terça-feira, 27 de setembro de 2011

UM LIVRO...

Sou Parceiro Bendizer.org


...que li e recomendo: O Vendedor de Sonhos de Augusto Cury. Vou deixar-vos aqui um pedacinho que achei muito interessante, havendo muitos outros que me fascinaram. Tenho a certeza que vos levará a ler o livro.

" Felizes os que dão risada das suas tolices, pois deles é a fonte do relaxamento.
Eu detestava pessoas tolas que davam respostas superficiais, mas no fundo era uma pessoa saturada de tolices. Tinha muito que aprender para dar risada de mim mesmo. Tinha muito que aprender sobre a arte de desanuviar a cabeça, uma arte desconhecida no templo académico.
A universidade que eu ajudei a promover formava alunos que não sabiam olhar para si mesmos, detetar sua estupidez, se soltar, chorar, correr riscos, sair do cárcer da rotina e muito menos sonhar. Eu era o mais temido dos professores, uma máquina de criticar. Entulhava meus alunos de crítica e mais crítica social, mas jamais ensinara algum deles a curtir a vida. Claro! Ninguém pode dar o que não tem. A minha vida era uma droga.
Tinha orgulho da minha ética e honestidade, mas começava a descobrir que era antiético e desonesto comigo mesmo. Felizmente estava começando a aprender a expelir os "demónios" que engessavam a minha mente e me transformavam num sujeito quase insuportável

" Na universidade havia esquecido que os grandes filósofos discorreram sobre o sentido da vida, a politica do prazer e a arte do belo. Considerava tais pensamentos filosóficos desprezíveis frase de autoajuda. Era preconceituoso. Percebia, agora, que precisava bebê-los.. Foi a primeira vez que dancei sem uísque na cabeça. "

" Os normais eram tão famintos de alegria que, quando encontravam um maluco que lhes tirasse o gesso da emoção relaxavam e brincavam como crianças."


Não é só no meio académico que falta quem venda sonhos; o livro mostra-nos que cada um de nós pode ser um Vendedor de sonhos em qualquer lugar.
Espero que gostem


Emília Pinto

38 comentários:

  1. Olá Emília

    Fiquei entusiasmada.

    Estou a acabar de ler " As velas ardem até ao fim" .
    Estou a gostar imenso.É uma reflexão sobre a amizade.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  2. Oi Lisa. O titulo desse livro encanta-me. Já vou anotar. Vai gostar muito deste que indiquei, pois é uma reflexão sobre a nossa maneira de viver que, como todos sabemos, está muito errada. Muito obrigada pela visita e tudo de bom...com muitos sonhos e verdadeiras amizades; isto sim, é saber apreciar o que de facto vale na vida. Um beijinho
    Emília

    ResponderEliminar
  3. Querida Emília

    Adorei o excerto e a sugestão de leitura.

    A mensagem que nos traz é fantástica. Sonhar, transmitir sonhos, relativizar as coisas rindo-nos de nós próprios, tudo isso está realmente ao alcance de nós todos.E é bom ver como a Felicidade pode estar tão perto de nós...

    Vi que a Mona Lisa se refere a um livro de Sándor Márai, As velas ardem até ao fim. Já o li. Lindíssimo!

    Beijos

    Olinda

    ResponderEliminar
  4. É isso mesmo, Olinda! Complicamos demais a vida e este livro ensina-nos que a beleza está no simples...está no olhar...no ouvir...no sonhar, enfim, está em saber ver o lado bom das coisas, mesmo até daquelas que nos parecem loucas.
    As velas ardem até ao fim será de certeza o meu próximo livro. Um beijinho e obrigada pela visita
    Emília

    ResponderEliminar
  5. Amiga
    Obrigada pelo carinho deixado pelo aniversário de 1 ano dos meus blogs...
    Que vc seja abençoada e feliz hoje mais do que nunca!!!
    Um milhão de beijos fraternos e de paz

    ResponderEliminar
  6. Foi um prazer participar da festa, Orvalho do Céu. Muitos beijinhos e até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  7. Eu agradeço sua visita
    A vida sempre une as pessoas no momento certo.
    Que eu seja digna da sua amizade.
    Nos momentos de aflição dividirmos nossas dores e pensamento
    Que seu sonho e os meu sonhos seja abençoado por Deus.
    Com nossa amizade e união possamos alcançar as estrelas.
    De mãos dadas não terei medo da estrada a ser percorrida.
    A minha fé iluminara nossos caminhos ,
    E assim juntos seguirmos até onde existir vida.
    Uma abençoada quarta feira .
    Deus abençoe seu carinho.
    Bjs no coração.
    Evanir
    Assim é minha vida amada.
    Um eterno começar.

    ResponderEliminar
  8. Boa tarde, Emília
    Deixe-me começar por agradecer as suas palavras na minha «CASA». É um comentário excepcionalmente bonito, por isso o agradeço.

    Quanto ao seu post, há tanto tempo que tenho vontade de comprar "O vendedor de Sonhos" e, não sei porquê, ainda não calhou. Tenho já lido, por diversas vezes, excertos do livro, que têm despertado a minha curiosidade e vontade de o ler na íntegra.
    Vou acrescentá-lo à minha listinha de "livros a comprar" para não me esquecer.
    Parabéns pela escolha.

    Continuação de boa semana. Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá

    Parabens pela excelente excerto, que nos trouxe e pela primorosa escolha, o mérito de tudo isso é um convite implícito à leitura. E os autores Portugueses tanto precisam que falem deles. Acho cruel até, vermos às vezes nas nossas televisões, a promoverem descaradamente autores estrangeiros, sem a minima qualidade. É este o nosso mundo, e digam lá se as minhas utópicas palavras não encerram um enorme sonho.

    LEIAM MAIS... LEIAM OS NOSSOS POETAS, LEIAM OS AUTORES PORTUGUESES, AMEM O QUE É NOSSO.

    Adorei passar aqui, obrigada pela visita que me fez, ajudou a rever amigos ausentes e são tantos

    Abraço
    Gallobar

    útupia Parafraseando-a

    ResponderEliminar
  10. E depois de tanto...tanto para pensar, tanto para bendizermos a vida!
    E tão simples como um sorriso que desarma qualquer contrariedade a que damos importância que ela não tem. E deixemos crescer a criança que habita em nós.
    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Oi Emilia!
    Gostei e irei lê-lo, ajuda a quem dele está a precisar a boa disposição, pelo menos para ver a vida por um outro prisma, e pelo comentário da Mona Lisa também o que ela está ler deve ser interessante.
    Assim , são precisos vendedores de sonhos.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  12. Muito obrigada, Mariazita pelo carinho. Tenho a certeza que vai gostar do livro, pois também a Mariazita vende sonhos com as lindas coisas que escreve. Vou lá a sua casa sempre beber um pouco da beleza tão importante nas nossas vidas. Um beijinho e que os pequenos e belos pormenores nunca lhe escapem no caminho.
    Emília

    ResponderEliminar
  13. Claro que as suas utópicas palavras encerram um grande sonho e é à procura desses pequenos e belos momentos que visitamos os cantinhos agradáveis da blogosfera. Gosto muito de ler e há livros que os leio mais que uma vez; aliás, penso que só à 2ª vez é que alguns ficam realmente "lidos". Agradeço-lhe as palavras tão simpáticas, António e espero que volte mais vezes. Até breve lá em sua " casa" Um abraço
    Emília

    ResponderEliminar
  14. Fiquei muito contente, Manuela, pela sua visita.
    Muito obrigada! É verdade...damos demasiada importância aos pequenos contratempos e somos muito poupados em sorrisos, abraços e palavras de conforto; é tão fácil vender um sonho!!! Para alguns um sorriso e uma palavra amiga são o bastante para que comecem a sonhar um pouco, pelo menos. Espero que volte mais vezes! Um beijinho carinhoso e até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  15. Olá Hermínia! Ainda bem que gostou e tenho a certeza que vai adorar o livro. Ensina-nos a desvalorizar os pequenos contratempos e a dar valor aquilo que realmente importa que é levar a vida de uma maneira mais leve. Um beijinho e fique bem! Até breve!
    Emília

    ResponderEliminar
  16. Muito obrigada pela visita, Evanir. A cada dia temos um novo começar e devemos sempre tentar começá-lo com um sorriso e dispostos a apreciar cada beleza que a todo o instante encontramos. Um beijinho e volte sempre!
    Emília

    ResponderEliminar
  17. Ola Emília!
    Sabe, tenho o seu blog nos favoritos numa altura em que já nos cruzamos .E não tinha podido aceder por qualquer motivo. Segundo acabo de ler numa amiga de um blog, anda um vírus que tem anulado até certos blogs. A verdade é que não consigo comentar alguns. O seu consegui.
    Voto sim!
    Obrigada pelas suas palavras
    bji

    ResponderEliminar
  18. Emília, boa noite!
    Ainda não li o livro, mas confesso que é um dos que tenho curiosidade para ler. Acho que vou seguir a dica e compra-lo.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  19. Muito obrigada pela visita, Ana. Vai gostar do livro com toda a certeza. Fique bem! Um beijinho e até breve!
    Emília

    ResponderEliminar
  20. Muitíssimo, amiga Emília!
    Adorei, acho que me vou meter em despesas, mas valerá a pena.

    Há muita gente que não chega nunca a entender este seu erro e assim vivem toda uma vida azeda, sem o sabor da essência da mesma, ser feliz e rir como um tolo, como criança inocente.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Querida Amiga
    Abraço amigo de muito boa tarde!
    Hoje vim agradecer a sua carinhosa presença lá no meu cantinho através de seus carinhosos comentários!
    Pois;
    Amizade é um laço fraterno que vai se conquistando pouco a pouco.
    Amizade é um elo de Amor que vai se fortalecendo dia apôs dia.
    Amizade requer uma sabedoria toda própria, para que ela cresça e amadureça.
    Amizade é um sentimento de Amor que é perseverante nela mesma.
    O que seria de nós sem este elo de Amor!
    A amizade
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  22. Mais um convite irrecusável à leitura.

    Beijinho
    Ana Sofia

    ResponderEliminar
  23. Olá Manuela. Também já ouvi falar nesse virus e espero que não aconteça nada aos nossos blogs. Também a mim já me aconteceu de não poder comentar em alguns. Muito obrigada pela atenção. Um beijinho e até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  24. Emiila, por isso mesmo venho aprendendo com as tolices...
    Havia aqui entre nós, um tal "maluco beleza" que décadas atrás, estava bem mais adiantado que os "normais".
    Deixo-vos um fraterno e afetoso abraço, sempre agradecido por tua presença.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  25. É verdade, Ná, temos de aprender a viver com o "sabor da essência da vida, ser feliz e rir como um tolo, como criança inocente" Nem sempre é fácil, mas devemos tentar a cada dia que começa. Muito obrigada pela visita e espero que os teus dias sejam plenos de momentos realmente felizes. Um beijinho
    Emília

    ResponderEliminar
  26. Olá Ana Sofia! Vai gostar do livro, tenho a certeza. Muito obrigada pela visita e tente realizar cada pequenino sonho, por mais insignificante que lhe pareça. Um beijinho e volte sempre!
    Emília

    ResponderEliminar
  27. Muito obrigada, António! Pois é...esses " maluco beleza " dão verdadeiras liçõe aos ditos " normais " Nós só não somos " malucos" porque temos vergonha, porque muitas vezes nos apetece ser como eles. Somos preconceituosos, como diz o texto; todos param a olhar para o " maluco beleza " não por ele ser estranho, mas sim porque bem lá no fundo gosataríamos de fazer o mesmo que ele. Um beijinho e até breve. Sonhe muito e venda todos os sonhos que puder; há sempre quem os queira comprar.
    Emília

    ResponderEliminar
  28. Olá Alice! Muito obrigada pelo carinho e palavras simpáticas. A amizade é um sentimento precioso que deve ser preservado, pois faz-nos uma falta imensa. Fica bem, amiga! Um beijinho
    Emília

    ResponderEliminar
  29. Que bela dica, bom final de semana beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  30. É realmente um bom livro, ou melhor, para mim, pois gostos não se discutem, como se costuma dizer. Obrigada, Lisette e um bom fim de semana
    Emília

    ResponderEliminar
  31. Amiga Emília,

    Adorei o teu comentário lá em casa. Obrigada pela amizade e sobretudo por tudo que temos em comum, por esta empatia, que surgiu espontaneamente... ou não. Talvez ela seja só fruto do tanto que nos une.

    Beijo e abraço.

    ResponderEliminar
  32. Olá!!!!

    Passando para desejar a você um ótimo fim de semana!!

    Estou esperando por você no Alma!

    ResponderEliminar
  33. Há certas empatias que não se entendem..simplesmente acontecem. Mas que bom que é isso!!! Fico sempre muito contente quando apareces por cá, Ná e muito obrigada pelo carinho que mostras ter para com o Começar de Novo. Desejo que tenhas um fim de semana cheio de momentos felizes e até breve lá tua casa para mais uma conversinha. Adoro conversar! Muitos beijinhos.
    Emília

    ResponderEliminar
  34. Muito obrigada, Vinicius, pela visita. Claro que irei lá No Alma, pois é sempre um grande prazer visitar-te. Um bom fim de semana
    Emília

    ResponderEliminar
  35. Bonita dica, pois um livro é e será sempre, um bom "companheiro" em todos os momentos "mortos" da vida de cada um de nós, em todos os sentidos da evolução ao longo dos Tempos.

    Beijo Amigo
    Bom Domingo

    ResponderEliminar
  36. Querida amiga

    Já havia lido
    este livro,
    presente de uma aluna
    que falara que lembrou-se
    de mim ao lê-lo.

    Esta é a magia das palavras.
    Semear o melhor das esperanças
    nas vidas que as recebe.


    Que os sonhos te habitem
    o coração, sempre...

    ResponderEliminar
  37. Tem razão, Isa! Para mim um livro é uma boa companhia, não só nas tais horas mortas, mas mesmo quando não tão mortas assim, precisam de ser preenchidas com alguma coisa que nos afaste um pouco da realidade do dia a dia. Um beijinho e um bom fim de semana. Muito obrigada pela visita.
    Emília

    ResponderEliminar
  38. Que bom vê-lo por cá, Aluisio! A sua aluna teve uma grande ideia ao oferecer-lhe este livro, porque um professor pode ser Um vendedor de sonhos , se quiser e, pelo que leio no seu blog, o Aluisio pode se considerar um deles. A aluna sabia disso! Obrigada pela visita e um bom fim de semana. Um beijinho
    Emília

    ResponderEliminar