terça-feira, 1 de outubro de 2013

O HOMEM....





... materializou-se e corrompeu-se

Que tem feito a sociedade há três séculos a favor da parte moral do homem? Nada! Querer iluminar o homem, tirar-lhe ilusões. E tiradas essas ilusões, que sucedeu? O homem materializou-se, e a sociedade corrompeu-se. Vejamos que progressos materiais obtivemos nesses três séculos: obtivemos as aplicações do vapor, a química fez passos de gigante, as ciências naturais chegaram quasi à perfeição, os resultados científicos e artísticos simplificaram-se, inventou-se o galvanismo, o telégrafo eléctrico, a fotografia, desapareceram as distâncias, o comércio reina dominador sobre todos, somos engolfados em prosperidade material, e ao mesmo tempo somos muito infelizes.

 Dom Pedro V, in 'Escritos de El-Rei D.Pedro V'


E o progresso material foi aumentando cada vez mais e nada ou muito pouco se alterou na parte moral do homem. Se já assim pensava D. Pedro V, como podemos continuar a ter esperanças de que as atitudes do ser humano mudem? É muito difícil!!!

Emília Pinto

35 comentários:

  1. O mal destas citações é que passam-se os séculos e elas continuam como se tivessem sido escritas na atualidade.
    Um abraço e tudo de bom para si

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, Elvira, tudo muda, mas a mentalidade do se humano continua a mesma. Penso que só quando acabar o dinheiro o homem começará a pensar um pouco mais na ética e na moral. Bem....penso, mas se calhar se voltassemos ao tempo das trocas haveria sempre alguém a tentar passar o outro para trás.. Não percebo...parece-me que cada vez estamos piores, amiga! Um beijinho e obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  2. Portugal encalhou numa qualquer curva do tempo e estas considerações escritas - algumas há séculos (estou a referir-me precisamente à Carta de Bruges enviada a D. Duarte por seu irmão Pedro, o das Sete Partidas)- continuam tão actuais como se escritas hoje de manhã.

    Abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Naquele tempo, São, só havia curvas e caminhos muito tortuosos e é natural que Portugal tivesse encalhado numa dessas curva, mas agora temos belas autoestradas e é muito fácil caminhar em frente...direitinhos e, sem atropelar os outros. É impressionante como escritos há tantos séculos continuam textos tão actuais. Obrigada, amiga e fique bem! Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  3. O progresso material aumenta e o moral diminui e não há "auto estrada" que nos salve!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que temos vindo a ver parece mesmo que não há nada que nos salve. Mudam-se os tempos, mudam-se as idades, mas não as mentalidades o que é uma pena, Lisa. Beijinhos e, apesar dos pesares, vamos lá...mantendo ,pelo menos umas esperançazinhas. Até sempre e muito obrigada, amiga!
      Emília

      Eliminar
  4. Assim são as sociedades, altos e baixos. Hoje mesmo ouvi sobre as reformas nos EUA. Nao eram animadoras.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não são animadoras, nem nos Estados Unidos nem no resto do globo. Está tudo " de pernas para o ar " ou como diz o brasileiro " de ponta cabeça" Muito obrigada, Sissym e fique bem! Beijinhos e volte sempre!
      Emília

      Eliminar
  5. Não sei se a política de massificação do ensino e a confiança cega no progresso ajudam todo e qualquer homem, tanto hoje como ontem...
    Beijinhos.
    maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que não ajudam, Maria! O progresso continua e cada vez mais o Homem corre atrás dele, mas não o vejo mais feliz por isso, antes pelo contrário. Obrigada pela presença sempre carinhosa. Beijinhos e até breve na tua casa..
      Emília

      Eliminar
  6. Vamos esperar que escolham o caminho do bem e não o da corrupção que já temos demais!! beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ´Só nos resta continuar com esperança, embora não acredite muito, pois, como se vê, há séculos que os homens reclamam por mais morar, ética e honestidade. Tudo permanece igual, amiga! Que bom que está na praia!!! Aqui o Outono chegou e agora começará a vir o frio que detesto. Mas...tenho de o aguentar!. Obrigada pela visita e boa praia! Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  7. Curioso ver como a vida se repete - o avanço da tecnologia, mas as mentalidades continuam iguais..
    Obrigada pela visita..
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Curioso e desanimador, Marta! Em certos aspecros parece até que se regrediu. Tendo em conta a formação que há hoje tinhamos a obrigação de sermos seres humanos muito melhores, mas...isso não acontece e é com tristeza que o temos de admitir. Um beijinho e é sempre muito bom ver-te
      por cá.
      Emília.

      Eliminar
  8. Pena que esta citação ainda tenha efeito nos tempos de hoje, sinal que pouco evoluímos.

    Pena não nos termos encontrado quando cá veio, esperemos que numa próxima?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo uma pena, pois acho que não teria sido difícil tomarmos um cafezinho juntas, mas...ficará para uma próxima. De facto, é triste vermos que nada evoluimos na nossa maneira de SER. O ter continua a mandar muito mais e o resultado é a corrupção cada vez maior. Da maneira como muitos dos nossos jovens estão a ser educados, confesso que tenho medo que em relação aos valores éticos a situação piore. Um beijinho, Rita e obrigada por estares sempre presente.
      Emília

      Eliminar
  9. Verdade! Se já D. Pedro V já dizia assim, se cá estivesse diria o mesmo mas com mais condimentos!
    E vamos dar ao mesmo caminho que o homem procura mas que aqui não encontra . Uma eterna insatisfação onde se perdem os valores essenciais tão importantes para uma vida que tem que ser partilhada e sociedade com respeito mútuo. Que haja prosperidade mas que não se esqueça o passado em que ela se apoia. Nada nasce sem um sustentáculo!
    Um grande abraço querida amiga Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei do teu " com mais condimentos,", Manuela. Agora as " artimanhas" são mais elaboradas...mais condimentadas, feitas com mais perfeição para que seja mais difícil a sua descoberta; claro, há novas tecnologias que também nisso ajudam bastante. No que elas não têm ajudado nada é na busca da felicidade, pois o homem, por mais que tente não consegue encontrá-la.. " Que haja prosperidade ", mas que seja sempre uma prosperidade partilhada, solidária. Só assim conseguiremos o sossego...a paz de espírito e a satisfação pessoal que tanto ambicionamos.Temos que ter em conta O OUTRO, respeitando-o sempre!. Um beijinho, amiga e obrigada pelo comentário sempre tão assertivo. Boa noite e até sempre!.
      Emília

      Eliminar

  10. Querida Emília

    A imagem é bem assertiva e depende de nós, realmente, com o nosso livre arbítrio, escolher o caminho que queremos e devemos seguir.

    As palavras de D. Pedro V mostram-nos que, infelizmente, o tempo parece não ter passado. O progresso, a descoberta de tantas coisas que nos facilitam a vida não nos trouxe o melhoramento em termos morais de que necessitávamos. Contudo, é bom verificar que há sempre excepções, há pessoas que conseguem fazer a diferença com a sua forma de estar na vida. E é na fé de que a sociedade dos homens tem fundamentos para se salvar que continuaremos em frente.

    Haja Esperança! :)

    Minha amiga, mais um excelente texto que nos conduz à reflexão! Muito obrigada.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Olinda pelo belo contributo a este pequeno " debate " Temos sempre o poder de escolha e seguimos o caminho que quisermos. Há gente maravilhosa por esse mundo afora, os nosso heróis anónimos que lutam e trabalham para uma sociedade regida pela ética e bons costumes. É sempre com muita satisfação que olho para muitos dos nossos jovens e os vejo seguindo em frente, apesar das dificuldades, prezando esses valores e fazendo de um tudo para que o futuro seja diferente. São fruto sempre da educação e do exemplo que lhes damos. Costumo dizer que, apesar dos pesares, ainda o bem se sobrepõe ao mal e que há seres humanos fantásticos em muito maior número do que os outros que não valem nada. E é baseada nessa minha crença que continuo a acreditar que há motivos para termos esperança.Querem a todos o custo que a percamos, mas, se cada um de nós fizer a sua parte, dando o exemplo e educando , com certeza que as coisas vão melhorar. Temos como primeira prioridade a formação dos jovens e cabe a cada um de nós cuidar deles e cuidar significa prepará-los para a vida tendo como princípio de que o bem deles depende do bem dos outros e para isso têm de caminhar sempre de mãos dadas com os outros. " Haja Esperança ", Olinda! Fica bem, amiga e volta sempre, pois gosto muito de te ter por cá.
      Beijinhos carinhosos
      Emília

      Eliminar
  11. Incrível como depois de séculos a temática é a mesma _ a matéria acima de tudo e o 'homem' tomando caminhos escusos.
    Obrigada pelo texto tão oportuno meninas kiridas,
    muitos abraços _ que a esperança de mudanças concretas se concretize ainda diante de nossos olhos.Será? rs
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não sei, Lis, se grandes mudanças se operarão diante dos nossos olhos, mas pelo menos temos com certeza o gosto de ver " diante dos nossos olhos " jovens fantásticos que ajudámos a formar e que são o nosso orgulho. Todos conhecemos casos de pessoas que trabalham para uma sociedade livre de corrupção que se preocupe mais com a ética e os valores morais. Já vimos muitas transformações boas e por isso há que manter a positividade e a esperança. Se não o fizermos viveremos sem alegria e isso piora a situação. Obrigada, amiga pelo teu contributo a esta reflexão e volta sempre! Fica bem e até sempre!. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  13. Hó minha amiga , queria tanto ter fé na humanidade, mas está a ser tão difícil .
    Tudo que implique poder sobrepõe - se à ética .
    O que nos resta é ter esperança num porvir .

    Um beijo , Emilia ,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É Maria, infelizmente o poder e a ansia de ter cada vez mais se sobrepõem à ética, mas, como já acima disse, temos que nos juntar àqueles que anonimamente fazem de tudo para melhorarem as coisas e seguirmos em frente dando o exemplo, capacitando assim os nossos jovens para a construção de uma sociedade mais justa e solidária. Um beijinho, Maria e obrigada pelo carinho. Fica bem!
      Emília

      Eliminar
  14. Tem razão amiga é difícil os comportamentos mudarem. E faltam-me poucos
    minutos(penso)para os nossos governantes nos virem assustar mais.Às 18h.
    Irei colocar mais poemas da Maria Petronilho, que tem imensa poesia escrita
    e fa o favor de ser minha amiga.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não conheço esses novos sustos que com certeza virão, Irene. Fui ver o Mordomo ontem à noite e não vi as notícias, mas chega-me ouvi~las hoje durante todo o dia e toda a noite. O filme é muito bom, adorei!. Quanto ao que me dizes sobre o post,, na realidade muito pouco se tem alterado nas mentalidades e a esperança começa a desaparecer. Um beijinho e, claro, irei conhecer mais poesia da tua amiga. Obrigada pela visita e fica bem.
      Emília

      Eliminar
  15. Olá, bom dia, Emilia e Herminia

    Hoje, é sábado. Na minha Sampa, estamos na Primavera. Tempo de frio e ventos, tudo juntos e misturados. Mas, certamente não falta o aquecimento humano em quaisquer lugar, onde encontra-se uma Alma, amiga e admirável.
    Por isso, desejo-te, um fim de semana bom. Com alegrias e contentamentos mil.
    Além do meu Sentimento de Amizade. Saúde e Paz. Estou te esperando, para falarmos do " tempo", lá na minha página.
    Um abraço, do tamanho dos seus sonhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom logo ao começar o dia " ouvir " palavras tão simpáticas. Tempo é um tema que dá " pano para mangas " e gosto dessa palavra. Por aqui estamos no Outono que ainda nos vai brindando com um lindo sol e temperaturas boas. Mas....não será por muito tempo. Não gosto de frio,, pois ele faz com que nos " enfiemos " em casa e o convívio entre as pessoas, que já não é muito, diminui bastante.. Irei com certeza a tua casa para uma boa conversa. Um beijinho e um bom fim de semana. Obrigada pela visita
      Emília

      Eliminar
  16. O Homem materializou-se e corrompeu-se. Infelizmente assim é.

    Bom domingo, amigas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fá! É bom ver-te por cá, amiga! Infelizmente o dinheiro tem um poder enorme sobre o ser humano que esquece tudo o que de bom tem para ter mais uns trocos no bolso; no fim, deixa cá tudo. Um beijinho e muito obrigada pela visita. Fica bem e até sempre.
      Emília

      Eliminar
  17. Em relação ao mini automóvel, quando tínhamos essa idade, tudo era belo como um mini cor de ferrari. Sonhos da vida antiga.
    O dinheiro não nos leva a lado nenhum, ficamos sempre no mesmo.
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Manuel esse carrinho para nós era como um ferrari e quantos sonhos colocámos dentro dele, amigo!Parece-me que não haverá pessoas da nossa idade que não se lembrem dele com saudades. Naquele tempo o dinheiro era muito pouco, às vezes não dava sequer para ter um mini, mas creio que o ser humano era mais feliz. Havia mais convívio com os amigos, mais amizade entre vizinhos, mais contacto com a natureza; agora temos os tablets, os telemóveis de última geração os face books e muita solidão à mistura. Pena, mas é assim! Obrigada, amigo pela visita e volta mais vezes . Brevemente aí me terás para um passeiozinho de mini! Um beijinho e fica bem!
      Emília

      Eliminar
  18. OI EMÍLIA!
    VERDADE, TUDO EVOLUIU, MAS QUANDO NOS DEPARAMOS COM ATITUDES DE PESSOAS QUE DEVERIAM SER COMPROMETIDAS COM O BEM E COM A ÉTICA, ME REFIRO PRINCIPALMENTE AOS POLÍTICOS, NOS DAMOS CONTA QUE ESTES EM SUA MAIORIA, NÃO O FIZERAM, TORNANDO O POVO REFÉM DE SEUS DESMANDOS.
    MAS, AMIGA, A ESPERANÇA DE DIAS MELHORES TEM DE SER CULTIVADA POR NÓS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, Zilani, embora nos custe a acreditar que as mentalidades mudem, temos de continuar a ter esperanças, porque se desanimarmos e não fizermos a nossa parte, aì sim, tudo ficará igual. Quanto aos políticos, eles estão lá porque os elegemos, mas o pior é que hoje em dia não há verdadeiros líderes e por mais que tentemos não encontramos gente honesta para nos governar. Um beijinho, amiga e obrigada pela visita. Fica bem. Um beijinho
      Emília

      Eliminar