quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

REFLEXÃO








 Gostaria de dedicar este post aos meus filhos, netinhos e a todos os jovens que estão a começar a sua vida. E por que não a todos nós? Afinal, a cada amanhecer temos um começar de novo e, com esse começo, uma nova oportunidade. de vermos a vida com outro olhar. Espero que gostem!

 Emilia Pinto

54 comentários:

  1. Que lindo vídeo e sem dúvida, uma bela dedicatória! Vale sempre e pra todos! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Chica! Fiz essa dedicatória, porque os jovens estão a começar a sua vida e é mais fácil para eles enfrentá-la com outra mentalidade. Para nós é mais dificil o que não quer dizer que seja impossivel. Beijinho e desejo-te um bom fim de semana.
      Emilia

      Eliminar
  2. Eu gostei muito. A brincar, a brincar disse muita verdade.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Elvira, que o video te agradou. " a brincar, a brincar disse muita verdade" e não seria melhor que levassemos a vida mais a brincar do que demasiadamente a sério? Seria bom, mas, conseguir essa proeza? É muito dificil! Beijinhos, amiga e um bom carnaval.
      Emilia

      Eliminar
  3. Um vídeo fantástico.
    Sem dúvida que a cada amanhecer poderemos começar de novo. Para isso temos o poder da mente que devia ser sempre positivo...no meu caso não é...sou muito pessimista...
    Tenho a sorte de ter uma filha com uma mente positiva e acreditando sempre que há sempre algo que muda para melhor...
    Um tema para reflectir.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Lisa, uma mente positiva faz com que vejamos a vida com um olhar diferente, com a tal fé de que fala o video, fé em nós mesmos, fé na capacidade que temos de mudar o rumo das nossas vidas e procurar, sem medo aqueles pequenos nadas que nis realizam. Sabes, Lisa, sou um pouco como tu, não pessimista, mas bastante ansiosa e preocupada; qualquer coisinha me deixa em baixo. O que me vale também é que à minha volta tenho pessoas com uma capacidade que admiro, veem o copo sempre meio cheio. Não foi à toa que o meu filho me indicou este video!!! Obrigada, amiga e vamos lã. ..aproveitemos o sol para " encher o copo". Beijinho
      Emilia

      Eliminar
  4. Claro que gostei!
    mas o video foi feito para gostar, amiga.

    ou não?

    mas deixa para lá, há males bom piores.

    beijo

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Caro Manuel, o video foi feito e aqui publicado para " gostar ", mas...nunca tenho a certeza se isso vai acontecer. Publico aquilo que gosto e que traz alguma mensagem que me leva a reflectir, sempre com a esperança de que os meus amigos também gostem e reflictam. No teu caso consegui e fico feliz. Mas...pedindo desculpa pela sinceridade, não entendi o que quiseste dizer com " deixa para lá, há males bem piores ". Não precisas explicar se não quiseres, pois o que importa é que te agradou. Obrigada, Manuel e boa noite. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  6. "O Poder do Agora" , um dos melhores livros que me fez refletir muito sobre as preocupações que nos ocupam a mente, ignorando se vai valer a pena tanto medo. E o medo só existe como defesa, de resto é a mente que o "fabrica", privando-nos de tantos bocadinhos de felicidade!
    Mas vale sempre a pena começar de novo, desde que se ame o que se faz. Um despertar, este vídeo para quem de vez em quando, adormece!
    Obrigada, querida amiga Emília.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querdida Manuela, uma amiga minha pediu-ne para lhe trazer do Brasil o livro Aqui e Agora de Yam Meckller( n sei se está certo o nome do autor..não confirmei...), será o mesmo que indicas aqui? Seja ou não, vou procurar ler, pois deve ser muito interessante. O medo tolhe-nos, sem dúvida, não deixando que procuremos fazer aquilo que realmente gostamos; queremos ser bem sucedidos num trabalho que não nos agrada e temos medo de arriscar procurando outro caminho que nos dê mais satisfação pessoal e que contribua também para dar coragem e alento aos outros. Uma vez alguém me disse:" ganho pouco, mas gosto tanto do que faço!!! E não será isso o mais importante? Penso que sim e por isso não concordo que se diga a um jovem que não escolha determinado curso porque não tem saída, mas, se é isso que ele gostaria de fazer que profissional será sem gosto e vocação para outro trabalho? Ter fé no valor que tem e trabalhar com gosto naquilo com que sempre sonhou de certeza que terá exito, mais cedo ou mais tarde. Foi o meu filho que me indicou este video, com toda a certeza por pensar que o medo o impedirá de buscar,em primeiro lugar, a sua realização pessoal e os " bocadinhos de felicidade " que essa prioridade lhe trará. Obrigada, Manuela e fiquei muito contente que tenha gostado do video. Boa noite e um abraço de grande amizade
      Emília

      Eliminar
  7. Gostei do vídeo.
    É algo comprido, mas vale bem a pena ver. Até porque, a par das coisas importantes que são ditas, é bem-humorado...
    Bom fim de semana, amiga Emília.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que é um pouco longo, mas, com humor à mistura, não se torna cansativo, na minha opinião, claro. Obrigada, Jaime pelo carinho da visita e desejo-te um bom fim de semana, com alegria; os foliões andam na rua para viverem alegres estes dias de carnaval e convidam-nos a fazer o mesmo. Então, venha a alegria mesmo que não saiamos de casa!
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Gostei muito. O Jim Carrey não é um actor que aprecie, mas este video mostra um homem atento, receptivo ao mundo e às pessoas. Como diz e muito bem, o que é importante é o que temos dentro de nós e como podemos fazer os outros felizes...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, Marta! Nem sempre é fácil, mas devemos tentar sempre. Desejo-te um bom fim de semana, com alegria, pois estamos no carnava que nos convida a vivê-la. Muito obrigada, amiga! Beijinhos

      Eliminar
  9. Muito bom, Emília, o foco é ter confiança no nosso taco, não desistir, enfrentar. De certo modo tem medos e medos. O medo em si é um alerta, é o que nos faz pensar se tal coisa serve, se é bom ir a tal lugar, fechar os olhos e mergulhar em algo meio duvidoso. Mas a coisa começa a descambar quando o ‘medo vira neurose’ e daí é um pulo para uma vida pessimista. Acho que a cautela, o cuidado é necessário. Diferente é enfrentar o futuro com otimismo, sair para a batalha crente que vamos vencer. Crente que vamos vencer uma doença; ir pulando etapas. Assim vamos formando uma personalidade forte, combativa.
    Lembro do meu pai quando ficou doente... Que lição tive ali, amiga! Que força teve esse homem a lutar contra uma doença que todos temem. Nunca o vi sentir medo. Era lutar ou se entregar, coberto de ‘coitadismos’. Vi garra, vi luta. O contágio foi tão grande que no final todos nós entrávamos no seu quarto gesticulando de um tipo como se disséssemos, levanta, vamos em frente! E isso se dava várias vezes por dia, pois meus pais moravam no nosso prédio, também. Cada um deve procurar as suas armas, as que mais se adaptam. Mas sempre avante! Coragem e garra também teve minha mãe.
    Criamos os devidos caminhos para uma autoconfiança. Só assim conseguiremos fazer sombra para alguns terremotos que acontecerão, a vida não é só doce, também tem lá seus salgados apimentados. Olha o tamanho do comentário...rss
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. " Olha o tamanho do comentário..???" E os meus, amiga? São verdadeiros " testamentos" como costumo chamar-lhes, mss, sou assim, tenho tendência a desenvolver o assunto. Não me aborrecem nada os comentários longos, antes pelo contrário.
      Tens razão quanto ao medo, Tais! Ele é necessário, pois , em tudo, há que ter as devidas cautelas, pensar na importância ou não do que vamos fazer, pensar nas consequências de determinadas atitudes. O medo exagerado tolhe-nos de tal maneira que nos tornamos seres passivos, indiferentes ao que se passa à nossa volta; às vezes o medo do que os outros vão pensar nos impede de sermos cidadãos activos, falando, reagindo, intervindo e essa maneira de atuar faz de nós pessoas, diria eu, um pouco cobardes.
      Temos que ter fé em nós mesmos, nas nossas capacidades e isso é uma coisa que se vai conseguindo ao longo do tempo. É por isso que eu acho fundamental que os pais saibam também elogiar os filhos desde pequeninos para que eles se sintam valorizados e confiantes; se os pais criticam e repreedem quando fazem as asneirinhas, devem também parabenizá-los quando se portam bem, quando recebem um elogio do professor, quando, contentes vêm mostrar um desenhinho que fizeram. Há crianças que nunca tiveram isso e portanto tornam-se adultos inseguros, sem qualqurr fé nas suas potencialidades. Fiquei contente por saber da coragem do teu pai; mesmo doente, ainda conseguiu transmitir aos filhos que não se deve desanimar e que se deve enfrentar os problemas da vida com muita força e esperança. Com certeza ele tinha consciência de estado em que ee encontrava, mas, como pai, também sabia que, até ao fim, o dever dele era
      transmitir aos filhos a importância que o optimismo e a crença em nós mesmos têm na nossa vida. Aprendamos com esse exemplo, amiga! Obrigada pelo comentário tão assertivo e, principalmente por teres aberto o teu coração a todos nós. Gostei muito! Beijinhos e tudo de bom para ti e para os teus
      Emilia

      Eliminar
  10. Emília o comentário no última publicação era daqui. Não faz mal. O importante é o que sentimos quando aqui chegamos. Eu senti paz, um amor imenso ao próximo e uma grande sabedoria de vida, que só se consegue com muita disciplina interior, atitudes assertivas e sentimentos altruístas. Encontrar pessoas assim, fazem-nos acreditar que ainda há esperança de um mundo melhor para os nossos filhos e seus vindouros. Obrigada Emília. Um beijo terno.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Júlia pelas palavras carinhosas; são palavras destas que me incentivam a continuar. Parece irreal, pois não conheço as pessoas, mas, neste longo tempo de blog , acredito ter encontrado pessoas assim, assertivas, altruístas, de um grande coração e isso é muito importante para
      mim, pois, além do incentivo, ensinam-me muito. Um bom fim de semana, querida amiga e... vamos então, tentando a cada dia fazer com que as nossas atitudes contribuam para o mundo melhor que todos queremos.
      Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  11. Emília,

    peço desculpa por ter abusado da hospitalidade
    de facto, o meu desabafo "deixa para lá, há males bem piores" é verdadeiramente descontextualizado do texto e do "espírito" do blog.

    peço desculpa.

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. " Ter abusado da hospitalidade..." Nem penses isso, Manuel, pois gosto muito que venhas aqui. A minha pergunta foi só por não ter entendido; não penses que achei que seria algo relacionado com o blog, porque não foi mesmo. É sempre um gosto ver-te aqui e espero que venhas sempre. Um beijinho e obrigada pelo teu cuidado, mas desculpas? Nem pensar! Ate breve!
      Emilia

      Eliminar
    2. Muitíssimo bom este vídeo .
      E mostra-nos que através de um certo humor a mensagem é mais facilmente aceite .
      Sim ... a esperança tem que ser o ultimo sentimento a deixar - nos .

      Um beijo , Emília ,
      Maria

      Eliminar
    3. Olá Maria. Sabemos que não é fácil levar a vida com optimismo, mas que ela fica mais leve, isso sim. Também nem sempre conseguimos fazer aquilo que gostamos, seguir a nossa vocação, pois a vida nos empurra para outros caminhos, mas, pelo menos, seria importante que acreditassemos em nós, nas nossas potencialidades e que tentassemos ver as coisas mais pelo lado positivo que pelo negativo. Obrigada, querida amiga e desejo-te uma rápida e completa recuperação. Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  12. Não sendo um dos meus actores favoritos... contudo, gostei imenso da palestra... e da sua pintura... pergunto-me se será o mesmo Jim... de quem a sua namorada se suicidou, faz pouco tempo... e que os pais dela... terão dado a entender, em alguns meios de comunicação... que a sua atitude para com a mesma, teria contribuído bastante para tal...
    É um entertainner... e o seu discurso foi agradável... mas aparentemente, talvez não o coloque em prática, junto das pessoas que lhe são próximas... e que possam ser confrontadas com alguns receios...
    Fica a dúvida... porque às vezes... o que muitos actores mostram... nem sempre corresponde verdadeiramente ao que sentem...
    Veja-se Robbin Williams... que parecia a pessoa mais feliz, bem disposta, e mais bem resolvida deste mundo, e contudo... foi o que se viu...
    Os actores... muitas vezes... limitam-se a desempenhar o seu papel em frente de audiências... que os aplaudam... não querendo generalizar... mas... é a minha opinião, neste caso em particular, pelo menos...
    Beijinho, Emília! Bom domingo!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Ana, eu não te sei dizer nada sobre este Jim e não te saberei dizer se é o mesmo a quem te referes. É claro que muitas vezes as pessoas fazem palestras e aconselham os outros a terem determinadas atitudes, mesmo não conseguindo colocá-las em prática; talvez até façam isso precisamente por não conseguirem elas mesmas seguirem aquilo que seria fundamental para se sentirem felizes. Nós mesmos vemo-nos frequentemente a incentivar os filhos ou até amigos a tentarem determinados objectivos, porque achamos que assim deve ser e nós próprios,por razões várias ficamo-nos pelo desejo; tentamos, não conseguimos, mas não quer dizer que os outros não sejam capazes disso. Eu dediquei este video aos jovens, porque hoje em dia vemo-los a escolher o curso conforme a saída profissional que têm; claro que sei que o emprego é necessário, mas seria muito bom que eles procurassem seguir a sua vocação, mesmo que para isso tivessem que esperar mais algum tempo pelo emprego. Isso é possivel? Às vezes é outras não. Eu, por exemplo arrependo-me até hoje de não ter seguido a minha vocação e segui outro caminho que, logo que pude, deixei. A culpa disso foi só minha, por não ter acreditado ser capaz de ensinar adolescentes Por isso, Ana, na minha opinião é importante que passemos para os outros aquilo que achamos certo, mesmo que na nossa vida não tenha acontecido isso. Eu não me arrependi de ter largado a profissão que escolhi, mas se tivesse seguido a minha vocação tę-la ia exercido até ao fim.
      Aqui o Jim estava a falar para jovens e , por mais complicada que tenha sido a sua vida, a mensagem foi importante, pois alguns, pelo menos, tentarão realizar os seus sonhos, seguir a sua vocação fazendo aquilo que mais gostam. Ana, quando publicamos um post no blog, geralmente é sobre assuntos que nos dizem alguma coisa, temas que julgamos importantes, mas é claro que não estamos à espera que agradem a todos, pois isso não existe. Eu gosto de sinceridade e fiquei muito contente que aqui deixasses a tua opinião franca; foi a maneira de, entre as duas,trocarmos diferentes ideias e de eu poder dizer a minha intenção ao escolher este video. Muito obrigada, Ana e desejo- te uma boa semana, apesar da chuva já ter voltado, pelo menos aqui. Beijinhos e até breve.
      Emilia

      Eliminar
  13. Adorei Emília. Obrigada pela partilha. E sim, escolho o amor.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Muito obrigada, Rita. Fico contente que tenhas gostado e...escolhamos o amor, sempre! Um bom carnaval! Beijinhos
    Emilia

    ResponderEliminar
  15. Fizeste bem, porque reflectir é sempre muito bom e enriquecedor.

    Beijinhos e abraços, Mila

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, São e parece que nunca temos tempo para pensar nestas coisas que, creio, nos levam a mudar a nossa mentalidade, se estivermos interessados; há em nós sempre algo que não nos agrada. Muito obrigada, amiga e desejo-te uma boa semana. Beijinhos
      Mila

      Eliminar
  16. Excelente post, Emília. Ouve-se com prazer e como ensinamento.
    Uma ótima semana.
    Abraços.
    Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Pedro, ele aconselha com humor e isso torna o video mais agradável. Obrigada pelo carinho e desejo-te uma boa semana, serena e sem grandes problemas, pois os pequenos fazem parte do dia a dia. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  17. O medo faz parte da vida. Por isso é importante termos fé na nossa força de vontade, no poder interior que cada um de nós tem bem escondido no fundo da alma. Precisamos ser persisitentes e recomeçar quantas vezes for necessário. A vida vale a pena e aos poucos tudo se ajeita. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quis dizer persistente ao invés de persisitentes.

      Eliminar
  18. O medo faz parte, mas com equilibrio, transformando-o em cautela, em cuidao para que não " demos o pulo maior que as pernas" como se costuma dizer. Se tivermos confiança em nós mesmos, iremos em frente, " recomeçando quantas vezes for necessario" obrigada, Anabela , pelo carinho da visita. Desejo-te tudo de bom, com a coragem necessária para enfrentares os desafios do dia a dia. Beijinhos
    Emilia

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde. aprendizagem não ocupa lugar, o vídeo é perfeito, para o ver e guardar, é o que vou fazer.
    AG

    ResponderEliminar
  20. É verdade, António, " a aprendizagem não ocupa lugar " e tentar a confiança em nós mesmos, acreditar no nosso valor e perseguir os nossos sonhos também não nos faz mal nenhum, por isso recomecemos as vezes que forem necessárias, sempre com optimiso. Obrigada, amigo! Um beijinho
    Emilia

    ResponderEliminar
  21. Muito bonito; não é fácil
    mas a caminhada é assim mesmo um dia cai outro dia
    se levanta e aprendemos mais algumas coisas...

    Sobre a serra gaúcha os lugares são lindos; boa
    comida belas pousadas e hotéis vale apena conhecer tbm RS
    capital porto alegre.
    Bom começo de março.
    PAZ E BEM.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Janicce! ? Fico muito contente que tenhas apreciado este video que nos mostra que vale a pena acreditar nas nossas potencialidades e que não devemos desistir nunca; como bem dizes, um dia caimos, mas no outro le levantamos. Beijinhos, amiga e um Março com saúde, alegria e serenidade.
      Emília

      Eliminar
  22. Olá, Milocas!

    "Isto" é mesmo à americana! Sociedade esquisita, cheia de pastores, com patologia, que não entendo e k se nota, mto bem, nas campanhas eleitorais, onde os candidatos falam a despique e o público ri, aplaude ou pateia.

    Pois, as palavras que este ator e comediante diz, embora as palmas, sejam tantas, mas tantas, caindo assim no ridículo, no exagero, na "adoração", mostram-nos a América, no seu melhor, ou no seu pior, não sei, mas que são EXCELENTES E INCENTIVADORAS, ah, isso são e talvez animem e conduzam alg. daqueles jovens a caminhos de luz, o k interessa a todos nós, mas crianças e adolescentes são os mais influenciados, quer para o bem, quer para o mal e foi nesse contexto e com esse objetivo, que colocaste este vídeo. PARABÉNS!

    Este homem, k é ator, tem tido uma vida mto complicada (pesquisei), em mtos aspetos e é natural que queira melhorar, redimir-se do mal, que causou a algumas pessoas e a ele próprio, tb. Uma das suas mtas namoradas suicidou-se por overdose, mas com comprimidos e ele está implicado no processo. Com o dinheiro dela, comprava drogas para ser "feliz", mas a verdade acaba sempre por saber-se. Há uns 5/6 anos confessou a um órgão de comunicação social ter passado por profundas depressões e que qdo entra no seu quarto, atualmente, parece louco, não conseguindo dormir, nem parar, necessitando de colocar pra fora o "lixo", que tem dentro dele. Acho bem k o faça para limpar-se. Este homem de 55 anos tem como palavra mor o vocábulo FÉ e não esperança, k afirma estar ligada ao fogo, pke desaparece, não se concretiza, por vezes, mas ela é verde, dizem, faz mover mta gente e foi com ela, k colocaste este vídeo, associando-a à reflexão, naturalmente.
    Compreendo o pensamento dele, pke esperança foi aquilo que ele sempre teve, que todos nós temos, mas k não soube vivificar. A FÉ, e em determinados ambientes e mentes, tem mto mais força, sem dúvida.

    Então, dia 11 vais para o Brasil para veres os teus pais e assistir aos aniversários de ambos. Que faças uma boa viagem e que os vás encontrar mto bem.

    Beijinhos e dias mto felizes.

















    ResponderEliminar
  23. Que grande espação no meu comentário acima! Desculpa, minha amiga! Não sei como sucedem estas coisas, que desfeiam a estética dos blogues e a do teu é mto agradável, soft, melhor dizendo. Sorry! Tudo aconteceu, involuntariamente, como podes crer.

    Tudo de bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, querida Ceuzinha, não te importes com a aparência do blog, poi isso interessa pouca; o que importam são as ideias e as tuas, como sempre, dão muito que falar, ou melhor uma resposta longa. Vamos começar pelas sociedades? Pois bem, eu costumo dizer que o ser humano ( que forma as sociedades ) é igual em todo o lado, com qualidades e defeitos, mudando apenas o endereço e " esquisitices, palhaçadas, pastores etc, etc, temo-los também aqui, só que em menor número, pois somos um rectangulozinho. ? Tudo igual, minha amiga! Quanto a este senhor, é certo que teve e acho que ainda tem uma vida complicada, mas talvez por isso consiga aconselhar melhor os jovens . Como bem disseste no fim do teu comentário ele não soube " vivificar a fé e a esperança", mas isso não quer dizer que ele não ache importante passar para os outros a necessidade de lutar pela realização pessoal. E temos, se quiseres um exemplo bem simples: quando consultamos um médico ele aconselha-nos a levar uma vida saudável, fazendo exercicio, não bebendo em excesso, não fumando, etc, etc, e muitos deles não conseguem ou não querem po-los em pratica. O que me interessou aqui foi a mensagem e não a vida do senhor; eu sempre aconselhei os meus filhos a terem atitudes sensatas e correctas, a tentarem seguir a vocação deles e isso não quer dizer que eu o tenha feito; sei o que deveria ter feito, sei que em certos aspectos deveria ter tido mais confiança em mim mesma, mas o certo é que não fui capaz disso e que tenho plena consciência que devo passar para eles uma mensagem sempre positiva e de incentivo. Achas que ele deveria falar aos jovens para olharem p o fracasso da sua vida? Que deveria dizer que não vale a pena lutar pelo que se quer? Que a vida é madrasta, que não serão capazes de enfrentar os desafios da vida? Acho precisamente o contrário; penso que, olhando para o que fez com a sua propria vida, é capaz de incentivar os outros a terem fé e lutarem por uma vida que os satisfaça, que lhes dê prazer. Foi por isso que a dediquei aos filhos, aos meus netos e também a nós, pois, pela parte que me toca ainda tenho muito a aprender nesta questão de optimismo. Ceuzinha, gosto muito, como sabes, de debates e são as opiniões diferentes que criam esses debates interessantes, por isso te agradeço esta tua opinião sincera e detalhada. Sabes, quando publico qualquer coisa, faço-o tendo em conta a mensagem e não a vida de quem escreve o texto ou faz o video e foi o que aconteceu com este senhor e com todos os outros que têm aparecido aqui.
      Quanto à minha ida ao Brasil, sim, irei nesse dia, mas acho que ainda nos falaremos até lá, mas..não sei..de qualquer modo, muito obrigada pelos teus votos e também pela visita. Fica bem e volta sempre, certo? Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  24. Quero te convidar para visitar o meu blog Café Feminices, estava parado e resolvi reativar. Tem um texto para leitura e debate lá - semana da mulher - se puder deixe sua opinião. Bjs

    http://cafefeminices.blogspot.com.br/2017/03/mulheres-que-reclamam.html

    ResponderEliminar
  25. Obrigada pelo convite, Anabela! Irei lá, sim! Um beijinho e bom fim de semana
    Emilia

    ResponderEliminar
  26. Querida amiga Emília
    Gostei do vídeo, que não conhecia.
    Trata-se de uma "palestra" muito bem conduzida, dirigida às massas assistentes, cheio de boas teorias que nem sempre se coadunam com a realidade.
    Mas todos nós sabemos que qualquer orador que se preze não vai estar a dar maus conselhos, pelo contrário, tem que incentivar os ouvintes a "vencer os medos", ser perseverante, corajoso... etc., etc.
    Este tem a grande vantagem de introduzir no seu discurso um certo tom humorístico, o que contribui para que seja visto com bastante interesse.
    Eu diria que o final é bastante positivo, ainda que um pouco alheado da realidade.
    Considero muito boa a tua escolha.

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo que penso, Mariazita. A realidade às vezes é muito dura e não nos permite ralizar ou ser aquilo que, sabemos, seria melhor para nós, mas devemos sempre incentivar os que estão junto a nós a lutarem por aquilo que querem. A vida é muito" mandona " como costumo dizer e obriga-nos tantas vezes a seguir caminhos que não estavam nos nossos planos. Dificilmente alguém consegue realizar os seus sonhos por inteiro, mas, se conseguir alguns deles já é bom; os desafios são muitos e por vezes falta-nos coragem e fé nas nossas potencialidades. Obrigada, querida amiga pela carinhosa visita e desejo-te um bom fim de semana. Um beijinho
      Emilia

      Eliminar
  27. Querida Emília,
    Bom dia

    Como sempre, tens a preocupação de nos trazer temas que nos fazem parar e ir ao fundo de nós à procura de respostas. E eu o que encontro logo é o sentimento de que a dedicatória que fizeste é tão útil e actual que também a tomo para mim, para a minha filha que está nessas idades e que precisa de incentivos perante os desaires que vão surgindo no dia-a-dia. Desilusões, decepções, na crença de que as pessoas são honestas e leais. Por isso, por ela, vejo que sofrem de momentos de grande desânimo e descrença no ser humano. E posso dizer-te que ela está a passar por um momento desses.

    Assim, as boas palavras, venham donde vierem, são preciosas. Ouvir alguém dizer-nos que o medo existe mas que é preciso colocá-lo no espaço devido, não eliminá-lo porque é impossível, faz parte do nosso instinto de sobrevivência faz-nos sentir menos sós. E não é necessário que quem nos fala seja um modelo de virtudes, o importante é que naquele momento procurou fazer algo de bom ao transmitir-nos uma mensagem cheia de força.

    Pondo um pé à frente do outro, devagarinho, vamos percorrendo o caminho que nos destinamos, o qual nem sempre conseguimos completar. Contudo, a vida é feita de vários momentos e é importante termos a coragem de vivê-los da melhor forma, com algumas quedas mas mantendo sempre presente que temos de nos levantar e continuar.

    Minha querida, obrigada por estes momentos que me proporcionaste.

    Tem um bom domingo. Espero vir dizer-te adeus antes de partires.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida

      Coloca-me aí uma vírgula em sobrevivência para que a frase faça sentido. :)

      Bjinho

      Eliminar
  28. Querida Olinda, antes de mais, quero dizer-te que a vírgula, já está no lugar certo, embora, sem ela eu tenha percebido tudo e muito bem. Já agora, peço-te para corrigires uns determinados errozinhos dados no " testamento" por mim escrito, sabes bem onde. A " conversa " estava tão animada que as falhas surgiram. Tu saberás corrigi-las. Quanto a " modelo de virtudes" , nós que somos mães e portanto principais educadoras dos nossos filhos temos muitas falhas, cometemos erros, seguimos caminhos que não nos realizaram e isso não nos impede de transmitir aos nossos filhos coragem e força para que sigam em frente sem medos, ou antes, é nossa obrigação fazer isso, é nosso dever encaminhá-los e apoiá-los nas inseguranças próprias de quem está a começar a vida. Encorajá-los sempre, mesmo que, no nosso intimo surjam alguns medos, é o nosso dever.
    Olinda, muito obrigada pelo comentário assertivo que aqui deixaste; traduziste de uma maneira fantástica a minha dedicatória e a minha intenção ao publicar este video o que me deixou muito, muito satisfeita. Boa noite e um beijinho.
    Emilia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E aqui também há uns probleminhas com algumas virgulas, mas... tu entendes, não é amiga? Publicar sem ler antes dá nisto!!!Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
    2. Muito obrigada, minha amiga! :)
      Beijinhos
      Olinda

      Eliminar
  29. Boa tarde Emília!

    Um discurso inspirador, claro e divertido sobre escolhas e felicidade. Muito bom mesmo. Sabia do vídeo, mais ainda não tinha assistido. Obrigada pela partilha.
    Sempre gostei muito do trabalho de Jim Carrey.
    Ele sempre atuou muito bem em todos os filmes que participou. Acredito que já assisti quase todos dele. É um premiado ator, excelente comediante, um roteirista e produtor fantástico. O ser humano é cheio de erros e defeitos, mais também é recheados de muitas qualidades. Quando alguém erra, sempre olham apenas os defeitos, e esquece as qualidades da pessoa. Realmente não sei o que aconteceu com ele e a namorada, o que sei é o que a mídia apresenta Jim Carrey foi realmente acusado por ter comprado as drogas prescritas que mataram sua ex-namorada, e o processo acrescenta que o ator sabia que a ex tinha tendência à depressão e já havia tentado se matar. Na época eu assisti pela TV as imagens do enterro, ele estava carregando o caixão, e a imagem dele representava muita dor naquele momento. A causa da morte foi overdose de remédios, e pílulas foram encontrados perto de seu corpo.
    Jim Carrey quebrou o silêncio sobre as acusações da família de sua falecida ex-namorada, e assegurou por meio de seus advogados que tanto a mãe da namorada, Brigid Sweetman, como o seu marido greencard Mark Burton, estão apenas em busca de dinheiro fácil com esse trágico suicídio.
    Dizem que Carrey ficou devastado pelo suicídio da namorada, e ele diz que não é responsável por isso (...) É triste ver família motivada pela ganância, buscar dinheiro em cima de tragédia.
    As drogas não destroem só o usuário, elas destroem a família inteira. Uma marca que nunca se apaga.
    Porque rola tanta droga e morte no meio de pessoas famosas?
    Muito complicado tudo isso né Emília?
    Realmente a gente nunca sabe o que acontece na cabeça dos usuários... Que Deus proteja nossas famílias.
    Obrigada pela partilha, o vídeo é de grande ensinamento.
    Boa semana, e um excelente mês de março!
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Smareis, por este belo comentário que muito vem acrescentar à mensagem do video; as drogas são um problema no mundo inteiro e os jovens são um alvo fácil, mesmo aqueles que, aparentemente, são bem sucedidos e vêm de familias bem estruturadas; muitas vezes há dentro deles inquietações que ninguém é capaz de perceber e eles procuram nas drogas o alivio para esse sofrimento. É um problema que não terá solução, creio. Confesso, amiga, que não sabia nada sobre este senhor, mas, depois de ter tido conhecimento de todos os problemas que tem vivido, entendo melhor a razão que o levou a fazer estas palestras. Claro que as pessoas erram, falham e, por um motivo ou outro seguem caminhos que os levam ao fundo do poço, mas isso não quer dizer que não tenham grandes qualidades e que não se preocupem com os outros; neste caso específico, acho louvável que ele tenha aproveitado a sua experiência de vida para aconselhar os outros, tentando evitar que os jovens caiam nas armadilhas que a vida esconde a cada canto; quanto aos meios de comunicação, nem sempre podemos acreditar em tudo, pois quanto mais sensionalista for mais vende, principalmente em se tratando de pessoas famosas. Muito triste a vida dele e talvez por isso queira mostrar a todos que é necessário coragem para superar os problemas e muita fé nas potencialodades que cada um tem. Gostei muito do video, mesmo não conhecendo o Jim, mas, depois de saber tudo o que aqui tem sido escrito sobre ele, comecei a admirar a sua coragem; ninguém se mete nas drogas à toa, ninguém se suicida sem motivo, embora às vezes achemos que não havia razões para isso. Há, sim, grandes inquietações em almas muito, muito atormentadas. Mais uma vez, amiga, muito obrigada pelos detalhes que me deste e também por compreenderes tão bem o sofrimento deste homem. Há que compreender os outros e não criticar. Para a semana estarei no Brasil, mas sempre que puder visitar-te-ei, certo? Tudo de bom! Beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  30. Como não consegui espaço para desejar uma Feliz e Santa Páscoa na anterior postagem , faço -o agora e aqui .
    Ainda bem ,Emília , que tudo está dentro dos planos idealizados. Aproveita para desfrutares da companhia de teus pais e desse outono que imagino , belo .
    Grande beijinho ! **😘

    ResponderEliminar
  31. Querida Manuela, desculpa só hoje te responder, mas só agora. vi a tua carinhosa mensagem aqui nesta publicação. Acho que foi aquele " Anjo Azul " que me sussurrou para vir aqui o que muito lhe agradeço. Felizmente tudo tem corrido bem com os meus pais e agora, que a data do meu regresso está a chegar, começo a sentir alguma tristeza por ter de deixá-los, embora já esteja com saudades. Mas a vida é assim e há que aceitar. Dia 4 já estarei em Portugal e tudo voltará ao normal, alegre por estar na minha casa, vendo de novo os meus filhos e netos e já com saudades daqueles que cá deixo. Querida amiga, espero sinceramente que por aí esteja tudo bem, todos com saúde e com a alegria possível. Muito obrigada pelo carinho e até breve. Um beijinho grande.
    Emilia

    ResponderEliminar