terça-feira, 29 de novembro de 2011

AQUI ESTÁ A RESPOSTA!


Robert Happé nasceu em Amsterdã, Holanda. Estudou religiões e filosofias na Europa e dedicou-se desde então a descobrir o significado da vida. Estudou também Vedanta, Budismo e Taoísmo no Oriente durante 14 anos, tendo vivido e trabalhado com nativos de diferentes culturas de cada região onde esteve - Índia, Tibet, Camboja e Taiwan.

Em seu retorno à Europa, sentiu necessidade de compartilhar o conhecimento adquirido e suas experiências de consciência. A partir daí, trabalhou em várias universidades, e tem trabalhado continuamente com grupos de pessoas interessadas em autoconhecimento e desenvolvimento de seus próprios potenciais como seres criadores.

Desde 1987 vem compartilhando informações em forma de seminários e workshops em países da Europa, na África do Sul, nos EUA, na Austrália, e no Brasil.

Seu trabalho é independente, estando desvinculado, sob todo e qualquer aspecto, de organizações religiosas, seitas, cultos e outros grupos.




Foi através da minha amiga Isabel, do blog inescrever.wordpress.com, que tive conhecimento deste video. Achei-o fantástico! Obrigada, Isabel!

Espero que gostem

Emília






53 comentários:

  1. Bom dia
    Penso que este Senhor assim como muitos outros que dedicam a sua vida ao estudo das correntes religiosas são seres especiais.

    Depois de tantos conhecimentos sentem o desejo de os comunicar ajudando esta sociedade a encontrar respostas para este mundo e esta vida.

    ResponderEliminar
  2. É isso, Luis, precisamos muito destes seres especiais que nos ajudem a ter esperança num mundo melhor onde os afectos sejam a base de tudo. Obrigada pela visita. Um abraço
    Emília

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, querida Emília

    É isso mesmo, perdemo-nos nos caminhos da vida e, neste momento da nossa evolução, encontramo-nos numa encruzilhada. O que fazer?

    O progresso, tudo o que conseguimos ao longo de milhões de anos, parece agora virar-se contra nós. Vivemos em função de bens exteriores, endividamo-nos para isso, e esquecemos a nossa essência de seres talhados para o amor.

    Uma das coisas importantíssimas que disse o Entrevistado é que todos nós queremos ser amados, mas esquecemo-nos da forma de o conseguir e de o manter. Esquecemos que é preciso dar o primeiro passo e focarmo-nos nas coisas simples simples que temos à nossa volta e das quais fazemos parte.

    Tema para reflexão e para pôr em prática,cada um no seu círculo de familiares e de amigos. Só assim conseguiremos 'Começar de novo'.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  4. Um tema urgente que requer de todos nós a máxima reflexão. Todos gostam de afectos, mas parece que já ninguém se lembra como se distribui esses afectos, esses actos de carinho que devem estar presentes em cada acção do nosso dia a dia; seria tudo mais fácil e até sob o aspecto financeiro, penso que se conseguiria uma maior produtividade se houvesse mais respeito e carinho entre os vários interveniente. Muito obrigada, Olinda, pelo belo comentário. Fique bem, amiga e até breve.
    Emília

    ResponderEliminar
  5. Emília e Ermínia.
    Sempre tive um fascínio pelo assunto religiões.
    Confesso que já fui adepto de algumas.
    Hoje, procuro praticar religião, de uma forma livre e sem rótulos.
    Mas é uma opção. E sou feliz.
    Este senhor, creio que chegou num patamar em que religião para ele é isso: Comunhão! Independente de credos, ou confissões.
    Pois acima da capacidade intelectual está a capacidade de reconhecer que nenhuma verdade é absoluta. Ter humildade em admitir seus próprios erros, mesmo que isto represente situações adversas, é digno e nos aproxima das outras pessoas. Ser arrogante, JAMAIS. Infelizmente muitos não assimilam o real significado das palavras do Cristo, de Gandhi, ou de Sidarta Sakiamuni Galtama, o Buda.
    Desde já deixo-vos um fraterno e afetuoso abraço e um beijo em vossos corações.

    ResponderEliminar
  6. Sabe, António já há muito que deixei de me importar com o nome dado às religiões; para mim o importante é a mensagem transmitida e não o rótulo de quem a transmite. Gosto muito de saber sobre religiões e para mim todas são válidas desde que saibam transmitir aos homens conceitos como fraternidade, solidariedade e amor a nós mesmos e aos que nos rodeiam. Já dizia um padre que nunca mais esqueci, no colégio de freiras onde estudei: " para se ser santo não é preciso fazer milagres, é sim necessário cumprir o nosso dever no nosso dia a dia", Eu deveria ter uns 15 anos quando ouvi isto, mas ficou-me para sempre. E é assim que eu tenho tentado fazer; é claro que nem sempre consigo, mas aos poucos chego lá. Adorei o seu comentário, António! Muito obrigada pela partilha das suas opiniões sobre o assunto. É esta troca de experiências, de emoções, de ideias que me agrada no mundo dos blogs.Que tenha sempre momentos felizes no seu dia a dia é o que lhe desejo. Um abraço e até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  7. Olá Emília

    Belíssimo texto.

    Enquanto a maioria viver em função dos bens materiaias e os morais forem postos de lado continuaremos a afundarmo-nos.

    Bjs.

    Estou num momento complicado da minha vida. Virei uma página, mas breve terei tudo organizado. Mal possa, entro em contacto com a Emília para nos revermos.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  8. Ainda bem que gostou, Lisa. Tem alturas na vida em que temos de virar a página e olhe, eu também ando a necessitar de virar uma; espero conseguir depressa, pois já estou cansada de a ler. Espero que logo logo nos possamos encontrar. Um beijinho e muito obrigada pela visita.
    Emília

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde, Emília
    Este vídeo é muito bom. Gostei muito da entrevista.
    Logo no início há umas frases que considero muito importante:

    "Eu percebi que todas as pessoas são iguais
    Todas elas querem amar e todas querem ser amadas
    Mas isso não é o que está acontecendo..."

    De facto... há muita falta de amor no mundo.
    E, tal como diz Robert Happé, não é porque as pessoas o não queiram, já que elas até desejam amar e ser amadas.
    Mas... a tudo isso sobrepõem-se os interesses económicos, geradores de guerras e malquerenças, e os desentendimentos entre os povos tornam-se intransponíveis.
    Aí surgem os ódios, e o Amor sai vencido.

    Mas... o meu amor pelos meus queridos blogs amigos não vai esmorecer nesta pausa forçada que estou fazendo, com pequeninos intervalos - como explico no meu último post.

    Desejo, pois, tudo de bom, e até sempre, querida amiga.
    Beijinhos

    PS - Também eu me interesso muito por religião - embora não pratique nenhuma (praticando todas...).
    Para apreciar até onde vai o meu interesse pelo assunto... digo-lhe que até li «Maomé, a palavra de Alá» que, certamente, não despertará o interesse da maioria das pessoas...
    + 1 beijito

    ResponderEliminar
  10. .Oi Emilia
    Gostei da entrevista do Senhor Robert.
    Depois de contactar com tantos povos de ter estudado religiões, chega``a conclusão, que deve haver união pelo amor.
    Foi assim que me ensinaram, desde miuda, foi assim que rezei, pelos entendimento dos povos~
    Depois quando cresci é que vi o porquê de toda essa reza.
    A parte material fala bem mais alto e por mais que implore o mundo continua subjugado ao poder do dinheiro.
    É pena ,que assin seja1
    Até breve
    Herminia








    .

    ResponderEliminar
  11. Olhe Mariazita, Maomé foi um profeta que como Jesus e outros deixaram mensagens de amor a serem seguidas. Os que seguem este ou qualquer outro nem sempre se comportam segundo os ensinamentos e aí aparecem os extremismos, seja ela a religião que for. Para mim, como já disse acima não me interessa a religião, mas sim a mensagem transmitida. Claro que não pode esmorecer por causa dessa pausa que tem sido obrigada a fazer; os blogs fazem-nos muito bem, pois esta troca de ideias e experiências nos enriquecem muito. Muito obrigada, Mariazita, pela partilha das suas ideias e espere-me, pois irei visitá-la brevemente. Um beijinho e espero que esteja a melhorar para voltar com força à nossa companhia
    Emília

    ResponderEliminar
  12. Assim é Hermínia! O lucro é a preocupação maior da nossa sociedade e enquanto isso não mudar vamos continuar em crise, não só financeira, mas também de relacionamentos. É que sem o amor, sem a tolerância, sem o respeito pelos outros, nada funciona. Escusamos de ter Esperança num mundo melhor se os conceitos do ser humano não se inverterem. Dizem que as crises tem sempre o seu lado bom e espero que esta sirva, pelo menos, para que as consciências mudem. Um beijinho e obrigada pelo comentário. Até breve.
    Emília

    ResponderEliminar
  13. Uma exemplar entrevista a mostrar como todos pensamos mais em nós que no próximo, e assim se poderá tirar as devidas conclusões, quer seja o DEUS em que se acredita, em todas as crenças existiram divergências e guerras. Há que pensar na União e Paz dos Povos, em vez de ser Deus ou Buda...!!

    Abraços
    Até Breve

    ResponderEliminar
  14. Também penso assim, Isa. Em todas as crenças existem divergências e até guerras, precisamente por essa falta de amor, que se traduz em fanatismos e desrespeito pelas opiniões dos outros. Não importa se é Deus, Alá ou Buda; o que interessa é a união de todos os homens como qualquer uma dessas divindades nos ensina.Se todos assim pensassem o mundo seria muito mais colorido. Muito se mata em nome das religiões quando em todas elas se prega precisamente o contrário, a harmonia e a paz entre os homens. Não sei mesmo quando é que o homem começará perceber que a resolução dos problemas está precisamente nisto: na aceitação da diferença. Afinal somos individuos e como tal somos diferentes e únicos. Um beijinho e muito obrigada pela visita. Fique bem, amiga e apareça sempre. É muito bom saber as opiniões dos amigos sobre questões tão sérias e que a todos preocupam. Até breve e um beijinho
    Emília

    ResponderEliminar
  15. O que importa mesmo é o teor da mensagem, que transformações ela pode provocar. Essa, que acabei de ouvir, pode muito, é só perseguí-la, divulgá-la.
    A mensagem é mesmo FANTÁSTICA, Emilia.

    Um beijo,
    da Lúcia

    ResponderEliminar
  16. Uma mensagem fantástica em que o AMOR é por demais evidenciado!
    Gostei muito! Obrigada, minhas Amigas.
    Beijos.
    Graça

    ResponderEliminar
  17. Fico muito feliz por vê-la por cá, Lúcia. É sinal de que está seguindo em frente com a força que sempre mostrou ter. Precisamos muito destas transformações que este senhor acha fundamentais para que a nossa sociedade seja mais harmoniosa e feliz. Afinal não é nada difícil consegui-las; é só aprendermos a amar a a deixarmo-nos amar. Muito obrigada, Lúcia, pelo carinho. Um beijinho e até breve. Fique bem!
    Emília

    ResponderEliminar
  18. Sabia que ia gostar, Graça, pois sempre mostrou que é uma pessoa de afectos; sabe dar e receber esse amor tão necessário a todos. É uma pena que o homem não saiba viver e que continue focado no lucro acima de qualquer coisa. Um beijinho, amiga e obrigada pela visita. Até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  19. Falar de amor e senti-lo intensamente é dar tudo de si....
    Quando nos esquecemos disso...pouco ou nada resta....
    Obrigada pela visita....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  20. Olá Marta! É muito bom vê-la por cá!Dar o nosso melhor em tudo o que fazemos estamos a colocar o amor na nossa vida e isso é a única maneira de contribuirmos para a mudança tão necessária no nosso mundo. Um beijinho e obrigada pela visita.
    Apareça sempre!
    Emília

    ResponderEliminar
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  22. Emília,
    Já agradecí lá nos registros de meus filhos pelo teu comentário que para mim foi muito gratificante e serviu como lição de vida.
    Do post conosco compartilhado,apreendo outra importante lição,isto é, não é o que buscamos na vida mas o modo como fazemos que faz a diferença e o que é verdadeiro sentimento passa a ser confundido como uma ilusão.
    Entrevista fantástica!
    Abraço grande !

    ResponderEliminar
  23. Olá Bergilde. Muito obrigada pelas palavras carinhosas. É de facto a maneira como fazemos as coisas que faz a diferênça. Há que colocar em tudo o nosso melhor, o nosso carinho, o nosso amor par aquilo que fazemos e para com as pessoas que estão à nossa volta. Um beijinho e fica bem!
    Emília

    ResponderEliminar
  24. Que mensagem fantástica! Como é gostoso ouvir falar de amor!
    Bjs,

    ResponderEliminar
  25. Eu sou mais do (des)amor..., mas gostei:)!
    Abraço

    ResponderEliminar
  26. Não acredito, Alvaro, que sejas mais do (des) amor, mas, enfim...vou fingir que não és adepto dos amores...dos afectos...da harmonia. És DE CERTEZA!. Um beijinho e obrigada por teres vindo até cá. É sempre bom receber a visita de um " escrevinhador!

    ResponderEliminar
  27. Tens razão, Sonica! è muito bom ouvirmos mensagens destas e bem precisamos delas para ver se aprendemos que sem os afectos não há mudança possível. Um beijinho, amiga e obrigada pela visita.
    Emília

    ResponderEliminar
  28. Olá amiga Emília

    Parabens pela mensagem, por falar em mensagem deixei no penso logo existo uma mensagem para si, amanhã passo por aqui para ver o video

    Beijinho

    ResponderEliminar
  29. Obrigada, António. Já fui ao seu cantinho ver a mensagem e cá o espero então para melhor apreciar o video. Fique bem, amigo. Até breve.
    Emília

    ResponderEliminar
  30. Olá

    Tal como prometido, aqui estou para comentar o video... é antes de mais um documento precioso, faz em meu entender uma análise correcta dos males que o nosso tempo enferma... o egoísmo e a falta de amor ao próximo são os grandes responsáveis. É sem duvida um grande Filosofo e um nome a reter este Robert Happé.

    Parabens adorei
    Beijinho

    ResponderEliminar
  31. Tem toda a razão no comentário que faz, António. Por considerar que é " um nome a reter" é que resolvi colocar aqui a biografia dele. Muito obrigada por ter voltado e deixar aqui a sua opinião sobre o assunto.Desejo que tenha um bom fim de semana Um beijinho e até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  32. oi ja estou seguindo pode conferir...

    me ajuda e me segue de volta tb?

    www.makepopular.blogspot.com

    ResponderEliminar
  33. Obrigada por seguires o Começar de Novo, amiga. Espero que gostes e que voltes sempre. Um bom Domingo e uma excelente semana. Um beijinho
    Emília

    ResponderEliminar
  34. Querida Emília:
    Existem efectivamente pessoas com uma grande sabedoria.
    Um abraço grande e bom domingo.

    ResponderEliminar
  35. Olá Isabel! Felizmente ainda temos pessoas sábias engajadas em transmitir ao mundo mensagens de amor e paz entre os homens.Um beijinho e obrigada pela visita. Uma bela semana, Isabel.
    Emília

    ResponderEliminar
  36. " todos queremos amar e ser amados " , mas antes precisamos perdoarmo- nos e amarmo - nos , tudo o resto virá como por encanto .

    Um beijo

    ResponderEliminar
  37. Tens razão,Liliazdavioleta! Se assim fizermos tudo o resto acontecerá. O problema é que o ser humano ainda não meteu isso na cabeça. É pena! Beijinhos e obrigada pela visita
    Emília

    ResponderEliminar
  38. Adorei amiga!

    Um vídeo que nos revela os caminhos a seguir para atingir a felicidade.
    Amar os outros como a nós próprios.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  39. Uma coisa tão fácil e que ao ser humano parece inatingível, não é verdade? Pois é...se todos compreendessem o que este senhor tão bem explica, tudo correria melhor, mas, infelizmente isso não acontece e o mundo está por isso numa tremenda confusão. Um beijinho, Ná, e muito obrigada pela visita. Fica bem e espero que tenhas uma excelente semana
    Emília
    Emília

    ResponderEliminar
  40. Oii
    eu não pude resistir e tive que seguir esse blog maravilhoso
    cheio de coisas lindas
    pode dar uma olhadinha no meu e seguir tbm?
    se gostar é claro
    http://naty-todasaspequenascoisas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  41. Oi Natii! Obrigada pelas palavras tão simpáticas. É muito bom ouvi-las! Espero que volte e que continue a gostar do Começar de Novo. Irei já visitá-la com certeza. Um beijinho e fique bem! Até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  42. Olá Emília!
    Antes de mais, lindo este novo visual! Afinal, o tempo também é feito de mudanças e parar é permanecer no imutável...
    Gostei imenso do vídeo e não podia ser mais atual. Nunca se pensou, talvez que a economia chegasse a ser um poder tão feroz que reduza a humanidade a metal...E por mais que o mundo se contorça, enquanto não correr por amor, nunca chegará à meta para que fomos criados.Os Homens não se dão as mãos porque todos querem chegar ao topo ao mesmo tempo. E não temos nem o mesmo ritmo, nem a mesma velocidade...
    Obrigada pela partilha. Afinal, a mudança começa a partir de nós enquanto também instrumentos de Paz!
    Uma ótima semana
    Bjis

    ResponderEliminar
  43. Um visual novo como requer esta quadra tão bonita e luminosa; pena que o brilho da luzes e o colorido que dão à noite sejam ofuscados pela correria atrás do " metal"e o verdadeiro espírito natalício seja esquecido; concordo que nesta época o homem até se mostra mais solidário e pensa mais naqueles que nada tem, mas é só tirarem os enfeites e as luzes se apagarem que o ser humano esquece a solidariedade e volta ao mesmo, à preocupação em ter cada vez mais, muitas vezes sem olhar aos meios que utiliza para atingir os fins a que se propõe. Um beijinho, Manuela e muito obrigada pela sua opinião sobre este tema. É assim, ouvindo o que pensam os outros, que nos enriquecemos. Fique bem, amiga! Até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  44. Muito boa tarde Amiga
    Desculpe pelo meu silencio, não tem sido por esquecimento, mas por conta do momento que estou vivenciando!
    Tem coisas que só o tempo pode curar , para poder voltar a sorrir ao vir lhe visitar.

    Natal
    É a reconciliação com o nosso coração, renovando o nosso interior com a força do Amor.
    Natal
    É aprender a reconhecer nossas faltas e nos perdoar pela nossa imperfeição humana, assumindo o compromisso da nossa renovação espiritual.

    Tenha uma linda Semana coberta de muita paz e amor
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  45. Não se preocupe, Alice. Há momento na vida de todos nós que não são bons e, por mais que tentemos, é difícil superá-los. Os amigos são para isso, para entender e tentar ajudar nos momentos difíceis e por isso não tenho nada a desculpar. Tenho sim é que desejar do fundo do coração que supere essa fase menos boa e que volte a visitar os seus amigos com muita alegria. O Natal é tudo isso que enumerou e por isso esta época tem que se prolongar por muito mais tempo. Jesus nasceu e com Ele trouxe uma mensagem de amor e esperança, amor esse que Ele gostaria de ver nas nossas vidas sempre. Muito obrigada, Alice, pelo carinho e espero vê-la mais vezes por aqui, mas cheia de alegria. Um beijinho, amiga!
    Emília

    ResponderEliminar
  46. Boa noite, minhas queridas

    Vim até aqui dizer 'olá' e deixar beijinhos e fui surpreendida por estes lindos enfeites, assinalando a quadra festiva... Muito bonito!

    Aproveito e deixo-vos desde já os votos de UM Natal Feliz.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  47. Minha querida

    Gostei do teor da mensagem e como o que é simples nós complicamos.

    Deixo um beijinho com carinho e agradeço as palavras lindas que me deixa sempre.
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  48. Muito obrigada, Olinda pelo carinho. É muito bom receber beijinhos de boa noite. Deixo-lhe também beijinhos carregadinhos de votos de que tenha um excelente dia e que o seu natal seja alegre e cheio de luz. Fique bem, amiga!
    Emília

    ResponderEliminar
  49. Pois é, sonhadora, nós temos o condão de complicar tudo e esse é o mal da nossa sociedade. Deixamos de fazer o mais simples e preocupamo-nos só com o mais complicado que é correr atrás do vil metal. Obrigada pela visita e tenha um excelente dia. Um beijinho e até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  50. Nunca havia visto ninguém falar sobre ele nos blogs ja fiz 2 seminarios sáo maravilhosos, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  51. Como disse,foi num blog acima indicado que tomei conhecimento deste senhor e ainda bem, pois acho que é um nome a reter. Além destas tem outras entrevistas também fantásticas. Pelo que entendi, já o conhecia, Listte. Que bom! Obrigada pela visita e fico muito contente que tenha gostado. Apareça sempre! Um grande beijinho e tenha uns dias cheios de luz. Até breve
    Emília

    ResponderEliminar
  52. Minha querida

    Passando para agradecer o carinho de sempre e oferecer uma fatia de bolo do meu aniversário...embora virtual é de coração.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  53. Mas que bem que me soube o bolo, sonhadora! Fico muito feliz que se tenha lembrado de me convidar para a festa. Desculpe ter chegado atrasada, mas acho que ainda vou a tempo de lhe deixar um grande abraço de parabéns e de lhe desejar muitas felicidades, não só hoje mas sempre. Seja feliz, amiga!
    Emília

    ResponderEliminar