terça-feira, 1 de julho de 2014

GRAMMY PORTUGUÊS





Aos 74 anos de idade, Carlos do Carmo chega assim ao ponto mais alto da sua carreira.
 Filho de Alfredo de Almeida, que veio a ser proprietário da casa de fados O Faia, situada no Bairro Alto, e de Lucília do Carmo, uma das mais distintas fadistas do século XX, de quem viria a adotar o apelido, Carlos do Carmo nasceu em Lisboa a 21 de dezembro de 1939 onde ainda hoje vive.
 A sua carreira teve início aos 9 anos de idade, quando gravou um primeiro disco, mas os registos oficiais dão 1964 como o tiro de partida para um percurso carregado de canções que ficaram na história da música portuguesa.
 São igualmente inúmeros os prémios e distinções que ao longo de uma carreira de mais de 50 anos distinguiram a sua arte de respeitar e, ao mesmo tempo, inovar o fado.
 Partindo do chamado fado tradicional, mas com uma bagagem musical onde podemos encontrar Frank Sinatra, Jacque Brel, Elis Regina ou José Afonso, Carlos do Carmo foi construindo um reportório de onde se destaca o álbum "Um Homem na Cidade" entre muitos outros espécimes da mais alta estirpe que gravou ao longo da sua carreira.
 De entre as sua canções mais populares destacam-se interpretações como "Os Putos", "Um Homem na Cidade", "Canoas do Tejo", "O Cacilheiro", "Lisboa Menina e Moça", "Estrela da Tarde", "Duas Lágrimas de Orvalho" muitos deles escritos com José Carlos Ary dos Santos, Fernando Tordo e Paulo de Carvalho
.Carlo do Carmo é o primeiro português a conquistar um grammy

In Expresso sapo


Parabéns Carlos do Carmo e OBRIGADA. 

Emília Pinto

48 comentários:

  1. Que belo reconhecimento! Linda homenagem! bjs, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Chica. Foi um orgulho para nós portugueses que este grande senhor tenha recebido um prémio tão importante. Ele merece. Beijinhos, amiga e...desculpa a ausência. Em breve far-te-ei uma visita.
      Emília

      Eliminar
  2. Era tempo de lhe reconhecerem o talento.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também concordo, Elvira. E foi bom receber este prémio ainda vivo, pois o costume é premiarem as pessoas depois de se irem para sempre. Obrigada, querida amiga. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  3. Bela e merecida homenagem a um fadista com uma voz ímpar!

    Uma honra para Portugal!

    Beijinhos.

    Lisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sim uma " honra para Portugal " e estavamos mesmo a precisar de um alento para que um pouco de optimismo entre na vida dos portugueses. Um beijinho, Lisa e muito obrigada pela presença. Fica bem, amiga!
      Emília

      Eliminar
  4. Gosto muito de Carlos do Carmo. Os seus fados transportam vida,sonhos de meninos ou as águas do Tejo que se enchem de gaivotas.
    O prémio é merecido.
    Que Deus lhe conceda uma vida ainda com muitos sucessos e que todos nos possamos deliciar com os seus fados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Luis! Fico feliz que tenhas gostado e também concordo que o prémio foi bem merecido. Somos pequeninos em tamanho, mas temos gente de muito valor. Um beijinho e até sempre!
      Emília

      Eliminar
  5. Uma honra para portugal... Contudo quase niguém falou disso. Obrigada por divulgares este feito.

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As noticias boas não dão audiência, Isy. O que interessa é encherem os nossos ouvidos com a maldita crise para que o pessimismo vença e o sorriso fuja do nosso rosto.. Quero agradecer-te a visita aqui ao Começar de Novo e espero que voltes mais vezes. Um beijinho e até sempre.
      Emília

      Eliminar
  6. "Canoas do Tejo" é o meu fado favorito...Canta-a com tanto sentimento...
    Um prêmio bem merecido.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este prémio foi muito bom para Portugal, Marta. Assim, temos finalmente uma notícia boa para que a esperança no nosso país continue. Obrigada, amiga pela visita e até breve. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  7. É um prazer regressar aqui....
    E mais uma vez os parabéns ao Carlos do Carmo...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Isy. É sempre um gosto receber-te. Fica bem, amiga!. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  8. Olá! Sempre tomo boas lições em seu poético blog! abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Ives! Tento fazer o meu melhor aqui neste cantinho e para isso muito contribue o apoio dos leitores amigos que carinhosamente me seguem e comentam. Obrigada, amigo e até breve. Um beijinho e um bom fim de semana
      Emília

      Eliminar
  9. É um prémio merecido a um dos melhores representantes da música portuguesa! Uma grande voz :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Miguel. Muito obrigada pela visita que pela primeira vez fazes ao Começar de Novo. Espero que tenhas gostado e que voltes mais vezes. Irei com certeza conhecer o teu Mar de recordações. Até breve. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  10. COMUNICADO:
    TENHO ESTADO DOENTE
    04.07.2014

    Há cerca de cinco dias fui atacado por uma forte gripe, que mostrou intenções de invadir zonas do meu corpo que não lhe diziam respeito, nomeadamente a zona pulmonar.
    O médico que me tem assistido moveu-lhe guerra feroz, e da refrega saíram dois vencedores: o médico e eu.
    Hoje já tive autorização para me levantar duas ou três horas, e mal pus o pé fora da cama, corri – em sentido figurado, que as forças ainda não dão para correr – “corri” para o computador para estar um bocadinho convosco.
    Espero em breve estar são como um pêro…“Bravo de Esmolfe”– o mais doce do reino *perófico* (de pêro).
    Sei que a palavra não existe, acabei de a inventar… mas é gira, não é? 

    Miguel, o rei perófico

    (AQUI APARECE A FOTO DO REI, QUE POD VER NO BLOG)
    Beijos para as meninas e abraços para os meninos.
    Até breve, até sempre.
    P.S. O meu primo vai-me fazer o favor de levar este comunicado aos blogues amigos, para que não me esqueçam...
    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Miguel. Espero sinceramente que essa gripe te deixe em paz e que depressa voltes aos teus afazeres. O tempo anda muito incerto e depois, claro as gripes aparecem. Um beijinho e obrigada por teres vindo cá avisar. Rápidas melhoras é o que te desejo.Até breve.
      Emília

      Eliminar
  11. Olá, Emília
    Sou fã de Carlos do Carmo acho que desde sempre :)))
    Há muitos anos fui ao Faia, onde o ouvi cantar, tal como a sua mãe, Lucília do Carmo.
    Foi uma noite memorável.
    Considero mais que justo ter-lhe sido atribuído este grammy
    Parabéns, Carlos do Carmo!
    E parabéns, Emília, por esta homenagem.

    Bom fim de semana, querida amiga.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi muito bom esse prémio, não só para ele, mas também para Portugal. Andamos todos muito desanimados com a situação do nosso país e notícias como estas animam-nos. Afinal o nosso fado merece. Obrigada, Mariazita e muito obrigada pelas palavras sempre carinhosas. Um bom fim de semana. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  12. Uma homenagem mais que merecida e o reconhecimento internacional para quem dignifica de uma forma invulgar o nosso património imaterial.
    Na sua biografia vê-se que consolidou o que foi aprendendo . A paixão pelo que faz, criou as raízes necessárias para se estendessem pelo mundo da arte.
    Uma honra, sim
    Obrigada querida amiga por recordar esta homenagem
    beijinhos meus! **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Manuela. Fico sempre muito contente quando agrada aquilo que publico. O nosso fado já é reconhecido mundialmente e considerado património imaterial; faltava agora este prémio de reconhecimento a quem sempre contribuiu para que ele fosse tão conhecido e apreciado. Foi um prémio muito merecido e um orgulho para todos os portugueses. Beijinhos, amiga e muito obrigada pelo carinho. Um bom fim de semana. Beijinhos e até sempre.
      Emília

      Eliminar
  13. Olá.

    Sábado de sol. Tardes de entretenimento.
    Meus desejos de um tempo de paz e Saúde.
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, José Maria. Tudo de bom para você também. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  14. OI EMILIA!
    COMO NÃO SE ORGULHAREM, OS PORTUGUESES, DE UM ARTISTA QUE ELEVA O FADO, QUE ACHO LINDO DEMAIS, A NÍVEIS DE INTERNACIONALIDADE?
    PARABÉNS.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nosso país, Zilani, ultimamente tem sido muito maltratado pelos nossos governantes que, dando como desculpas a crise que se abateu na Europa,estão empobrecendo cada vez mais os portugueses. Temos, pelo menos, alguns casos como este que nos fazem olhar para o país com mais optimismo e continuar a ter esperanças de que tudo melhore. Obrigada, querida amiga pela visita e palavras tão carinhosas. Até breve e beijinhos
      Emilia

      Eliminar
  15. Querida Emília

    Adoro ouvir Carlos do Carmo. Desde sempre. Sempre gostei do seu modo diferente de cantar o fado e da voz tão peculiar. Ele tem sido um grande promotor do Fado e da cultura portuguesa. Há tempos ele disse que pararia de cantar quando sentisse que já não seria capaz e que ouviria sempre a opinião dos familiares e amigos. E ainda bem que ainda não parou.

    Em termos representativos, neste momento, é ele que está presente na linha da frente em relação à canção nacional e com o seu contributo ela foi guindada à posição de Património Imaterial da Humanidade. Antes disso, Carlos Saura, espanhol, produziu um filme no qual demonstra o sincretismo que existe entre o fado, o flamenco, a morna, o lundum, fazendo uma viagem memorável por três continentes. Vi o filme e adorei. Nele aparece Carlos do Carmo a cantar tendo como pano de fundo a amada Lisboa.

    Minha amiga, desejo-te uma belíssima semana.

    Bjeijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que ele teve o prazer de receber este merecido prémio e, já que não temos a nossa Amália pelo menos o Carlos do Carmo continua a representar tão bem este pequeno país tão abandonado nestes ultimos tempos. Não sabia da existência desse filme, Olinda e agradeço-te por aqui acrescentares essa informação.É bom quando os blogs, além de serem um entretenimento são também enriquecimento cultural. Obrigada, querida amiga pelo belo comentário e as minhas deculpas por só agora responder. Estive fora uns dias e, claro, o computador não me acompanhou. Mas...no verão é sempre assim, sai-se mais e os blogs descansam. Um beijinho e até breve.
      Emília

      Eliminar
  16. Gostando de fado , teria que gostar de Carlos do Carmo .
    E se algum agradecimento existe , não se prende com um prémio , mas sim com a voz e forma de dizer extraordinárias que este Senhor possui .

    Um beijo , Emilia ,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Maria, mais importante que o prémio é a voz deste Senhor e a sua maneira de ser. Claro que é sempre bom que, pelo menos lá fora, reconheçam o valor de pessoas que muitas vezes nós, portugueses, até criticamos.. Sabe tão bem!!!! Obrigada, Maria e até sempre. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  17. Só temos que sentir orgulho e dar-lhe sinceros parabéns.

    Espero que o reformado de Boliqueime o receba ( assim como a outras pessoas que se têm distinguido) com toda a pompa em Belém, como fez com uns garotos que em vez de jogarem andaram a fazer cortes de cabelo e a fazer-se expulsar, depois de irem até aos EUA em passeio.

    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, São, mas parece-me ter ouvido dizer que esse senhor que mencionas não o recebeu. Até me custa a acreditar, mas...
      Quanto aos outros, digo-te, foram passear e ainda por cima escolheram Campinas, uma cidade que conheço bem( morei lá perto muitos anos); é linda, com um nivel social bom e cujo clima é muito ameno. Assim não se cansaram. Fizeram uma bonita figura!!! Beijos amiga e obrigada.
      Emília.

      Eliminar
  18. Sinal que lá fora não dormem.
    Quantas vezes ouvi este senhor cantar na rádio e os nossos soldados, que combatiam lá por África, como o meu irmão mais velho, adoravam-no!
    Um prémio muito bem entregue
    Beijinho .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Engraçado, cantinho, muitas vezes é preciso que os estrangeiros não durmam para que os nossos " heróis " sejam reconhecidos. Dever-se-ia começar por cá, mas, infelizmente, poucas vezes assim acontece. De qualquer modo, foi um orgulho para todos os portugueses , embora pareça que já tudo foi esquecido, pois nunca mais ouvi falar do assunto. Um beijinho, querida amiga e até sempre.
      Emília

      Eliminar
  19. Adorei quando soube. Nem vejo mais ninguém que o merecesse tanto quanto ele. Além de um bom artista, foi sempre exemplo de hombridade e cidadania.
    Óptima postagem, Emília.
    Gostei muito.
    Beijo.
    maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Maria. Fico sempre muito contente quando vou de encontro aos gostos dos meus amigos. Desculpa a minha ausência, mas brevemente far-te-ei uma visita. Beijinhos e que tudo te corra bem, principalmente no que se refere à saúde, pois é o nosso bem mais precioso.
      Emília

      Eliminar
  20. O fado e o Carlos do Carmo mereciam este prémio há muito.
    Boa semana, querida amiga Emília.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais vale tarde que nunca, Nilson. O fado já tinha sido reconhecido e agora faltava valorizar a pessoa que melhor o representa aqui e lá fora. Um beijinho e muito obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  21. Um prémio de grande mérito.

    Bela homenagem.

    É bom realçar coisas boas porque das más já cansa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto as coisas más já cansam, Pérola, mas mesmo assim continuam a ser notícia. Esta, tão boa e animadora foi " sol de pouca dura "; já ninguém fala disso. Pena!!! Beijinhos e muito obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  22. Boa noite Mila
    Estamos muito Felizes por conhecer seu blog, com muitos textos interessantes eme alta reflexão.
    Estamos com Saudades de você e do Juca.
    Dos seus Amigos Brasileiros - Rejane+Baby+Dyego

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem imaginas a alegria quando vi o teu comentário, Rejane! Fico muito feliz que tenham gostado do meu Começar de Novo e espero que voltem mais vezes. Sabes, depois que se foram a nossa vida ficou muito vazia; sinto falta da vossa companhia e das risadas que davamos no carro, principalmente quanto tentavas imitar o meu português.Fico com a certeza de que a minha lista de amigos aumentou e estou com muitas saudades vossas. Com certeza que sabes pelo Nelson da situação do meu pai, situação essa que nos deixou a todos bastante preocupados. Não sei quando irei aí, mas de certeza que nos veremos. O baby já nasceu? Não te esqueças do prometido e logo que nasça manda uma foto, certo? Diz ao Dyego que o mestre lhe manda um abraço e que promete que para a próxima andará mais devagar. Boa sorte, Rejane para o nascimento do teu bébé e beijinhos para todos. Não se esqueçam que deixaram cá amigos sinceros que estarão sempre ao vosso dispor.
      Mila

      Eliminar
  23. Nós somos do mais incrível que existe! Li há dias, no FB chamar a este Senhor de presunçoso, vaidoso e outros adjectivos terminados em oso...
    Sempre gostei de ouvir cantar Carlos do Carmo porque, além da sua voz, pronuncia em bom português, palavra por palavra. Foi uma honra merecida este Grammy que gratifica a sua carreira e ao nosso país, tão falho de valores, o colocou na ribalta.
    Aos maldizentes pergunto-lhes se temos assim tanta coisa para nos orgulharmos... De um governo asqueroso? De uma crise que o Zé Povinho não procurou? De um país a soldo da senhora Merkle? Dos jovens convidados a emigrar? Dos cortes (sem costura...) nos nossos baixos salários?
    Realmente, somos pobres e mal agradecidos...
    PARABÉNS Carlos do Carmo e deixa falar os invejosos porque "Por morrer uma andorinha, não acaba a primavera"
    Beijos e bom fim de semana.
    Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Graça, estamos numa época em que só coisas más acontecem e quando há alguém capaz de nos dar algum optimismo, colocando o " nosso país na ribalta " ainda criticam. De facto somos" pobres e mal agradecidos " e, por incrivel que pareça a notícia foi dada e nunca mais se falou nesse assunto o que prova que,o exemplo, neste caso mau, já vem de cima. Foi a 1ª vez que ganhámos um grammy, mas parece que é uma coisa rotineira e sem qualquer valor. Ou ando muito distraída ou pouco mais se falou no caso. Que tristeza, amiga! Mas, é como bem dizes, o que importa é que o Carlos do Carmo teve o que mereceu e quem o critica é mesmo um bando de invejosos. Obrigada, graça pelo carinho e brevemente te farei uma visita, pois tenho andado um pouco ausente.. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  24. No “DEUSA” respondi assim ao teu comentário:


    Miguel26 de Junho de 2014 às 22:56

    Olá, Emília
    Ainda bem que gostaste desta visita em que me serviste de companhia, assim como das fotos expostas.
    Vir a Itália e ver pouco é… um crime de lesa…Itália. Concordo, precisas de voltar. Mas vem com bastante tempo…
    Tudo de bom para ti, e até sempre.
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Miguel. Sei que tenho de voltar a Itália, mas, como há muitos países dos quais não tenho sequer uma ideia, terei que visitar esses primeiro, não é verdade? Gosto muito de viajar, mas não se pode conhecer tudo. Há que esperar!!! Volta sempre, amigo! Um beijinhos
      Emília

      Eliminar