudei no colégio de freiras, eu " devorava " livros e houve alturas em que elas não me deixavam pegar livros pois eu não fazia outra coisa; pagavamos uns trocos ( n me lembro quanto), por cada livro que pegassemos e eu, na hora de sair à rua com as freiras para passear escondia-me na casa de banho até elas formarem a fila para, todas juntas darmos uma volta. Depois, eu saia do esconderijo e ficava a ler. Claro, muitas vezes não dava certo, descobriam e eu lá tinha de deixar o livro e ir passear. Hoje a facilidade é outra e em qualquer lado encontramos livros, nos supermercados, áreas de serviço etc, etc. Claro que há pessoas que não têm acesso ao livro e muitas, infelizmente não têm capacidades para ler um livro; ainda há no nosso país pessoas que, infelizmente, mal sabem assinar o nome. É pena!!! Beijinhos, Olinda e desejo que tenhas uma santa Páscoa, junto dos teus queridos. Obrigada pelas impressões aqui deixadas sobre este nosso fiel companheiro, o Livro.
      Emilia

      Eliminar
  11. O livro. Não há melhor companhia. A leitura é um modo de acção. Convocamos a presença de personagens e lugares. E como disse Eduardo Lourenço "é como leitores que somos literatura, paisagem iluminada por todas as emoções, sentimentos, angústias, alegrias".
    Um excelente texto, o seu, minha Amiga.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, Graça, o livro é uma boa companhia e é essa que escolho quando quero estar sozinha em " paisagens diferentes" e iluminada por variados "sentimentos, emoções, angústias e alegrias " . São muitas as vezes em que procuro estes momentos. Obrigada, Graça, pelo carinho e aproveito para te desejar uma feliz Pascoa na companhia dos teus familiares. Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  12. Li algures esta frase com a qual concordo.

    "Um livro é uma janela pela qual nos evadimos."

    Desejo-te um Santa e Feliz Páscoa.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E acho isso mesmo, Lisa. Quantas vezes não pegamos num livro para nos abstermos de pensamentos negativos causados pelas preocupações e desencantos que a vida nos traz? Por algum tempo ficamos presos ao tema do livro e tudo o resto sai da nossa mente. Obrigada, Lisa e desejo-te também uma boa Páscoa na companhia dos teus queridos. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  13. O livro é fundamental para muitos seres humanos...
    «Não só de pão vive o homem, mas também da palavra de Deus».
    Eu acrescentaria, 'e dos homens', correspondendo ao alimento físico, intelectual e de fé.
    Já na próxima semana vou falar deles.
    Tem uma Semana Santa plena de Paz e Luz.
    Beijos, querida Amiga.
    ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sim fundamental, Majo e é pena que nem todos tenham acesso a ele, por variados motivos; alguns nunca tiveram quem lhes incutisse o hábito de leitura, outros por não terem formação suficiente para isso e outros tantos por não terem dinheiro para os comprar. Amiga, desejo-te uma santa Páscoa na companhia dos teus familiares e que todos estejam de boa saúde. Brevemente far-te-ei uma visita. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  14. Querida Emilia, minha mãe me dizia que meu nome foi dado por ela ter lido um romance onde a heroína, se chamava Léah. Não sei se era verdade ou apenas incentivo para me fazer ler, e deu certo, pois leio muito, não gosto de viajar, mas adoro ler. Sem livros a vida não anda.
    Beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O incentivo à leitura em casa é muito importante. Como queremos que uma criança goste de ler se nunca viu os pais com o livro? Eu também gosto muito de ler e, mesmo em criança lia bastante. Querida Leah, desejo-te uma boa Páscoa junto dos teus. Saúde, paz e alegria para todos. Obrigada pela visita. Um beijinho
      Emilia.

      Eliminar
  15. Oi Emília! Viajei e cá estou, de volta. Muito boa essa postagem, e o assunto abordado nos faz meditar sobre esse objeto tão valioso ao longo dos tempos. Queira Deus que nunca seja substituído definitivamente pelo uso da leitura em telinhas. Como escreveu Mario Quintana: O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado. Deixo um grande beijo e um terno abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Beto, com o lovro estamos sós, mas acompanhados , viajando, sonhando, refletindo com os personagens e a sua história . Então a pescaria foi boa? Sabes, o meu marido gosta muito de pesca e caça, embora hoje em dia a pesca esteja dificil por causa da poluição dos rios e caça também há pouca. O homem destrói tudo. Um boa Páscoa, amigo e obrigada. Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
    2. Oi Emília! A pescaria foi boa graças a Deus! Aqui ainda temos muitos peixes, embora tenhamos de viajar cada vez para mais longe. População aumentando e tomando as matas para construções de moradias. Boa pascoa!beijos e abraços!

      Eliminar
    3. Obrigada, Beto, por teres voltado cá. Um beijinho e um santo dia de Páscoa. Desculpa não ter ido ao teu cantinho, mas tenho cá os meus netos e, claro, o tempo fica curto, mas logo que possa ire visitar-te, até breve, então.
      Emilia

      Eliminar
  16. Respostas
    1. Obrigada, amigo! Desejo-te uma Feliz Páscoa e que a saúde não falte aí pela tua casa. Um beijinho e até breve.
      Emilia

      Eliminar
  17. GOstei imenso, porque livros são uma das minhas paixões de vida.

    Minha querida tem bom resto de semana e uma Páscoa feliz junto à família

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, São! Também gosto muito de livros, pois são uma bela companhia. Desejo-te uma feliz Páscoa e saúde para todos. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  18. O livro foi e é muito importante. Não tem substituto e, por isso, vai continuar a existir.
    Continuação de boa semana e uma Páscoa Feliz.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho, Jaime. Sei que já há muita gente a ler pelo tablet, mas isso a mim não me convence. Não saberia ler um livro sem o folhear. Uma boa Páscoa, Jaime, junto dos teus familiares. Um beijinho e obrigada pela visita
      Emilia

      Eliminar
  19. Independentemente da publicação, que gostei:
    O Brincando com as palavras DESEJA-VOS: UMA SANTA E FELIZ PÁSCOA, EXTENSIVO AOS VOSSOS FAMILIARES E AMIGOS.
    .
    Bjos com carinho e estima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Larissa! Uma Páscoa alegre junto dos teus e que assim sejam todos os outros dias. Se houver saúde, tudo correrá bem, não é verdade?
      Beijinhos, amiga!
      Emilia

      Eliminar
  20. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Céu, mil desculpas pela eliminação do teu comentário. Claro que foi por " azelhice " minha, pois não havia motivo nenhum para isso. Também, claro que não sei o que aconteceu; será que foram as amêndoas? Bem...depois de desculpada ( tenho a certeza...) quero agradecer-te as palavras simpáticas sobre a tal inteligência que dizes que tenho na escolha dos temas e também as amêndoas que me enviaste tanto para mim quanto para os meus; s meus netos ( Lucas e Eduarda ) disseram para, no próximo ano, mandares ovinhos de chocoloate, pois gostam mais e mandam.te um beijinho. Espero que tenhas tido uma boa Páscoa e que tudo continue a correr-te bem, principalmente com as tuas mãozinhas. Um beijinho e até breve lá no teu Céu mesmo que esteja ausente.

      Eliminar
  21. Amiga Emília ,
    agradeço e retribuo os votos deixados no meu " canto " .

    A minha ausência deve-se a questões de saúde e a tudo que daí advém .
    Espero que estejas bem .

    Um dia voltarei .

    Beijo grande ,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida amiga, muito obrigada pelo carinho da visita. Fiquei preocupada por saber que a tua ausência se devia a problemas de saúde, mas de certeza que tudo vai passar e rapidamente voltarás ao nosso convivio. Deixo-te um beijinho muito especial e os meus sinceros desejos de que recuperes logo.
      Emília

      Eliminar
  22. Olá Emília!
    O livro enquanto objeto físico, fora das bibliotecas, está condenado ao desaparecimento na era digital, assim como as bibliotecas estão virando museus. Calma! Falo de um processo em andamento lento e que não será concluído sequer pela parcela caçula da geração atual.
    Porém, a essência do objeto, que são as idéias nele expresso em palavras, essa não vai cair de moda. Afinal, a diferença entre o livro impresso e o virtual está somente na forma de termos acesso a ele.

    Boa Páscoa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Anabela. As coisas vão mudando e temos de aceitar essas mudanças como naturais. Lê-se muito pouco hoje em dia apesar das facilidades em arranjar livros serem maiores e até de se poder ler o livro virtual, mas eu não consigo habituar-me a ele; para mim tem de ser o de papel, amiga, Desejo-te tudo de bom, principalmente muita saúde. Até breve, Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  23. De facto, o livro, é um dos mais poderosos instrumentos inventados... permitindo alargar a visão e o entendimento... muito para além da percepção de cada um... pois dá-nos a conhecer outros mundos... vistos com outros olhos... e perspectivas!...
    Deixando um beijinho, e os meus votos de que passe uma Páscoa muito feliz, com saúde, na companhia de todos os seus, Emília!
    Tudo de bom!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Ana. A Páscoa foi normal, com um almoço de familia, parte dela, claro e correu bem. Há sempre aquela nostalgia pelos que faltam, mas, sabemos que a tristeza não resolve nada e por isso o melhor a fazer é pensar naqueles que estão presentes e deixar que a alegria se espalhe. Quanto ao livro, amiga, para mim ele é indispensável, principalmente nos momentos mais dificeis, pois ele ajuda-nos a esquecer a realidade levando-nos para outros mundos Espero que estejam todos bem e que a tua mãe esteja a recuperar conforme o esperado. Um beijinho e até breve, aí em tua casa.
      Emília

      Eliminar
  24. O livro é a base de tudo. Parabéns pela bela postagem!

    FELIZ PÁSCOA
    Autor: Laerte Sílvio Tavares

    Que a luz da ressurreição
    De Cristo Nosso Senhor
    Brilhe no teu coração
    E se refrate em amor,

    Permeando a tradição
    De fé, a dar esplendor
    Às festas pascoais que são
    Frutos da Paixão e dor

    Transformadas em alegria
    De Madalena, Maria
    E de toda a humanidade!

    Feliz Páscoa, pela via
    Do amor – nossa luz e guia
    Na fé e na caridade!

    Tudo de bom. Abraço. Laerte.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laerte. Antes de mais, obrigada pelo lindo poema dedicada à Páscoa, época de dor e de paixão, mas também de alegria pela ressurreição de Jesua dando-nos assim um sinal de que devemos sempre recomeçar com novas esperanças numa vida melhor. Obrigada, amigo e que o espirito vivido neste periodo te acompanhe por todo o tempo que te for concedido. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  25. Querida Emília

    Venho desejar-te uma Boa Páscoa na companhia da Família.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Olinda, pelo carinho. A Páscoa passou e agora é tentar que a mensagem desta quadra se mantenha no nosso dia a dia e que a cada instante, por mais difícil que seja, tenhamos capacidade para fazermos melhor no seguinte. Beijinhos, amiga
      Emilia

      Eliminar
  26. O livro vai continuar a menos que a matéria para o papel se extinga tal como muita da vida deste planeta.
    Gosto de ir a uma biblioteca consultar e lar algumas coisas.
    Já existe o dia do livro.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho, Luis e espero que a matéria prima chegue, pelo menos para dabricar os livros; para mim seria uma tristeza, pois não me seduzem os virtuais. Obrigada, Luis e, sim, existe o dia do livro a 23 de Abril, segundo as nossas amigas, Elvira e Teresa. Tinha-me esquecido por completo. Um beijinho e tudo de bom.
      Emilia

      Eliminar