quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

PODRES PODERES






Na década de 80 era assim que Caetano Veloso classificava os poderes...PODRES PODERES.
Muitos anos se passaram mas, neste aspecto, penso que pouco mudou... Os PODERES continuam PODRES.


Com certeza ouviram a alusão a " hermetismos pascoais..." Refere-se Caetano a Hermeto Pascoal que, como tantos outros, mostram através da música a sua indignação contra os males da nossa sociedade.

Hermeto Pascoal (Lagoa da Canoa, 22 de junho de 1936) é um compositor arranjador e multi-instrumentista brasileiro (toca acordeão, flauta, piano, saxofone, trompete, bombardino, escaleta, violão e diversos outros instrumentos musicais)
Atualmente, Hermeto Pascoal apresenta-se com cinco formações: Hermeto Pascoal e Grupo, Hermeto Pascoal e Aline Morena, Hermeto Pascoal Solo, Hermeto Pascoal e Big Band e Hermeto Pascoal e Orquestra Sinfônica.

Lançou em 2010 o CD Bodas de Latão, em duo com Aline Morena, comemorando sete anos de união na vida e na música.

Emília Pinto

52 comentários:

  1. Bom dia, Querida Emília

    Hoje, já é a terceira vez que lhe digo isto: 'Bom dia, Querida Emília'. :) Escrevo o comentário e, na hora H, o meu portátil faz 'puf' e perco tudo. Espero que desta vez ele tenha mais consideração por mim. :))

    É sempre um prazer ouvir Caetano Veloso e nesta composição ainda mais, pois nela exerce o seu dever de cidadania, como cidadão do mundo, apontando os desvios do poder que grassa de uma força incrível por esse mundo fora. No passado como agora, é impressionante como não há mudanças e se as há ocorrem de forma tão ténue que talvez só as gerações vindouras farão disso História.

    Obrigada por trazê-lo aqui e também as referências sobre Hermeto Pascoal que eu não conhecia.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é...este nosso amigo de vez em quando prega-nos uma partida e lá vem um " puf " e ficamos a " ver navios ", mas, temos que o desculpar, pois ele merece; graças a ele estamos aqui a conversar e sempre a aprender uma com a outra. O Caetano sempre mostrou a sua indignação contra os desvios daqueles que deveriam dar o exemplo e por isso teve muitos problemas com a ditadura chegando até a ser preso. É verdade, Olinda...mudam-se os tempos, mudam-se as idades, mas as mentalidades continuam sem grandes mudanças. Pelo menos agora já vamos vendo alguns desses poderosos a serem julgados e a irem para a prisão, coisa que antigamente era impensável. São mudanças muito leves, mas quem sabe...um dia não chegaremos lá? Não podemos perder as esperanças. Um beijinho, amiga e muito obrigada pela visita. Fica bem!
      Emília

      Eliminar
    2. Minhas queridas:

      Emília e Hermínia

      Tudo bem? Vim trazer beijinhos e desejar um excelente domingo.

      Tem razão, Emília, a esperança é a ultima a morrer, como diz o ditado...

      Beijinhos.

      Olinda

      Eliminar
    3. Obrigada, Olinda pelo carinho. Desejo que tenhas uma excelente semana. Até breve
      Emília

      Eliminar
  2. "Podres Poderes"... muito adequado à nossa actualidade.

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, Fá, um tema sempre actual. Era melhor que já estivesse fora de moda, mas assim não acontece. Cada vez vemos mais podridão nos poderes. Um beijinho e muito obrigada pela visita. Volta sempre!
      Emília

      Eliminar
  3. Tal como a Fa menor, penso que escolhestes muito bem o tema pela sua actualidade.

    Se pelo menos a crise que assolou o Brasil e foi superada viesse a acontecer aqui, mas não vejo jeito. Os portugueses nunca elegeriam um trabalhador "Lula da Silva" para os governar.
    Ainda não entenderam que quem está do lado dos patrões não pode defender os interesses dos trabalhadores.

    Beijinhos, querida amiga Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, Ná, todos temos que concordar que, apesar das décadas passadas, este tema continua actual Quanto ao Brasil, então agora com a presidente Dilma é que as coisas
      vão mesmo para a frente...é MULHER e está tudo dito! Muito obrigada pela visita, Ná e vamos lá...continuar à espera que esses poderes deixem de ser podres; não vejo muito jeito, mas...há que ter esperanças! Um beijinho e fica bem, curtindo este sol que nos tem sido oferecido pela mãe natureza. Sei que está a prejudicar muito a nossa agricultura, mas sabe tão bem! Até breve!
      Emília

      Eliminar
    2. É bem verdade, Emíla.
      Precisávamos de umas tantas Dilmas, mas mesmo para o Brasil, ter uma mulher Presidente foi uma enorme vitória.
      Abençoados todos os que tiveram a coragem de mudar a História.

      Bom fim de semana
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Olá Meninas!

    Na "passarelle" do poder apenas mudam os manequins...

    Um tema actual...infelizmente!

    Bjs.
    Lisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Lisa...só mudam os "manequins" e o pior é que não vemos por aí ninguém que os possa substituir. A podridão grassa por tudo quanto é lado e vemos-nos impotentes, por mais que queiramos alterar a situação. Muito obrigada, Lisa, pela visita e desejo que tudo te corra pelo melhor. Volta sempre! Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  5. Olá amigas. Há quanto tempo não ouvia essa música. Curti muito. Que coisa boa!!!! Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é...já tem muitos anos, mas lembrei-me dela, porque infelizmente os poderes continuam cada vez mais podres e o homens de boa vontade estão a ficar saturados de tanta injustiça, tanta guerra e tanta fome. Nada muda, Maria José! Fiquei muito contente por ter contribuído para que recordasses esta música que, pelos vistos, te agrada. Um beijinho e muito obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  6. A parte pior da politica é o poder podre, bafiento, mesquinho...
    Valem-se da força para roubar, extorquir e matar.

    Quando será que os nossos políticos começam a ser julgados pelos erros e desmandos, pelas perseguições e violações dos direitos humanos....????

    ResponderEliminar
  7. Poderes políticos podres.
    Pergunto-me muitas vezes quando virá o tempo de julgar aqueles que se serviram do poder para roubar e matar, para destruir direitos humanos em favor dos mais poderosos...???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é; LUis, não sei se algum dia veremos os nossos políticos a serem julgados por tantos crimes cometidos. Se fossem aqueles desgraçados que às vezes roubam para comer já estariam na prisão, mas como são poderosos, nada lhes acontece. Vamos ao menos fazendo a nossa parte, como pessoas de bem, dando o nosso exemplo para que os jovens que connosco convivem sejam um dia verdadeiros cidadãos. É a única coisa que podemos fazer. Um beijinho, amigo e muito obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  8. Minha amiga, nesse aspecto nada mudou. Nada continua tão podre como os poderes, especialmente o daqueles que nos (des)governam.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, Elvira, as sociedades evoluem em tudo, menos nas consciências e é aqui que a mudança é mais necessária. O ser humano continua cada vez mais ganancioso e não olha a meios para ter mais e mais. Um beijinho, amiga, e muito obrigada pelo teu contributo a este tema tão preocupante
      Emília

      Eliminar
  9. Passa o tempo,mudam os cenários,os protagonistas,mas a interpretação desses papéis de vilões continua a mesma.A ganância desenfreada dominando sempre aqueles que estão no poder.Mas,pessoalmente ainda tenho esperanças e recorro aos dizeres de outro grande poeta...Renato Russo que dizia:"A humanidade é desumana mas ainda temos chance...Quem roubou nossa coragem?..."
    Abraço carinhoso,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei muito dessa frase de Esperança de Renato Russo. Temos de acreditar que ainda temos chance, por que senão não temos ânimo para viver a vida como deve ser vivida. Não podemos deixar que nos roubem nossa coragem! Obrigada, Beregilde pelo carinho e por me teres lembrado Renato Russo. Fica bem! Um grande beijo e até breve!
      Emília

      Eliminar
  10. Grande Caetano Veloso.
    Tantas verdades que ele ali diz!! Mas o mundo continua debaixo do domínio da ganância.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim...Caetano é grande, pois sempre lutou através das suas músicas contra os desmandos da sociedade em que vive e com isso teve muitos dissabores; no entanto não desistiu e continua a luta. Infelizmente continua tudo igual nesse aspecto e a esperança numa mudança começa a abandonar-nos. Um beijinho, Rita, e muito obrigada pelo carinho da visita. Até breve!
      Emília

      Eliminar
  11. Oi Emilia!
    Mais uma do meu PC-não posso ouvir o Caetano Veloso...
    mas como é legendado, é como o esteja a ouvir.
    Poeta e musico contestatário, não teve medo do regime para se deixar as suas mensagens através da musica, suas canções muitas elas de intervenção,
    Isto é sabido por toda a malta que o adorava na década de sessenta ,setenta, eu não ouvia outra coisa , daí ligada à musica brasileira.
    Fez a sua parte , mas, tanto tampo passou e pouco ou nada mudou, melhores dias virão?
    Não acredito, há aproveitamentos, como têm dado a conhecer ,mas espero ,que com todos estes sacrificios, se venha a ver a luz ao meio do tunel pelo menos.Que haja trabalho para quem quer produzir,!
    Bem, muito teria de dizer ,mas fico-me por aqui.
    Até breve~
    Herminia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois assim é, Hermínia...nada muda ou se muda é tão ao de leve que nem se percebe. Pelo menos agora já vemos alguns dos poderosos a serem denunciados e, embora a maioria não vá para a cadeia, pelo menos fica com a sua reputação denegrida. É pouco, mas já é alguma coisa. Quanto a trabalho, do jeito que a economia está, não podemos ter muitas esperanças, mas é bom que tenhamos pelo menos alguma se não a amargura se instala de tal forma que vamos à falência junto com as empresas. Mas o melhor é irmos vivendo um dia de cada vez sempre acreditando num amanhã melhor. Boa noite, amiga! Um beijinho e até breve.
      Emília

      Eliminar
  12. Olá Emilia! Gosto muito de musica brasileira e Caetano é um dos cantores que ouço com frequencia- Quanto aos podres é mesmo assim...o tempo passa,os anos passam,mas os podres infelismente continuam

    Bom fim de semana

    Carla Granja

    http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla. Gosto muito também de Caetano Veloso e lembrei-me desta música que tem décadas precisamente pela actualidade da letra. O tempo passa mas não há mudança onde realmente ela é necessária, nas consciências e por isso continuam podres os poderes e não só. Um beijinho e obrigada pela visita. Desejo que tenhas um bom fim de semana
      Emília

      Eliminar
  13. Que o amor seja nosso único vício, multiplicado pelo número infinito,
    tenha o total igual ao das estrelas no céu ou de gotas de água no mar,
    e seja dividido em nosso santuário de paz.
    *Everson Russo*Meu Filho*
    O amor realmente é a unica força capaz de mover o mundo
    nos dias de hoje pouco se fala de amor .
    Tudo que mais vemos é guerra pelo poder estamos
    vivendo um mundo violento muito longe da paz que tanto almejamos.
    Um lindo e abençoado final de semana.
    Beijos de paz e luz..
    Evanir...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, Evanir, o mundo continua conturbado e os conflitos não páram de aumentar. O ser humano é muito complicado e embora haja meio mundo a querer e a lutar pela paz, há um outro meio a quem isso não interessa nada. Muito obrigada pela visita e pelas palavras sempre tão carinhosa.
      Desejo-lhe um fim de semana excelente e que os seus dias sejam sempre de paz. Um beijinho muito especial
      Emília

      Eliminar
  14. Óh Emilia , os podres poderes não continuam , aumentam .
    E nós , de mãos atadas ?! , vamos deixando .

    Um beijo e bfs ,
    Maria

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deves ter razão, Lilaz... estão cada vez mais podres. Quanto a nós...cá vamos, feitos pasmados a ve-los cometer abusos sem nada fazermos. O nosso poder é o voto, mas, se olharmos à nossa volta não vemos políticos capazes de alterarem a situação. Os verdadeiros líders não estão em vias de extinção, simplesmente acabaram. Os que temos só querem fama e poder. É triste!!! Um beijinho e muito obrigada pela visita. Um bom fim de semana, amiga.
      Emília

      Eliminar
  16. Esta verdade e antiga....beijo Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma verdade antiga, Lisette, mas infelizmente continua actual. Caetano, se voltasse a compor sobre os poderes, não mudaria uma virgula sequer. Um beijinho, amiga e espero que tenhas uma excelente semana
      Emília

      Eliminar
  17. Emília, boa noite!
    Os anos passam, tudo muda, tudo se transforma mas, os poderes não, esses continuam podres e, o pior é que não me parece que haja intenção de os regenerar.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não tenho grandes esperanças que as coisas mudem, pois não estamos a dar o exemplo aos nossos jovens e por isso a luz ao fundo do túnel é bastante ténue. Mas...se não for a Esperança o que mais nos restará? É melhor ficarmos com alguma!!! Um beijinho, Ana, e muito obrigada pelo carinho. Desejo-te uma bela semana
      Emília

      Eliminar
  18. BOM FINAL DE SEMANA.
    COMO VOCÊ ESTÁ??
    PASSEI PARA DEIXAR MEU CARINHO.

    "O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
    mas na intensidade com que acontecem.
    Por isso existem momentos inesquecíveis,
    coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
    (Fernando Pessoa)

    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    ResponderEliminar
  19. Outro dia passaei por aqui e não consegui postar o comentário. Que bom, hoje deu certo.
    Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Sandra pela visita e pelo belo presente que trouxeste, uma mensagem fantástica de Pessoa que guardarei com todo o carinho. Um beijinho e desejo-te uma bela semana
      Emília

      Eliminar
  20. Minha querida

    O tempo passa e os poderes continuam podres...eu apenas digo: POBRE POVO.

    Beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá sonhadora! É...nesse aspecto nada tem mudado, infelizmente e temos mesmo que dizer: " POBRE POVO". Embora esse povo tenha o poder do voto, na realidade nada consegue, porque olha à sua volta e não vê ninguém capaz de alterar as coisas. Os verdadeiros líderes, esses, já existiram alguns, mas agora o que interessa para quem vai para altos cargos é o poder e a ganância; estão pouco preocupados com o ser humano. Um beijinho, amiga, e obrigada pela visita. Tenha uma boa semana
      Emília

      Eliminar
  21. O que é realmente importante é o "EU"...."Eu sou, eu faço, eu sou o maior"...e o resto do Mundo é apenas um palco para exibição do seu ego....
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão, Marta! Se não fosse esse egoísmo exacerbado, principalmente nos que detêm o poder, com certeza o mundo seria mais justo. Só pensam neles e no proveito que podem tirar do cargo que ocupam. Não sei até quando vamos aguentar tanta injustiça e tanta falta de solidariedade. Há coisas que não mudam, por muito que alguns tentem. Beijinhos e muito obrigada pela visita. Uma bela semana, amiga!
      Emília

      Eliminar
  22. Emília, sinto admiração pelo Caetano, gosto de muitas composições suas mas, sinceramente não sou "fascinada" como diriam alguns. Não acredito que ele faria outra canção neste sentido. Sua "postura" mudou um bocado, nos últimos tempos...É, sem dúvida,um grande compositor.

    Quanto ao Podre Poder, esse permanece e está cada vez pior. Que venham, outros Caetanos "cantar" os males desse Reino do Brasil e de outros que se assemelham...a ele.

    Obrigada, pelo seu carinho, levado à Cadeirinha...
    Beijinhos, amiga,
    da Lúcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É preciso sim que venham outros Caetanos e não só " cantar " os podres poderes não só no Brasil, mas pelo mundo afora. Escolhi esta canção não a pensar no Brasil, mas sim a pensar na podridão de cá, pois há muita, infelizmente. É natural que não volte a cantar este tipo de música, pois no tempo em que a compôs penso que as coisas ainda eram piores aí no Brasil e além disso, a idade avança e até os Caetanos do mundo se acomodam mais. É um prazer visitar a cadeirinha onde confortavelmente me sento a deliciar-me com a leitura da história dos teus antepassados. É sempre também um grande gosto receber-te aqui, Lúcia. Um beijinho e muito obrigadapela visita. Fica bem!
      Emília

      Eliminar
  23. Amiga, meu amiguinho Tigre está participando do concurso Esconde esconde no blog da Kika,preciso de seu votinho na fotinha dele é a do NÚMERO 47 e este é o link :
    http://kikaeassuasideias.blogspot.com/
    A reginha para votar: 1-Seguir o blog da kika 2-Deixar no comentário o seu votinho Se fugir as regrinhas o voto não é valido, Muito grata!Beijos de luz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pela visita, Selma. Apareça mais vezes, certo? É sempre bom vê-a por cá. Um beijinho e fique bem!
      Emília

      Eliminar
  24. Querida amiga

    Quem gosta
    de canções assim,
    entende o maravilhoso
    poder vindo do conhecimento.


    Desejo que a alegria
    faça folia em sua vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que todos aqueles que se preocupam com a actual situação do muno, gosta de canções destas, Aluisio. Foi por isso que me lembrei dela. Apesar de tão antiga, continua actual e não sei por quanto tempo ainda se manterá assim. Estamos todos a ficar um pouco desacreditados, não é amigo?

      Agradeço-te a visita e as palavras sempre tão carinhosas. Um beijinho e desejo sinceramente que à tua volte encontres sempre pessoas de valor, pessoas de verdade. Fica bem! Até breve.
      Emília

      Eliminar
  25. Dos mais baixos aos altos escalões os podres poderes estão à solta. e pior de tudo é que nós não conseguimos prendê-los. Parece que falta-nos abrir a janela da memória da história ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Anabela, somos pequenos demais para prendermos todos esses poderosos que deveriam estar na cadeia. O nosso poder é o voto, mas...por mais que procuremos não encontramos ninguém capaz de mudar este estado de coisas. Não há líderes, no verdadeiro sentido da palavra. Obrigada pela visita e pelo carinho que sempre mostras para com o Começar de Novo. Um beijinho.
      Emília

      Eliminar
  26. Queridas amigas,
    De visita, vi que o comentário sumiu...
    ...e nele eu dizia que estava cansada. Muito cansada de toda esta podridão que faz reinado nesta terra e no coração deste povo, até já, pacato. E como quando falo é com a boca do coração, já não sei repetir-me!
    Mas...repito, isso sim, as palavras tão gentis no comentário vosso,um autêntico post! Obrigada!
    Terno abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não admira que não consiga repetir as palavras que antes escreveu com o coração; é difícil repetir o que o coração nos diz; comigo acontece isso muitas vezes.Estamos todos a ficar cansados da podridão que vemos nesta terra e no resto do mundo, mas o que mais nos choca é vermos que essa podridão está a entrar no coração das pessoas que estão a ficar indiferente e acomodadas; já nada as choca, já nada lhes interessa, já não lutam; estão a deixar-se invadir pela tal da normose...de tanto verem os poderes podres acabam por considerá-los normais e nada fazem para alterar as coisas; podemos pouco, mas o pouco que fizermos sempre fará alguma diferença. Não tem que agradecer o comentário, Manuela, pois o que escreve tem que ser lido com o coração e é com ele que também comento. Um beijinho e muito obrigada pela sua visita sempre muito carinhosa.
      Emília

      Eliminar