segunda-feira, 10 de março de 2014

SEGUE....



.....O Teu Destino...
 Rega as tuas plantas...
 Ama as tuas rosas...
 O resto é a sombra...
 De árvores alheias.
 A realidade...
 Sempre é mais ou menos...
 Do que nos queremos....
 Só nós somos sempre...
 Iguais a nós próprios....
 Suave é viver só....
 Grande e nobre é sempre...
 Viver simplesmente...
.Deixa a dor nas aras..
 Como ex-voto aos deuses...
 Vê de longe a vida....
 Nunca a interrogues...
 Ela nada pode dizer-te..
 A resposta está além dos deuses...
 Mas serenamente...
 Imita o Olimpo no teu coração...
 Os deuses são deuses...
 Porque não se pensam.

 Ricardo Reis, in "Odes"-  Heterónimo de Fernando Pessoa

Seguir o nosso destino é " viver simplesmente ", com serenidade...sem interrogar a vida; conseguiremos assim o tão almejado Bem Viver. Claro que não é fácil, mas vale a pena tentar.

Emília Pinto

38 comentários:

  1. Seguir o nosso destino com serenidade sem interrogar a vida está a ser complicado, para mim.

    Nem sei se conseguirei tentar. Por enquanto não tenho forças.

    Beijinhos.

    Lisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qurida lisa, sei que não é nada fácil, principalmente não questionar a vida. Para mim está muito difícil também; há perguntas para as quais não obtenho resposta e essa problema que a vida me trouxe deix-me um pouco sem rumo. Mas, não adianta porque a resposta vou ter de ser eu a encontrá-la e a força também é pouca . Por isso, amiga, só te posso dizer para teres força deixar-te um beijinho muito carinhoso. Obrigada pela visita
      Emília

      Eliminar
  2. Olá! Amei amei amei a poesia! Deixar a dor nas asas, voar ao além de respostar, doar ao canto a voz do além dos deuses! abração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Ives! Deixar a dor voar, viver um dia de cada vez fazendo dele o melhor que soubermos e pudermos, sem exigirmos demais da vida é o caminho mais certo para vivermos bem. Fiquei muito feliz por te ter agradado tanto, amigo. Obrigada pelo carinho. Um abraço.
      Emília

      Eliminar
  3. Linda poesia e temos mesmo que seguir em frente sempre! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não temos outra saída, Chica e por isso o melhor é " viver simplesmente "sem fazer muitas perguntas à vida. Um beijinho e obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  4. Deixar de interrogar a vida é difícil para mim. Tenho que aprender a aceitar esse desafio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só para ti, Anabela? Para mim também o é e muito, mas temos que tentar deixar de o fazer; afinal, ela parece que nem nos ouve; a explicação para o que nos acontece temos de ser nós a encontrá-la e o remédio é aceitar. Obrigada, amiga, pelo carinho da visita. beijinhos
      Emília

      Eliminar
  5. Olá, bom dia. Bom tudo, para você.
    Vim lhe cumprimentar nesta quarta feira com o meu sentimento de amizade e de contentamento. Desejar-te: Paz e paz.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, José Maria. Tudo de bom para você também. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  6. Nem sempre é fácil, mas temos que tentar...Sobretudo, viver e encontrar nela paixão...
    Gostei muito...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não é nada fácil, principalmente nos tempos que correm onde além da crise, só se ouve falar de guerras e outro tipo de violências. Saber viver é uma arte que todos devemos tentar aprender. Obrigada, amiga e uma boa noite. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  7. Lindo...o nosso caminho é viver a vida, sem pensar no destino...Afinal, não temos respostas a indicar-nos qual a estação ...em que descemos! Por isso, admiremos a paisagem, reguemos as rosas...e em tudo devemos por uma boa fatia de amor e outra de alegria!!
    Beijo carinhoso, minha Amiga.
    Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei muito do teu comentário, Graça! Não sabemos em que estação desceremos por isso " admiremos a paisagem, reguemos as rosas " sempre com uma bela " fatia de amor e outra de alegria." Obrigada, querida amiga e que consigas em cada dia momentos para festejar. Um beijinho e até sempre!
      Emília

      Eliminar
  8. Ama as tuas rosas ...e faz o teu melhor...
    Emília, beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Shirley pela visita ao Começar de Novo. Espero que tenha gostado e volte mais vezes. Fazer o nosso melhor sempre com amor é o passo fundamental para que nos sintamos bem a cada dia que passa. Um beijinho e até sempre!
      Emília

      Eliminar
  9. So mesmo Fernando Pessoa para escrever de forma tão simples e soberba, passando uma mensagem tão bonita.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. É verdade, Rita, uma mensagem simples, linda, mas que nos leva a uma profunda reflexão sobre o modo como queremos viver . Não é fácil fazer o que ele nos aconselha, mas devemos tentar, pois teremos de certeza uma melhor qualidade de vi da Obrigada, amiga pelo carinho da visita Um beijinho e fica bem.
    Emília

    ResponderEliminar
  11. Lindo!
    É na simplicidade das coisas que encontramos a magia da vida. Muitas vezes complicamos tudo, quando na verdade para se viver bem, caminhar de bem com a vida, seria necessário apenas olhar à nossa volta e apreciar cada momento. Isto tudo parece utópico. Contudo, sabemos que há ocasiões em que nós próprios não damos valor àquilo que temos e continuamos à procura de coisas quase inatingíveis, torturando-nos. Bem, a ambição é importante, mas terá de ser também comedida. O questionamento da vida é fundamental, dentro dos parâmetros que não interfiram com o nosso bem-estar espiritual.
    Isto hoje está um bocado confuso aqui para os meus lados, não é? Não digo coisa com coisa. :)))
    Enfim, digamos como Voltaire: 'Il cultiver notre jardin'.

    Querida Emília, desejo-te um belíssimo fim de semana. O tempo promete. Temos estado a gozar uma Primavera antecipada. Que bom!

    Beiinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  12. " Não digo coisa com coisa" ? Claro que dizes, Olinda. Na vida é necessário TER, é ainda mais necessário Ser; é preciso ambição para que não fiquemos parados sempre no mesmo lugar; questionar a vida, também faz parte,, pois se não o fizermos, seremos seres amorfos, conformados com o que vemos de erradoo; mas tudo isso tem de ser feito com o justo equilibrio, com muito respeito pelo que se passa à nossa volta e sem nunca atropelarmos os outros para atingirmos os nossos fins. Voltaire tem muita razão; é preciso cultivar o nosso jardim, porque não teremos outro e como diz o poeta no teu post, o caminho segue para um único destino sem termos o direito de voltar para trás. E esta primavera antecipada está a fazer-me muito bem, amiga.Gosto de sol e penso que todos já ansiavam por ele. . Obrigada pelo comentário que, como sempre muito acrescente à mensagem que tento transmitir. Beijinhos e um excelente fim de semana
    Emília

    ResponderEliminar
  13. Fico sempre mais rica, quando leio Fernando Pessoa ou qualquer um dos seus heterônimos. Quando eu trabalhava numa biblioteca escolar, lia mais a sua poesia, por ter um acervo maior do que possuo. Obrigada, Elvira, pela deliciosa partilha.
    Beijos,
    da Lúcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes, Lúcia, quando estudei literatura tive que ler muito este e outros poetas portugueses, ler e interpretar, dividir orações etc; estudavam-se muito mais a fundo do que hoje e talvez por isso, por muito tempo evitei lê-los. Isso já passou e agora lei-os com mais interesse. Quando vivia no Brasil, há mais de vinte anos sempre me encantava o tanto que os brasileiros gostavam e sabiam de Fernando Pessoa.. Fico feliz que tenha gostado e estou também muito contente por ter voltado; gosto muito de a ver nesta minha casa e já estava com saudades. Um bom fim de semana, amiga! beijinhos
      Emília

      Eliminar
  14. O meu poeta favorito...
    Emília, obrigado pela tua visita e comentário.
    Gostei do teu blogue. Voltarei...
    Tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Nilson pela visita. Fico contente que tenha gostado do Começar de Novo e será com imenso gosto que o receberei aqui. Um beijinho e um bom fim de semana
      Emília

      Eliminar
  15. Querida amiga

    E se não tentamos,
    nos perdemos...

    Ser feliz é fazer a vida de alguém
    intensamente feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que a humanidade se está perdendo precisamente, porque ainda não aprendeu a simplesmente viver, a viver com calma, sem correrias e sempre com o máximo respeito pelos outros.. Fazer alguém feliz faz-nos sentir " no céu ", amigo!. Um beijinho e um bom fim de semana
      Emília

      Eliminar
  16. Mas para quê ir além do que as faculdades humanas o permitem? Porque interrogar-se indefinidamente sobre o porquê das coisas? Porque o homem quer sempre suplantar-se a si próprio? Porqê esta eterna insatisfação de querer imitar poder de deuses? Chegando a Primavera, começam a despontar os lírios cuja beleza foi recordada, como sabemos , por Cristo, pela sua simplicidade sem mais nada que importe que a luz e paz do tempo.
    Mas o homem hoje mais que nunca, não idolatra só ídolos Adolatra-se a ele próprio. E corre desenfreadamente para o abismo que ele cria, já que sendo criatura feita à imagem de Deus, a sua meta é muito mais abrangente rumo ao Infinito.
    Carinhoso abraço, querida amiga, Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos constantemente a fazer essas perguntas, Manuela e nunca conseguimos entender essa " arrogância " do ser humano em " querer imitar o poder dos deuses, essa " eterna insatisfação " com o tanto que a vida lhe dá essa correria infernal para ter cada vez mais. Mas...não adianta e que será sempre assim; veja-se o caso das guerras; a cada dia uma nova começa e o o motivo é sempre a ambição pelo poder e o domínio sobre os outros povos. A história está cheia de guerras horríveis e o homem nada aprendeu com elas e acha-se um Deus, um " idolo idolatrando-se a ele próprio. Por isso, amiga, vamos ficando cada vez mais descrentes no ser humano e a esperança na mudança vai desaparecendo. E que venham os " lírios com a sua beleza na simplicidade para animar este nosso estado de espírito e nos reacender a esperança em dias melhores.. Muito obrigada pelo comentário que muito acrescenta à mensagem que eu, através de Fernando Pessoa tento transmitir.. Fica sempre mais rico o meu post com a tua visita, querida amiga. Desejo-te uma excelente semana,de preferência com este lindo sol que nos tem visitado nestes últimos dias. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  17. Emília,

    A palavra "seguir" já dá ideia de partida e tambem de continuação.
    Nossas vidas são feitas de partidas e chegadas, cada um precisa seguir o seu caminho com coragem de enfrentar o mundo e as adversidades.

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, amiga, até aqui fizemos muitas partidas e chegadas e a vida tem-nos permitido que sigamos o nosso caminha. Até quando? Só ela sabe e por isso temos que aproveitar esta estação, esta carruagem onde agora estamos para aproveitar ao máximo a paisagem. Amanhã teremos outra carruagem, mas...pode ser que não tenhamos outra à nossa espera na estação seguinte.. Um beijinho, Sissym e uma boa semana. Obrigada!

      Emília

      Eliminar
  18. Minha amiga uma excelente escolha.
    O importante é viver o melhor possivel o dia de hoje, o amanhã logo se verá e o ontem já não pode ser alterado.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem que ser assim, Maria, mas, por mais que saibamos isso, continuamos a correr preocupados com o futuro que, como bem dizes, se o tivermos " logo se verá " às vezes sofremos por coisas que pensamos irão acontecer e depois vemos que, afinal foi " à toa " o nosso sofrimento e que nada do que esperávamos aconteceu. Sou um pouco assim, amiga, sofro " com antecedências ". Um beijinho e uma boa semana, vivida com calma e serenidade. Obrigada.
      Emília

      Eliminar
  19. É isso aí, minha querida.
    Fernando Pessoa tinha a receita… a mim falta-me saber qual a farmácia onde se pode aviar…
    Viver sem questionar NADA, viver, simplesmente!
    Há alguns dias, muito poucos, infelizmente, em que QUASE consigo pôr em prática essa filosofia de vida.
    Mas isso acontece mesmo muito raramente, porque o normal é interrogar-me: porquê?
    Porque é que uma vida que se vive tão feliz, de repente é “cortada” sem dó nem piedade, e transformada num viver sem objectivos, sem sonhos, sem “lugar para onde ir”?
    Eu até sei qual é a resposta. Em teoria é tão fácil!
    “ Regar as plantas... Amar as rosas...” – porque “O resto é a sombra de árvores alheias.”
    Tenho uma varanda cheia de plantas – especialmente orquídeas – que trato com todo o desvelo. Ontem estive a contar os botõezinhos que estão para abrir – 22! Isto quer dizer que dentro de alguns dias vou ter 22 orquídeas a alegrar a minha varanda. E depois formam-se mais, ainda. Porque o ciclo da vida não pára...pelo menos para as plantas.

    Desculpa ter “descarregado” em ti a minha melancolia. Hoje acordei assim… devia ter ficado na cama -:))), mas às sete e meia já estava em pé -:) , como de costume.

    Um beijo muito GRANDE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Mariazita, se por acaso encontrares a tal farmácia, avisa-me, pois há muito que a procuro para " aviar " a receita do nosso Fernando Pessoa. Gostaria muito de viver simplesmente sem questionar a vida, mas sou uma " chata ", pois estou sempre a fazer-lhe perguntas; tenho até medo que ela se aborreça comigo e, com razão. Mas...que hei-de fazer? Tentar, podes ter a certeza que tento e muito. Também tenho muitas plantas na minha varanda e agora estão bastante floridas; tenho dois vasos de orquideas com botões prontos a abrir, mas, olha...ainda não os contei, o que significa que não estou a dar-lhes o valor que merecem e também que a tal da " melancolia " tem-me acompanhado ultimamente.. Como vês, amiga, " toca a todos " como se costuma dizer e, seguindo os conselhos do nosso amigo, vamos lá por em pratica esta filosofia de vida, cuidar do nosso jardim, contando os botões que muito em breve alegrarão as nossas varandas. Outra coisa, não peças desculpas pelo tanto que sempre dizes nos teus comentários, porque além de serem sempre muito assertivos, eu adoro uma " conversinha " e foi isso precisamente o que acabamos de ter. Agradeço-te muito por isso, podes acreditar. Um beijinho e espero que tenhas uma boa noite e um dia com .mais alegria; eu vou tentar o mesmo.
      Emília

      Eliminar
  20. Viver com simplicidade, sem a preocupação metafísica de tudo, é sabedoria de vida! Mas isso não nos afasta de uma salutar interrogação, não tanta das velhas perguntas ontológicas de quem sou ou para onde vou, mas sobretudo do que posso fazer aqui...

    Um beijinho amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, Daniel, muito obrigada por visitares o Começar de Novo. Espero que tenha gostado e que voltes mais vezes. Com certeza irei visitar o teu cantinho. Também admito que a única questão que devemos fazer é essa mesma: " " o que posso fazer por aqui " , poi s temos o devever de fazer sempre mais e melhor. Um beijinho e um bom fim de semana
      Emília,

      Eliminar
  21. Segue . . . dia após dia e à velocidade do passo humano .
    E , de quando em vez , surge lampejos do porquê .


    Um beijo , Emilia , e bom fim de semana ,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não podemos evitar certas questões, pois isso faria de nós seres apáticos e indiferentes, mas tudo tem que ser no justo equilibrio. Obrigada, Maria, pelo carinho e um bom fim semana. Beijinho
      Emília

      Eliminar