quarta-feira, 9 de novembro de 2011

ENSINANDO CAVALO A VOAR













Um velho rei da Índia condenou um homem à forca.
Assim que terminou o julgamento, o condenado pediu:
“Vossa Majestade é um homem sábio, e curioso com tudo que os seus súditos conseguem fazer. Respeita os gurus, os sábios, os encantadores de serpentes, os faquires. Pois bem: quando eu era criança, meu avô me transmitiu a técnica de fazer um cavalo branco voar. Não existe mais ninguém neste reino que saiba isto, de modo que minha vida deve ser poupada”.
O rei imediatamente mandou trazer um cavalo branco.
“Preciso ficar dois anos com este animal”, disse o condenado.
“Você terá mais dois anos”, respondeu o rei, a esta altura meio desconfiado. “Mas se este cavalo não aprender a voar, será enforcado”.
O homem saiu dali com o cavalo, feliz da vida. Ao chegar em casa, encontrou toda a sua família em prantos.
“Você está louco?”, gritavam todos. “Desde quando alguém desta casa sabe como fazer um cavalo voar?”
“Não se preocupem, porque a preocupação nunca ajudou ninguém a resolver seus problemas”, respondeu ele. “E eu não tenho nada a perder, será que vocês não entendem? Primeiro nunca alguém tentou ensinar um cavalo a voar, e pode ser que ele aprenda. Segundo, o rei está muito velho, e pode morrer neste dois anos. Terceiro, o animal também pode morrer, e eu conseguirei mais dois anos para treinar um novo cavalo. Isso sem contar a possibilidade de revoluções, golpes de estado, anistias gerais. Finalmente, se tudo continuar como está, eu ganhei dois anos de vida, onde posso fazer tudo o que tenho vontade: vocês acham pouco?”






(Paulo Coelho)




Ps. Quantas lições se tiram daqui? Tantas!!!!!!!!!!!!!!!!! A primeira está mais do que certa, preocupação não resolve problema a ninguém pelo contrário ,atrapalha ainda mais... mas é tão dificil de gerir!..






Herminia





























36 comentários:

  1. Um condenado cheio de imaginação e de vontade de viver.
    Alguém que diante das dificuldades não cruzou os braços. Lutou e ainda que possa perder nunca perde tudo. Ganhará mais do que o medo de morrer sem lutar.

    ResponderEliminar
  2. É, Hermínia, se quisermos, se tivermos fé e acreditarmos de facto nas nossas capacidades, seremos capazes até de fazer um cavalo voar. Um beijinho e parabéns pelo texto. Até...
    Emília

    ResponderEliminar
  3. Olá às duas.

    A força de vontade e fé movem montanhas.

    Infelizmente sofro por antecipação.O problema ainda vem longe e já estou ansiosa. Sofro em duplicado e muitas vezes para nada.

    Bem que tento mudar!!!

    Adorei o texto.

    Bjs.

    Elisa








    ­

    ResponderEliminar
  4. Seja muito bem vinda ao meu jardim!!!

    Um beijo da Nita.
    De boa manhã!

    ResponderEliminar
  5. Oi Luis!
    Quanta imaginação perante tremenda situação!
    Pés na terra e raciocinio rapido!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  6. Oi Emilia!
    Mais uma vez se vê o poder da mente!
    Aqui nada havia a perder só a ganhar, muitas situações como esta se deparam, mas os braços caem e seja o que Deus quizer.
    Até breve e espero!
    Herminia

    ResponderEliminar
  7. Oi Lisa !
    Gostei do conto!
    E dá-nos para pensar, tantas situações como esta se deparam quase todos os dias e este homem deu a volta, ensinsanos, vale sempre a pena!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  8. Oi Nita!
    O Nosso blog, será o seu canto sempre que quiser.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  9. Boa Noite

    Belo conto, retratando um pouco o poder da mente (fé) e ao mesmo tempo o da imaginação e desembaraço. O que por vezes nós pretendemos, é salvar do que nos possa suceder e, quanto mais tarde melhor!!!

    Abraços
    Até Breve

    ResponderEliminar
  10. Emilia e Herminia
    as estrelas como nós quereriam um mundo melhor mas os homens só querem poder e não olham a meios para terem os fins que sonham
    assim ´o mundo será sempre...desigual~~


    um beijinho no vosso coração

    ResponderEliminar
  11. Querida Hermínia

    Adorei este texto e as lições que ele nos transmite.Sim, para quê preocuparmo-nos em demasia se há coisas que não podemos controlar, precisamente as que o homem do conto enumera?

    Assim sendo, mais vale apreciarmos as pequenas-grandes coisas da vida, procurando tirar partido das nossas capacidades e dentro da nossa esfera contribuirmos para um mundo melhor.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  12. Oi Isa!
    Mente fertil.Em breve segundos deu a volta à sentença, pelo menos adiou o que... nem problema poderá vir a ser.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  13. Oi África!
    Tem razão, há muitos pontos de vista neste adiar,....
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  14. Oi Olinda!
    Quando nada se tem a perder, porque não jogar?
    Neste jogo não prejudicou ninguém,solvou a sua pele!
    Por aqui também se chega à conclusão, quantos subditos não são mais ageis do que o rei?
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  15. Se a imaginação demasiado fértil nos pode levar a sonhos intransponíveis, a razão sempre aconselha, com lições de sabedoria.
    Ótimo, Emilia/Herminia
    Bom domingo

    ResponderEliminar
  16. Boa noite, tudo bem?
    Adoramos o post e o conteúdo do seu blog :)
    Dá uma passadinha no nosso, acabamos de postar uma resenha sobre os produtos da Novix.
    Se gostar do nosso cantinho, siga-nos!
    Um beijo e bom final de semana!

    ResponderEliminar
  17. Queridas amigas,

    Sou apaixonada por contos principalmente quando têm um fundo didáctico.

    Beijinho e bom Domingo, apesar do meu tempo.

    ResponderEliminar
  18. Oi Manuela!
    Comentário oportuno.Situação há que a imaginação ´ww a alma do negócio, assim nos dá a lição.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  19. Oi equipeloveme"!
    Obrigado por ter vindo e gostado.
    Passaremos no seu blog!
    Até brve
    Herminia

    ResponderEliminar
  20. Oi Ná!
    Somo duas a gostar de contos!
    Bomm conteudo ..nada maçador, aprende-se a lição e pronto ...a embrulhar!
    Aé breve amiga. e para acompanhar esta semana teremos uma chuvinha, que também estava a fazer falta!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  21. Lindo texto do Paulo Coelho. A nossa imaginação é dotada de lições muito boa, e nós ensina muito. Beijos amiga e ótima semana.

    ResponderEliminar
  22. É preciso lutar, até ao fim...porque ganha-se sempre alguma coisa.
    Uma história bonita, parecida com a nossa de Frei João sem cuidados que vinha no nosso livro da primária!! Gosto desta espécie de contos que nos transmitem sempre uma lição de moral!

    Beijocas.

    Graça

    ResponderEliminar
  23. Adianta pedir desculpa, por não comentar mais vezes:)?
    Mas passo sempre aqui!
    Abraço

    ResponderEliminar
  24. Oi Smareis!
    Obrigada pela sua visita!
    Gosto dos contos do Paulo Coelho, há sempre alguma coisa que nos prende.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  25. Oi Graça!
    Estamos sempre em sintonia!
    Gosto dos seus contos ,das suas recordações, que não andam lá muito longe das minhas.
    Obrigada e volte.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  26. Oi Alvaro!
    Eu não passo pelos blogs...
    Quando vou deixo o meu "oi " e "escrevinho" o que me vai na alma.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  27. Boa tarde Amiga
    Vim agradecer a sua visita ao meu cantinho, obrigada pelo seu carinho, assim que estiver mais forte voltarei para te ler e comentar.
    Tenha um lindo dia
    Com carinho
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  28. Oi Hermínia e Emília!
    Não sei se teria toda essa sapiência e a coragem desse homem...
    Talvez o rei até tenha sido misericordioso com ele.
    Tenho muitas preocupações. Muitas.
    Mas para que se descabelar se os problemas virão? Por que não dar uma chance a si mesmo, e parar de se transtornar? Deixemos então que uma réstia de alegria, luz e suavidade venha sobre nós.
    O importante é não perder as rédeas desse "cavalo voador"
    Um fraterno abraço e um beijo a vocês duas.

    ResponderEliminar
  29. ola amiga linda história !!! um lindo dia

    ResponderEliminar
  30. O importante é que enquanto o cavalo aprenda ou não voar são mais dois anos de vida. Como se vê o tempo é precioso, principalmente, quando se tem os dias de vida contado.

    Bj

    ResponderEliminar
  31. Olá queridas Mila e Herminia. Estou a um tempo afastada de quase tudo por conta do câncer que tem me tirado um pouco a alegria, o humor e a paciencia. Estou por aqui lutando como posso com este gigante que não quer adormecer para que eu possa ter um pouco de sossego. Falei ontem do tempo no blog foi mais um desabafo para que amigas (os) possam entender um pouco a ausencia.
    Preciso de um Rei e uma chance para ensinar o cavalo a voar.
    Abraços Apertados Brasileiros

    ResponderEliminar
  32. OI Maria Alice!
    Em meu nome e em nome da Emilia agradecemos a sua visita.Estará de volta quando quiser, e esperamos que os seus problemas em pouco tempo sejam resolvidos.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  33. Oi António!
    É certo ,mais do que certo que nem sempre os pensamentos são positivos, há um nuvem cinza, que a transformamos em preta bem escura, lutamos, temos força, mas por vezes cai.
    Mas, como se vive na Esperança, há uma busca, e talvez o cavalo possa voar!
    Até breve em meu nome e da Emilia
    Herminia

    ResponderEliminar
  34. Oi Jesus.
    Agradeço a sua visita e ter gostado do conto.
    Volte e até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  35. Oi L.Araujo!
    É bem verdade que a Esperança é a ultima a morrer! Vive-se sempre.
    Até breve e volte.
    Herminia

    ResponderEliminar
  36. Oi Rô!
    É bom vê-la por aqui!
    Concerteza que a Emilia lerá este seu comentário e irá ficar feliz por ter vindo!
    Pois Amiga, atrás duma nuvem negra ,o sol espreita!
    Vai continuar na sua luta ,vai continuar na sua esperança, nada é previsivel, nada é impossivel, a ciência não é matemática, toda a lei tem várias interpretações, que mais lhe posso dizer?
    Que torcemos bem por si , e que a Emilia bem a espera!
    Amiga o "cavalo vai voar"!!!!!!!!!!!!!!!!
    Beijinhos e até sempre
    Emilia e Herminia

    ResponderEliminar