quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

HOJE !






Esses seus cabelos brancos, bonitos, esse olhar cansado, profundo
Me dizendo coisas, num grito, me ensinando tanto do mundo...
E esses passos lentos, de agora, caminhando sempre comigo,
Já correram tanto na vida,
Meu querido, meu velho, meu amigo
Sua vida cheia de histórias e essas rugas marcadas pelo tempo,
Lembranças de antigas vitórias ou lágrimas choradas, ao vento...
Sua voz macia me acalma e me diz muito mais do que eu digo
Me calando fundo na alma
Meu querido, meu velho, meu amigo
Seu passado vive presente nas experiências
Contidas nesse coração, consciente da beleza das coisas da vida.
Seu sorriso franco me anima, seu conselho certo me ensina,
Beijo suas mãos e lhe digo
Meu querido, meu velho, meu amigo
Eu já lhe falei de tudo,
Mas tudo isso é pouco
Diante do que sinto...
Olhando seus cabelos, tão bonitos,
Beijo suas mãos e digo
Meu querido, meu velho, meu amigo



PS.Além do Fado ser Património Imaterial da Humanidade, este particularmente é um mimo da minha filha Joana para o pai, revejo-os ele à viola e ela ternurenta cantando para ele, sem dúvida ,me desculpem fico mesmo babada.. pois dá aquelas voltinhas ao fado, que toca na alma..... e os cabelos brancos do tocador ainda mais reluzem de vaidade.
Hoje lembrei-me de lhe dar este presente ,porque o merece.


Para todos fica este fado lindo com uma letra doce, que expressa o amor,o carinho,o velho o amigo, o pai!



Herminia

45 comentários:

  1. Hermínia
    Adoro este poema e, cantei-o mil vezes ao meu querido paizinho, quando era vivo. Hoje, quando o ouço ou leio, desfaço-me em lágrimas. Nunca mais lhe vou dizer: Meu querido, meu velho, meu amigo.
    Mas penso muito nele.
    Beijinho minha querida.
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Amiga Maria!
    É uma ternura, este poema, quando o ouço cantar, fico com uma ternura tal, que quantas vezes me cai uma lágrima, mas em mim,...sou chorona,sentimentalista.
    Recordou bons momentos!
    É motivo de alegria se tantas vezes repetiu : meu querido,meu velho meu amigo.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  3. Felizmente, Hermínia, ainda posso dizer " meu querido, meu velho, meu amigo", embora não o possa fazer tantas vezes quantas desejaria; a vida nesse aspecto tem sido benevolente comigo, ou melhor, tem sido em tudo; às vezes sou é mal agradecida. Um beijinho e parabéns pelo post. embora eu não goste de fado, adorei a letra e para mim é isso que conta, a letra e a mensagem nela transmitida. Fique bem e até...
    Emília

    ResponderEliminar
  4. ...dizia que feliz de quem tem hoje alguém assim para partilhar memórias, já que as minhas são de saudade.
    Parabéns.
    Um bom início de ano de 2012
    Bjis, Emília /Hermínia

    ResponderEliminar
  5. Obrigada por teres partilhado tão belo poema.

    Há muito não o ouvia.

    Os filhos são o nosso orgulho.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. ei mamiiiiiiiii
    cantar este fado com o pai a vioola e ter-te a assistir é deçlicioso. nao canto bem, canto com a alma de quem veste a letra e sente cada palavra. O velho é sem duvida o melhor pai do mundo...dá-nos cabo da cabeça mas sem ele nao vivemos...é uma delicia ver-te revievr estes momentos que no Natal foram deliciosos. é da praxe cantá-lo é da paraxe estarmos juntos sempre!

    ResponderEliminar
  7. Melhor prenda não pode haver:)!
    Com uns pais assim quase tenho inveja!
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Minha querida

    Adoro este fado...é maravilhoso e quem é homenageado deve sentir-se no céu.
    Por vezes há momentos que valem por uma vida.
    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  9. Oi Emilia!
    Não gosta de fado, eu aceito,também nem todos os fados são bem cantados,talvez daí eu não gostar de alguns.Este tem um poema lindo e diz me bastante.É mesmo uma ternura!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  10. Oi Manuela!
    Deixe, que eu também quanto a memórias do meu pouco ou nada tenho, pois aos nove anos fiquei sem ele.
    São coisas da vida ,que em certas alturas emperramos!
    BOM ANO NOVO!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  11. Oi Lisa!
    Confesso ,que ainda sou mãe galinha,tê-las por perto e ouvi-las todos os dias ,benditos telemoveis!!!!!!!!
    O poema é lindo ,e o Nuno da Camara Pereira embora não tenha uma voz destacável , eu mesmo assim gosto !
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  12. OI Joana!
    Como te disse tinhas uma surpresa!
    Gosto muito deste fado, e se o pai ouvisse logo dizia: e a letra "FIZIA" eu...
    Até breve
    Mãe.

    ResponderEliminar
  13. Oi Alvaro!
    Todos os pais amam os seus filhos, riem quanto os vêm felizes e choram ,quando os vêm tristes.
    por isso amigo os seus não são diferentes!
    Obrigado e até breve!~
    Herminia

    ResponderEliminar
  14. Oi Sonhadora!
    Gostou! Fico satisfeita, é realmente um poema lindo a melhor expressão de amor para o pai, e assim no Natal o pai tocou e a filha cantou!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  15. Querida Hermínia

    Eis uma forma belíssima de começar o Ano. Adoro ouvir Nuno de Câmara Pereira e então com estas letras e esta música é divino.

    Linda homenagem, minha querida! Um Ano de 2012 muito Feliz para si e para os seus.

    Beijinhos para si e para a Emília.

    Olinda

    ResponderEliminar
  16. Maravilhosa escolha! Gosto da música, da letra e da voz do fadista...
    O meu filho ofereceu ao Pai esta disco, num Dia do Pai, já há anos...a partir da sua perda, nunca mais o quis ouvir...ele, que era louco pelo pai!
    Imagino o quadro lindo do pai tocando e a filha cantando... Que Deus vos abênçoe!
    Um ano de 2012 muito e muito feliz.
    beijocas.
    Graça

    ResponderEliminar
  17. Que a felicidade te acompanhe sempre e que ela seja
    sua companheira constante no decorrer desse Ano de 2012.
    Sigamos avante, para o alto e com um sorriso no rosto! Paz e luz.
    E já no final dessa primeira semana de Ano Novo.
    Desejo um feliz e abençoado final de semana.
    Vou continuar te seguindo e te amando sempre.
    Beijos no coração.
    Evanir

    ResponderEliminar
  18. Oi oilinda!
    Obrigada pela sua visita e um Bom Ano de 2012,com muita saude.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  19. Oi Fá!
    É sem duvida sentimental.
    Como disse poucos são os que nos tocam.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  20. Oi Graça !
    Tenho pena que este meu post lhe traga amargas recordações.
    è um lindo fado com uma musica belissima,é um marco na minha vida e das minhas filhas.
    Bom Ano Graça ,que venha com saude é o que mais precisamos e de paz.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  21. Oi Evanir!
    Obrigada pela sua visita.Que venha um Ano cheio de saude ,amor e paz.
    Que os povos de se entendam.
    Que nos traga um pouco deFelicidade.
    Até brve e volte
    Herminia

    ResponderEliminar
  22. Uma bela melodia, nesta voz a qual nos habituamos e que nos confronta enchendo de Paz e de Amor pelos N/ rebentos e vice-versa. Bem hajam.

    Espero que 2012 traga algo de Bom para Vós

    Até Breve
    Um Abraço

    ResponderEliminar
  23. Lindo, um belo fim de semana beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  24. Oi Isa !
    Um Bom começo de ANO!! BOM 2012.
    Quanto ao fado... voz serena,quanto à letra uma das melhores!
    Até breve e obrigada por ter vindo
    Tudo de Bom
    Herminia

    ResponderEliminar
  25. Oi Lisette!
    Que o Ano que está a começar consiga conctetizar os seus projectos.
    Que seja um Ano com saude!
    Até breve.-Boa semana!
    Herminia

    ResponderEliminar
  26. Uma voz que encanta, um belissimo poema, um fado que toca o nosso coração.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  27. Belíssima escolha, amiga Emília.
    Fado com carisma e muito afecto, este de Nuno da Câmara.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  28. Uma boa noite!



    Como está?

    Desejo-vos um

    BOM ANO de 2012!


    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  29. Bonito este fado! Parabéns pela escolha. Deixo-vos um bjo e votos de boa e feliz semana.

    Joana

    ResponderEliminar
  30. Oi Maria!
    Obrigada também gosto muito.
    BOM ANO DE 2012
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  31. Querida Hermínia:
    Pai! Uma palavra tão pequenina com um significado tão grande! É uma referência, um pilar, um alicerce, que não desaparece nunca! Mesmo quando já não está entre nós, continua a acompanhar-nos. E assim será eternamente. Porque Pai será semprte Pai.
    Um bom ano, minha Querida e que Deus lhe traga toda a ventura que merece.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  32. Oi Vieira Calado!
    Mais um Ano. Esperamos que seja passado com saude e em Paz, ser´a o mais importante!
    Tudo de Bom.
    Obrigada e até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  33. Oi Joanunha!
    Felicidades para este ano de 2012 e outros que se irão seguir, mas um de cada vez.
    Até breve e volta
    Herminia

    ResponderEliminar
  34. Oi Isabel Maria!
    Cá em casa é um verdadeiro pilar, um ser forte!
    Espero que assim o seja por muitos e muitos anos.
    Eu infelismente perdi o meu mesmo muito cedo e pouco me recordo,claro que gostaria de o ter, mas o pouquinho que me lembro é que era meigo, tenho uma unica fotografia que a guardo religiosamente:ele e eu,bem pequenita de laçarote.
    Bem amiga, quem os tem que os mime o mais que puder, teremos então boas coisas para recordar que nos faz prosseguir e ensinar.
    Até breve e um Ano Novo Feliz.
    SAté breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  35. Maravilhoso seu post.
    Estou de volta depois de uns dias ausente. Tudo de bom em 2012!
    Desejo uma semana imensa de coisas boas. Obrigada pelo carinho da amizade...Um abraço!

    ResponderEliminar
  36. Oi Smareis!
    Fico contente por ter gostado, acho realmente lindo!
    Um Bom 2012, com tudo o que mais desejar.
    Obrigada por ter vindo,
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  37. Uma música encantadora. Nunca fica fora do tempo e com o tempo fica ainda mais suave, carregada de saudade e de carinho.

    Parabéns pela partilha. Assim vamos vivendo:

    - Meu velho, meu amigo e companheiro

    ResponderEliminar
  38. Essa letra é realmente muito bonita, e com um relato carregado de sentimentos amorosos fica ainda mais bela.

    ResponderEliminar
  39. Oi Luis!
    Pode parecer um pouco estranho até vaidade, mas, não é a vaidade de sobreposição é a vaidade da ternura, dai a partilha com quem nos visita.
    Obrigada e um bom Ano, com saude junta dos seus.
    Até breve
    hrminia
    Herminia

    ResponderEliminar
  40. Oi Anabela!
    Realmente é linda e a voz do fadista é ternuenta, mas pai e filha juntos,fica mais linda.
    Bom Ano com muita saude!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar