segunda-feira, 16 de maio de 2016

POLITICA DE INTERESSE




( foto do google )

...e consequentemente MUITO CORRUPTA


Em Portugal não há ciência de governar nem há ciência de organizar oposição. Falta igualmente a aptidão, e o engenho, e o bom senso, e a moralidade, nestes dois factos que constituem o movimento político das nações. A ciência de governar é neste país uma habilidade, uma rotina de acaso, diversamente influenciada pela paixão, pela inveja, pela intriga, pela vaidade, pela frivolidade e pelo interesse.
 A política é uma arma, em todos os pontos revolta pelas vontades contraditórias; ali dominam as más paixões; ali luta-se pela avidez do ganho ou pelo gozo da vaidade; ali há a postergação dos princípios e o desprezo dos sentimentos; ali há a abdicação de tudo o que o homem tem na alma de nobre, de generoso, de grande, de racional e de justo; em volta daquela arena enxameiam os aventureiros inteligentes, os grandes vaidosos, os especuladores ásperos; há a tristeza e a miséria; dentro há a corrupção, o patrono, o privilégio. A refrega é dura; combate-se, atraiçoa-se, brada-se, foge-se, destrói-se, corrompe-se. Todos os desperdícios, todas as violências, todas as indignidades se entrechocam ali com dor e com raiva.
 À escalada sobem todos os homens inteligentes, nervosos, ambiciosos (...) todos querem penetrar na arena, ambiciosos dos espectáculos cortesãos, ávidos de consideração e de dinheiro, insaciáveis dos gozos da vaidade.


 Eça de Queiroz, in 'Distrito de Évora (1867 )


Não é só na politica que a CORRUPÇAO existe; ela vê-se por todo o lado e em todos os aspectos da vida social
Muitos actos praticados por nós são pequenas acões corruptas, embora nos pareçam normais e inofensiveis.


Emilia Pinto

47 comentários:

  1. Querida Emília, nada como a corrupção nas política brasileira. A maioria dos nossos políticos são mestres. Estamos sentindo cada vez mais extasiados o poder de criatividade dessa gente. Cada dia é um episódio novo, dantesco, hiper! Estamos com a maior corrupção de todos os tempos com um número incontável de obras superfaturadas para jorrar propinas por todos os poros. Mas o povo reagiu forte e nossas Instituições não estão brincando, é investigação, é cadeia! Tiramos uma presidente e pior do que estava não pode ficar. O povo aprendeu a dizer o que quer e a lutar nas ruas. E assim estamos amadurecendo na nossa democracia. É claro que estamos sabendo de alguns problemas de Portugal, também. Temos um fio de esperança, o que nos anima um pouco. Mas todos estão apertando seus gastos, controlando, e muitos sofrendo bastante e dando novo rumo às suas vidas. Todos os cantos há corrupção, mas nada igual ao poder máximo. Sentimos também por Portugal, país irmão.

    Beijo grande, amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "na" política brasileira (desculpe).
      bj

      Eliminar
    2. Como deves imaginar, conheço bem a crise económica que o Brasil atravessa e os desempregados que a cada dia aumentam mais. Mas, temos de nos orgulhar de uma coisa, Tais, estamos a ver a justiça brasileira a funcionar como nunca se viu antes; quando aí vivia, os tais crimes " de colarinho branco" eram apontados, mas nunca acusados e presos; agora muitos já estão atrás das grades e , acredito, para lá irão os " cabecilhas" Isto, amiga, é um motivo para termos esperança. Outro motivo de orgulho é a maneira como o povo brasileiro foi para as ruas, sempre em paz e sem distúrbios graves. Obrigada pelo belo comentário e vamos lá...continuar a torcer pelo nosso querido Brasil. Portugal também continua em crise, aliás a Europa toda, mas este meu cantinho é pequeno e por isso mais afetado; corrupção também existe, infelizmente e dada a pequenez do país, já podemos considerar que é grande. Beijinhos e até breve
      Emilia

      Eliminar
  2. Uma crítica muito actual... Mordaz como só o Eça sabia...
    Obrigada pela partilha...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Marta, o Eça sempre " mordaz " e infelizmente actual. Parece-me que a corrupção nasceu com o ser humano e só com a sua extinção vai acabar. Um beijinho, amiga e muito obrigada
      Emilia

      Eliminar
  3. Eça no seu melhor e como , muitas vezes , actual .

    Como lamento ver corrupção à descarada , luta pelo poder , a palavra ética quase a ser desconhecida , cada vez mais gente a ter de emigrar ... Então lembro o que Alexandre O'neill disse ... " ó Portugal se fosses só três sílabas , linda vista para o mar ".

    Porém , concordo contigo Emília , naquilo que escreves .

    Forte abraço e continuação de boa semana ,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, antes de mais quero dizer-te que fui conhecer essas palavras de O'Neill e adorei. Quem sabe não será o próximo post do Começar de Novo? Agradeço-te muito esta " dica". Quanto a este tema, está dificil conviver com esta corrupção descarada, principalmente nos governantes por nós escolhidos com a esperança de que tratassem dos nossos interesses, mas que, infelizmente fazem precisamente o contrário. Quanto ao que escrevi, a verdade é que cometemos corrupção se nos valemos de um amigo em determinada repartição para sermos atendidos primeiro, quando furamos a fila, quando oferecemos dinheiro a um policial para evitar a multa, etc, etc. Teria muitos mais casos a enumerar, mas não vale a pena, pois todos os conhecem. Maria, muito obrigada e tudo de bom, principalmente no que se refere à saúde. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  4. Olá, Emília.
    Impressionante como, em cerca de cento e cinquenta anos, a situação é basicamente a mesma e, estas palavras de Eça poderias pertencer a uma qualquer publicação de um jornal de hoje.
    Mas, pior que isso, talvez seja termos ciente que não é fardo exclusivo de Portugal, mas de vários (quantos escaparão?) por este mundo de Deus sem santos. O que só nos pode levar a concluir que o Homem, bicho criado com neurónios pensantes, é geneticamente corrupto. Aliás, tão bem referes, em jeito de conclusão da postagem, que "ela vê-se por todo o lado e em todos os aspectos da vida social" - e bem sabemos que sim, como sabemos também que, mesmo aí, à pequena escala, é difícil fugir à teia da corrupção e ser fiel a seus ideais, pois que, quando em determinadas profissões, para manter seu posto de trabalho, tem que aprender a desviar os olhos, a calar, e esquecer o que o não quer.
    Não é fácil sobreviver nesta sociedade. E cada vez mais difícil é.

    um bj amg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carmem! É sempre muito ver-te por aqui, com comentários muito pertinentes; muito obrigada por isso,
      Adorei este teu " neste mundo de Deus sem santos", muito interessante e se os há são com certeza "santos de pau oco" e esse é o nosso problema Também já disse acima que, tambem acho que o ser humano " é geneticamente corrupto " e portanto só com a sua extinção m este mal acabará E neste nosso mundo de corrupção é de facto muito dificil escaparmos dela e acabamos por cometer algumas, umas vezes com muito custo n outras procurando pequenos beneficios, sem pensarmos que estamos a ser incorrectos com os outros. Quantas vezes não usamos um amigo para nos apressar um determinado assunto que está demorado em uma determinada repartição, para uma consulta mais rápida naquele hospital onde o amigo é o responsável pelas marcações? E tantos e tantos outros casos, amiga!!! Os politicos não nasceram politicos, sairam da sociedade em que estamos inseridos e por isso, enquanto a mentalidade não mudar em todos nós, ontinuaremos a ter governantes corruptos., Amiga, muito obrigada pelo comentário tão assertivo e já vi o manifico post lá no Lado do Sol; vai preparando o cafezinho, pois estou chegando aí; se demorar, não te preocupes, pois não me importo de o tomar aquecido; gosto muito de café!. Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  5. Emília,
    Esse texto foi escrito por Eça de Queiroz em 1867, mas parece tão atual, pelo menos para nós brasileiros. Uma pena que seja assim ainda hoje.
    Não é por outro motivo que sentimos inveja da Dinamarca, Holanda, Suiça etc.
    Resta-nos pregar a honestidade em casa, na escola, no trabalho, entre amigos. Quê mais podemos fazer?
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não adianta, Pedro, vamos ter sempre uma sociedade corrupta e assim nos é mostrado pela história. O que acho que está a acontecer é que os corruptos estão a ser mais castigados do que antigamente e isso vai diminui-la, mas acabar esta desgraça, creio que só quando for extinto o ser humano. O que nós podemos e devemos fazer é isso mesmo que dizes: " pregar a honestidade em casa, na escola, no trabalho, entre amigos. Sempre digo que a formação das pessoas vem em primeiro lugar de casa, e desde o berço. Não podemos culpar os outros, porque os educadores são sempre os mais responsáveis. Pedro muito obrigada pelo belo comentário e pelo carinho que mostras para com o Começar de Novo. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  6. Este texto, de tão atual, parece que foi escrito agora.
    Bom fim de semana, querida amiga Emília.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Jaime, o que prova que nunca nos livraremos desse mal. E ele arrasta outros graves também. Vamos, pelo menos fazendo a nossa parte, tentando não nos deixarmos levar por esse rio de lama que passa junto a nós. Um bom fim de semana e muita saúde. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  7. Eça de Queiroz, infelizmente, sempre actual...dura há vários séculos.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E vai durar sempre, Lisa. Pode diminuir, porque a justiça tem evoluido e os crimes ditos " de colarinho branco" começam a ser julgadis, mas terminar, penso, só quabndo a raça humana acabar. Amiga, desejo-te um bom fim de semana e que a saúde não falte, pois é o bem mais precioso que temos. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  8. Minha querida amiga
    Não tenho por hábito referir os comentários que fazem aos meus postes. Neste caso concreto não posso deixar de te endereçar um agradecimento pelas palavras que me dirigiste e calaram fundo no meu coraçãozito. E... para evitar... comoções despropositadas, vamos ao teu post.
    A política está, como sempre esteve, minada. Eça de Queiroz não foi o único a "meter o dedo na ferida" em tempos já longínquos. Muitos outros escritores o fizeram.
    Do mesmo Eça conheces, com certeza, a célebre frase:
    " Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo".
    É isso aí, minha amiga, o problema é que, por mais que se mudem... acabam sempre por se sujar, e precisam de ser mudados de novo :)))
    Estou a levar isto para o lado da brincadeira... mas na verdade acredito que já se vislumbra uma pequenina luz ao fundo do túnel, o que me leva a pensar que nem tudo está perdido. Tenhamos fé, já que... "a fé é que nos salva".

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Mariazita, achei muita graça à frase do Eça que desconhecia. Tem toda a razão e tanto na troca de fraldas quanto na dos politicos muita da culpa é nossa, pois não fazemos a troca com a devida frequência. Mesmo que nos pareça que nao vamos para melhor , devemos trocar os políticos, porque muito tempo no poder há mais tendência para acções corruptas. Um mandato chega e sobra e mesmo assim, não sei se a fralda não ficará suja demais. Amiga, muito obrigada pelo comentário pertinente e bem humorado, É melhor que levemos as coisas a brincar para não nos aborrecermos muito.
      Emilia

      Eliminar
  9. A Emília tocou no cerne a questão. Os políticos foram eleitos e,por conseguinte, representam a nossa sociedade. Não chega apontar o dedo e criticar, como se nós não fôssemos também responsáveis. Os políticos têm poder, porque alguém lhes deu poder. Foram as nossas escolhas que os colocaram lá. E isso também diz alguma coisa sobre nós, não é verdade? A conduta dos políticos espelha uma ética, uma cultura. E nós fazemos parte dela.

    Um beijinho, Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, miss Smile, enquanto nas sociedades prevalecer a cultura de corrupção e falta de ética, os governantes nao serão diferentes. Como dizia alguém ( já não me lembro quem...) não se pode ter um país bom se a matéria prima não o for; a matéria prima tem que ser boa para o produto final ter alguma qualidade. Amiga, muito obrigada pela visita e desejo que os seus dias sejam sempre iluminados. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  10. OI EMÍLIA!
    A POLÍTICA MUNDIAL SE CONTAMINOU DE UMA FORMA TÃO VENENOSA QUE APODRECEU, NÃO SEI, POR NÃO SER DA POLÍTICA O QUE PODE SER FEITO PARA QUE ELA VOLTE A CUMPRIR OBJETIVOS QUE ABRANJAM O BEM DOS POVOS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não sei, Zilani, mas uma coisa é certa, pelo oto podemos modificar alguma coisa e nuna devemos permitir que os governantes ficam no " poleiro" muito tempo; um mandato chega e sobra e mesmo assim sempre haverá alguma corrupção. Um beijinho, amiga e obrigada pela visita.
      Emilia

      Eliminar
  11. Emília, boa noite.
    Estou inteiramente de acordo com a sua dissertação.
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana! Que bom saber-te de novo no mundo dos blogas! Espero que agora não desapareças. Obrigada pela visita. Um beijinho, amiga
      Emilia

      Eliminar
  12. Boa tarde, somos o que somos porque achamos que ler ou ouvir certos debates é uma chatice, falar do arbitro A ou B se esteve bem ao mal no jogo entre o C com o D é mais interessante para a maioria das pessoa, assim, a banda de corruptos vai passando e o dinheiro dos contribuintes serve para pagar muita coisa incluindo a banca,a OCDE confirmou no seus relatórios que Portugal é um país pobre, devido à corrupção, que disse a comunicação social sobres esta realidade? nada disse, porque para esta comunicação social é necessário desviar atenção para o Sócrates que foi preso como emissão directa por um canal da TV, assim como, a muita fuga do que chamam segredo de justiça, Entretanto o processo dos submarinos que dura há mais oito anos que o Ministério Público investiga as circunstâncias em que o Estado português comprou dois submarinos, existindo suspeitas de que os representantes do Estado conduziram as negociações e celebraram o contrato de aquisição de forma a favorecer a empresa alemã, para obterem vantagens patrimoniais relevantes. O caso corre o risco de prescrever e vai prescrever certamente, assim mais de um terço de portugueses que são prejudicados pela corrupção, vão continuar a falar do Arbitro A ou B e do jogo entre o C e o D.
    Boa semana.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perante tao assertivo comentário, vou responder o quê, António? Concordo plenamente contigo, em todos os aspectos. Não me compete dizer se o Sócrates é culpado ou não, mas na minha opinião, foi uma vergonha o aparato que fizeram no aeroporto quando o prenderam. Se ele quisesse fugir tę-lo-ia feito ; não era preciso ir buscá-lo ă manga do avião. Quanto a tudo o resto, hoje o nosso jornalismo ě muito fraco e além do mais, convém manter o povo alienado, pois assim protesta menos. O povo tb tem um pouco de culpa, porque uma grande maioris está mais interessado no futebol do que no resto; se pegassem no comando e mudassem de canal, as audiências cairiam e seriam obrigados a mudar a programação. Aqui em minha casa a tv só se liga à noite e mesmo assim, poucos canais nos interessam, António, muito obrigada pelo belo comentário e tudo de bom. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  13. Estamos cansados de tantos corruptora!!!!
    Bjbj Lisette

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estais vós, nós e o muneo inteiro. O que nos vale é que os corruptos comecam a ir presos e isso dá-nos alguma esperança de que, pelo menos diminua. Beijinhos, Lisette e obrigada
      Emilia

      Eliminar
  14. Ninguém mais aguenta a tal da corrupção e sai um, entra outro a coisa fica cada vez pior! CREDO!


    Adorei tua participação lá no pedacinho...Valeu, obrigadão! chiva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Chica, mas só temos uma solução, correr com eles e nunca permitir que fiquem muito tempo no poder. Obrigada, amiga. Beij7nhos
      Emilia

      Eliminar
  15. Emília, impressionante como a reflexão sobre a arte da política, num texto escrito em l867, pode ser lido como se estivesse a relatar uma situação atual, ou seja: a total inabilidade dos políticos no exercício da arte de governar... Ou ao revés: a habilidade dos políticos a governar em proveito próprio.
    Olhando o nosso cenário político atual fui buscar, também nas reflexões de Eça de Queirós, este texto:
    “O que verdadeiramente nos mata, o que torna esta conjuntura inquietadora, cheia de angústia, estrelada de luzes negras, quase lutuosa, é a desconfiança, esta desconfiança perpétua leva à confusão e à indiferença. O estado de expectativa e de demora cansa os espíritos. Não se pressentem soluções nem resultados definitivos: grandes torneios de palavras, discussões aparatosas e sonoras, e o País, vendo os mesmos homens pisarem o solo político, os mesmos ameaços do fisco, a mesma gradativa decadência. A política, sem atos, sem factos, sem resultados, é estéril e adormecedora.”
    Estarrecedora a constatação de como uma reflexão pode ser tão atual e servir de pano de fundo para o que está a ocorrer no nosso país, esta desconfiança do povo, misturada que está a uma incerteza, a uma dúvida se de fato alguma coisa vai mudar com os últimos acontecimentos. O povo tem participado com passeatas, protestos, mostrando sua indignação pelas ruas, mas sabemos que apenas isto não basta, pois o destino do país está nas mãos de políticos que, infelizmente, estão apenas preocupados em fatiar o bolo entre eles. A esperança, se existe, é mínima, cultivada apenas o necessário para que a voz não se cale, para que os gestos não sejam extintos.
    Amiga querida, tanto aí como aqui, quase que a unir ainda mais estes dois países/irmãos, o olhar desse grande escritor português a cobrir os descaminhos da política e dos rumos dados pelos nossos governantes e que sabemos nem sempre são aqueles que irão de fato beneficiar o povo.
    Emília, também muito oportuna a tua reflexão ao final do post. Infelizmente a corrupção pode ser observada nas pequenas ações do cotidiano e muitas vezes não nos damos conta de que as estamos “vendo” ou até mesmo, de alguma forma, delas participando.
    Enfim, a solução mais efetiva e que depende realmente de nós, são estes pequenos gestos que praticamos no dia-a-dia, buscando não apenas a nossa sobrevivência, mas estendendo a mão para os que, ao nosso redor, também buscam um país melhor para se viver.
    Não se preocupe com a “trapalhada”, como dizes, lá no meu cantinho, pois estamos todos “em casa”, despreocupados a conversar e a tomar um cafezinho...
    Deixo meu carinho no desejo de que sorrisos e estrelas cubram de alegria as horas dos teus dias.
    Helena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto-me sim em casa Helena, não só por estarmos ligadas pelo mesmo sentimento patriótico ( penso que é brasileira, ou não? ), mas também porque nos seu cantinho toda a gente se sente bem e completamente à vontade. Quero-te agradecer o belissimo comentário e também as palavras de Eça que acrescentou ao texto inicial; não conhecia e assim o post fica mais completo.Vai ser muito dificil acabarmos com a corrupção, mas é muito importante que o povo continue a ir para as ruas de uma maneira pacifica, manifestando o seu desagrado pelas acções daquele a quem confiaram o seu destino. A justiça começa a fazer o seu trabalho nesse aspecto e assim a corrupção vai, pelo menos diminuindo. Quanto a nós, pouco podemos fazer, a não ser dando o exemplo aos mais novos e ajudando aqueles que mais precisame que, na maioria das vezes são vitimas dos poderosos corrupltos. Querida amiga, brevemente me terás aí na tua cas para tomarmos um cafezinho e para pormos " a conversa em dia " Até lá desejo-te tudo de bom, principalmente saúde e alegria. Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  16. Querida Emília

    Muito obrigada pelas tuas queridas visitas e comentários. Estou melhor, graças a Deus, não sei se cheguei a dizer-te, fiz uma luxação num joelho que me tem dado que fazer.

    A tua reflexão, neste post, traz-nos Eça de Queirós um grande crítico de costumes, assim o podemos ver nas suas obras que parecem tão actuais. Todos os dias deparamo-nos com notícias que nos assustam, dando-nos a impressão de que temos de andar de dia com uma lanterna, tal Diógenes de Sirope, à procura de um homem honesto. Esperemos que não seja essa a realidade. Quero acreditar que existe muito boa gente honesta e leal e que aquilo que normalmente ouvimos é o ruído proveniente do excesso de comunicação, nem sempre a melhor, que pulula por aí. A corrupção, a cunha, o grande favor e o pequeno favor emperram esta máquina imensa que é a sociedade.

    Desejo-te um feriado muito bem passado seguido de um excelente fim-de-semana.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom ver-te por cá Elvira! Sabia sim que era um problema no joelho e fico contente por saber que tens melhorado, Calro que há muita gente boa e honesta por esse mundo afora e de certeza que é a maioria; mas, a comunicação social faz questão de noticiar só os problemas, as desgraças, repetindo as mesmas noticias até à exaustão ou então falando de futebol. Não tem tempo ou não quer noticiar o que de bom acontece e chegamos a um ponto que até " desconfiamos da nossa sombra". Amiga, desejo-te um bom fim de semana e que o joelho vole ao normal o mais depressa possivel.
      Agradeço-te a visita e o comentário interessante, como sempre. Um beijinho e até breve aí no xaile; o tempo ainda não aqueceu e o aconchego de um xailinho de sede sabe sempre bem. Fica bem!
      Emilia

      Eliminar
    2. Desculpa Olinda, pois tratei-te por Elvira. Com certeza não te importas, mas há alturas em que vos troco os nomes, Velhice!!!! Bjos
      Emilia

      Eliminar
    3. Claro que não, querida amiga. :)
      Bjs

      Eliminar
    4. Claro que não, querida amiga. :)
      Bjs

      Eliminar
  17. Impressionante como tudo se repete em todos os quadrantes da vida quer política quer social, Emília! Diria que, quer por desconhecimento dos factos quer por distanciamento de uma grande parte das coisas ou até por tudo ser mais velado, que actualmente tudo se faz com a maior desfaçatez como se fosse normal.
    Não é só viver em entropia que nos faz mais "felizes". Mas chega-se a uma dada altura que dá a impressão de que vivemos num mundo do "salve-se quem puder". Mas, fica tudo tão incompleto se não houver partilha!
    Belíssima escolha para reflexão. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso quer dizer, querida Manuela , que o ser humano não aprende, apesar da sua grande inteligência que parece só querer usar para as artimanhas; às vezes são feitas com uma astúcia que nos surpreende. Claro que hoje em dia tudo se faz às claras e isso dá-nos a sensação de que vivemos num mundo "do save-se quem puder" Temos de acreditar que não será bem assim para podermos viver com alguma esperança de que as mentalidades mudem e que haja aquela " partilha"tāo necessária numa sociedade fraterna. Não é justo que se passe por cima de tudo e de todos para se obter o que se quer . Muito obrigada,Manuela pela visita sempre carinhosa. Um bom fim de semana. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  18. Comecei a ler a pensar que era um texto actual :)

    ResponderEliminar
  19. Comecei a ler a pensar que era um texto actual :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga! Parece mesmo que foi escrito hoje, infelizmente. Obrigada pela visita e desejo-te um bom fim de semana, Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  20. Voltei para ver as novidades...
    Acrescento apenas que a nossa sociedade, que ao fim e ao cabo é a "fornecedora" dos políticos que chegam ao poder, é mesmo corrupta. E, pior que isso, muitos e muitos são ladrões, desde o porteiro do aeroporto aos governantes, passando por banqueiros, empresários, advogados, etc., etc.
    Se todos pagassem os impostos devidos, por exemplo, Portugal seria um país muito rico.
    Emília, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei muito de te ver por aqui e de novo e, desta vez, mostrando a tua " raiva" contra sectores da nossa sociedade que, sem o minimo respeito pelos outros " roubam " à descarada. E o que mais me tem surpreendido nas últimas noticias é ver advogados que matam por dinheiro e, conhecendo outros casos que não chegaram a esse extremo, chego à conclusão que nem neles podemos confiar, o que é muito desanimador. Enfim, amigo, está muito dificil confiar mesmo naqueles que , estando ligados à lei e justiça, teriam a obrigação de ser corretos e honestos. Obrigada, Jaime e um bom fim de semana.
      Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  21. O Brasil é o campeão da corrupção do mundo inteiro! Mas percebo também q está no âmago do mundo desde sempre.... Ótimo fds!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sonica! Que bom ver-te por cá, amiga! Na realidade o Brasil está mergulhado numa corrupção nunca vista, mas, ao mesmo tempo a justiça está a agir duma maneira como nunca o fez antes; se assim continuar com certeza a corrupção diminuirá . Infelizmente ela é caracteristica do mundo inteiro e, começando os casos a serem divulgados e punidos com certeza as coisas melhorarāo. Um bom fim de semana, amiga! Beijinhos e obrigada.
      Emilia

      Eliminar
  22. Mas se não participarmos activamente como cidadão com deveres, ficará pior. Estamos nas mãos dos ladrões que levam o preço que querem para alimentar as ambições.
    Aínda bem que a Mãe te beijou, as melhoras.
    Também estive no centro, agora a sul até Outubro. Quando vieres de férias avisa-me por mail.
    Até já. Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Manuel. Antes de mais, obrigada pelo carinho e pelo convite. Felizmente a minha mãe me esperou por mim e tem recuperado bastante. Este ano com certeza não irei para o Algarve, mas se por acaso for, avisarei.
      Quanto a este tema, é claro que temos de contribuir, como cidadãos,cumprindo o nosso dever, educando os mais novos a serem adultos de bem e lutar da maneira que pudermos para que este mal diminua. Temos o voto que nos dá muito poder e devemos usá-lo, não deixando os governantes muito tempo nos cargos, pois o poder corrompe.. Amigo, gostei muito de te ver por aqui e brevemente far-te-ei uma visita aí na tua casinha virtual. Um beijinho e bom fim de semana. Obrigada!
      Emília

      Eliminar