terça-feira, 18 de agosto de 2015

PRECISAM DA NOSSA AJUDA, OS ANJOS!






 Bate, bate, bate na porta do céu Bate, bate, bate na porta do céu
  Nove da manhã o maior calor
Não sou bandido, para de me olhar seu doutor
A desconfiança chama a atenção de outras pessoas
 Minha idéia eu valorizo Não sou à toa. Assim que eles veêm quem mora aqui
 Descalço mesmo sem nada
A vida é só pedir.. de esmola em esmola...  procura do pão `
Viram lixeiras de cabeça pra baixo meu irmão
 Quantas vezes eu sonhei Com isso aqui
 Que pesadelo dá um tempo espera ai
 Hoje eu to de boa com amigos e inimigos Pra garantir a minha ideia ainda fiz assim:
 "Mãe guarda esses revólveres pra mim" Pra onde eu to indo hoje não vou mais precisar
 "Com eles nunca mais vou atirar"
 Quero ficar de boa Nada que possa puxar
 Sonhe bem, pense bem, Ajude alguém
A noite é fria seu doutor você não vem
 Na perna uma ferida de carne crua
 Você não liga porque a vida não é a sua
Sonhe bem, pense bem, Ajude alguém A noite é fria seu doutor você não vem
 Mais um corpo endurecido achado ao léo
Um anjo o levou pra porta do Céu
 Bate, bate, bate na porta do céu Bate, bate, bate na porta do céu Bate, bate, bate na porta do céu Bate, bate, bate na porta do céu.
 Trouxe meu filho De qual é... ele vê ficar esperto o movimento conhecer
 Sempre desprotegido o camburão perdido
Três PM colete a prova de bala
 Um tiro Cinco bandido trocam tiro com os PM
 A gente fica no meio Meu filho treme Eu o Abraço eu sou o seu colete
 Uma bala acerta a minha perna
Cacete.. Revidei pros dois lado pode acreditar Sequei meu ferro mandei as 15 safado
 Meu sangue cobre meu filho Como se fosse um véu Um anjo nos levou pra porta do Céu..



Sei que a maioria dos meus amigos ainda está de férias e até ao fim deste mês eu continuarei com poucas possibilidades de aceder aos vossos cantinhos. Venho a casa uma vez por semana e, sempre que possível visitar-vos-ei. 

Também sei que este video não será muito apropriado para épocas de descanso, mas ao mesmo tempo, penso que não devemos esquecer a dura realidade de muitas pessoas que, como o titulo indica, dão" muito trabalho  pros anjos "; tentam estes protegê-las, mas são tantas por esse mundo afora!!!!!

Beijinhos e espero que gostem!

Emília Pinto

23 comentários:

  1. As pessoas que ignoramos porque a vida deles não é a nossa... Mas apesar do Sol estar a brilhar e haver risos no ar, há quem esteja com frio na alma, no corpo... E esse é o pior de todos...
    Obrigada pela partilha...
    Boas férias...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ignoramos, Marta, porque não paramos um pouco para ver o que seria se em vez deles estivéssemos nós. Esse desprezo com que muitas vezes os olhamos, como se fossem seres inferiores, pessoas de outro planeta, creio, é o que mais os magoa; a alma gela tanto que até a fome de pão passa. Amiga, muito em breve voltarei às minhas visitas e logo que possa voarei até aí. Beijinhos e muito obrigada pelo carinho e compreensão
      Emília

      Eliminar
  2. Um excelente vídeo. Uma pedrada no charco da nossa indiferença.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Elvira, tantas vezes nos mostramos indiferentes, mesmo com as notícias constantes desses milhares de seres humanos que atravessam os mares para alcançarem um lugar seguro. Não há dinheiro para os socorrer, dizem os Europeus e americanos, mas não falta esse dinheiro para viagens ao espaço e para armas que alimentam essas guerras que se alastram pelo muno afora. Somos impotentes neste caso concreto, mas perto de nós há sempre alguém a precisar de conforto e nem sempre vemos esse alguém. Temos de andar de olhos mais abertos, amiga, pois há sempre algo que possamos fazer. Muito obrigada pela visita e logo que possa irei ao Sexta ver as novidades.. Beijinhos, Elvira.
      Emília

      Eliminar
  3. Infelizmente , o sol quando nasce continua a não ser para todos.

    Continuação de boas férias.

    Beijinhos.

    Elisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E assim vai ser sempre, Elisa. Sempre foi e vai continuar. É próprio do ser humano; ambicioso como é, insatisfeito também, dificilmente ele olha para o lado para distribuir um pouco do que tem por aqueles que passam fome. Amiga, espero que estejas bem e até breve. Um beijinho de grande amizade.
      Emília

      Eliminar
  4. Olá Emília

    e, por falar em frio na alma, indiferença
    eu diria mais
    sinto-me IGNORADA
    devo ser uma fantasma que anda por aí no ar e ninguém vê

    Mas dificilmente consigo ultrapassar essa indiferença
    esse mal-estar que sinto
    Muitos me dizem: não ligues, vive a tua vida!
    Não pode ser.
    A minha Vida tem pessoas em redor
    pessoas essas que não estão nem aí
    e a dor aumenta
    a mágoa rebenta comigo!

    Se quiseres vem espreitar um post que fiz
    no blog "Os meus Pensamentos"

    http://pensamentosimagens.blogspot.pt/

    decidi.... entrar em desabafo íntimo
    porque
    Escrever liberta
    Liberta a alma dos momentos menos felizes
    Só quem escreve, muito ou pouco, bem ou mal, pode entender esta libertação.

    Assim sendo, convido a ver por esta ordem para perceber o conteúdo:
    segunda-feira, 17 de agosto de 2015 - ROTA EUROPEIA DOS CEMITÉRIOS
    sexta-feira, 21 de agosto de 2015 - NÃO GASTES A TUA VIDA COM QUEM NÃO MERECE...

    Beijinho.
    Bom Domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tulipa. Claro que o ideal seria não ligar e seguir a nossa vida, mas, como bem dizes a vida tem " pessoas em redor " pessoas que amamos, que deveriam amar-nos que muitas vezes nos ignoram. Isso, amiga, não vou dizer que não é triste, claro que é e muito. Nós vivemos em sociedade e precisamos uns dos outros para viver; ninguém consegue ser feliz sem os amigos, sem a família e por isso entendo muito bem a tua dor. Não posso é fazer grande coisa, pois não estou perto, mas estou sempre pronta a ouvir os teus desabafos; usa o meu e-mail se precisares de abrir o coração. Vou-te dizer uma coisa, costumo abrir o meu com duas amigas que conheci na net e pessoalmente só as vi uma vez. Isso faz-me bem? Claro e muito. Irei com certeza ao teu cantinho e desejo do fundo do coração que ganhes força para superar esses desencantos e já sabes, estou aqui para te ouvir, certo?. Beijinhos

      Eliminar
    2. Tulipa o meu endereço é...micostapinto@hotmail.com
      Fico à espera, amiga!
      Emília

      Eliminar
  5. Querida Emília

    Desejo que estejas bem ao lado dos teus, numas férias descansadas e alegres. Obrigada por teres arranjado um tempinho para me visitares, deixando-me lá no Xaile palavras que são verdadeiras pérolas.

    Adorei este video. É quase a repercussão do que se passa cá em casa em termos musicais. Aqui o meu pessoal tem uma banda de Rap e, sendo uma música de intervenção inserida no movimento Hip-Hop, há rimas e batidas apontando problemas sociais e os desmandos que por aí grassam.

    E, apesar de ser tempo de férias, toda a hora é hora de olharmos para o nosso semelhante e dar a mão a quem precisa. Por isso, o teu post é actualíssimo e oportuno, trazendo perante nós as infelicidades daqueles que têm a desdita de não ter um tecto e os apoios necessários para levarem uma vida digna.Todos nós temos responsabilidades como sociedade. Se estivermos à espera que sejam as autoridades a tratar de tudo e a procurar soluções bem podemos esperar sentados. E não precisamos de andar muito, nem ir para longe, para as Áfricas ou para os confins da Terra para tratar e abraçar quem, às vezes, só espera por um olhar amigo. No nosso bairro, na nossa aldeia, na nossa comunidade há gente e gente nossa irmã, à nossa espera.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Olinda, pelas palavras tão simpáticas e assertivas, como sempre.. Que bom teres aí em casa gente que faz música, chamando através dela a atenção de todos nós para os problemas sociais e " desmandos que por aí grassam " O movimento Hip- Hop tem-se dedicado a isso e está fazendo com que gostemos desse género de música.; além disso leva-nos a concluir que as camadas mais jovens não são indiferentes aos problemas que a todos nos afetam, como muitas vezes os mais velhos pensam. E tens razão, amiga, pertinho de nós há sempre quem precise e por isso não podemos dar desculpas de que nada podemos fazer.
      Agora vou recomeçar e colocar em ordem as minhas visitas. Brevemente te visitarei. Um beijinho de grande amizade. Fica bem!
      Emília

      Eliminar
  6. Emília,

    Após assistir o video, ler os dizeres, li tambem os comentarios e fiquei preocupada com uma blogueira que não conheço "Tulipa". Desejo que ela reforce seu espírito e encontre nela mesma os bons motivos da vida. Tudo precisa partir de nós, de dentro para fora.

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, Sissym, quero explicar a minha ausência nos teus cantinhos; mudaste o sistema de comentários e eu, que sou uma´" nódoa " nestas coisas de informática, não sou capaz de ler as tuas mensagens. Não é por esquecimento, mas sim por esse motivo. Quanto à Tulipa, já me coloquei à sua disposição para a " ouvir " dando-lhe o meu e-mail; não a conheço pessoalmente e por isso a única maneira de a ajudar é " ouvir " os seus desabafos. Obrigada pela visita, amiga. Fica bem!. Um beijinho
      Emília

      Eliminar
  7. Encontro-me de férias na Escócia, de momento em Turso, a dois passos do Mar do Norte, onde o acesso à Net (e à civilização dum modo geral  ) é bastante difícil.
    Quando regressar a Bagno a Ripoli, o que deverá ser em finais de Setembro, visitarei todos os blogs amigos.
    Até lá desejo-te tudo de bom e dias muito felizes.
    Um beijo
    MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Miguel e boas férias. Um beijinho e até breve.
      Emília

      Eliminar
  8. Excelente postagem Emília. Nada dói mais do que a indiferença, que é a ausência de sentimento, é como se a outra pessoa deixasse de existir.
    Beijos e ótima férias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Smareis, agora que o nosso verão está a acabar, ficarei com mais tempo e brevemente te visitarei. Estou em falta contigo e com muitos mais amigos, mas aos poucos porei tudo em ordem. Obrigada pela visita e comentário; a indiferença dói muito, sim, amiga!. Beijinhos
      Emília

      Eliminar
  9. Boa tarde, o esvaziamento de sentimentos causa mau estar e leva-nos rapidamente para a solidão.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, António, sem sentimentos, sem afectos, sem preocupações pelos outros e pelo que se passa à nossa volta, tornamo-nos pessoas vazias de essência e solitárias. Para receber é preciso dar. Amigo, muito obrigada pelo carinho da visita. Tudo de bom!. Um beijinho e até breve
      Emília

      Eliminar
  10. Adorei nem tudo êvoara todos.... Bj Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom que gostaste. Lisette!. Um cahmado de atenção a todos nós para que olhemos à nossa volta e paremos de reclamar de tudo. Um beijinho e até breve aí em tua casa.
      Emília

      Eliminar
  11. Olá, Emília.
    Concordo que não nos devemos alienar da realidade, e, a sermos conscientes, não o conseguimos,, mesmo em férias.
    Quando os anjos precisam de ajuda, algo vai muito mal...

    bj amg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não vai, Carmem? não sei muito de Anjos, mas....o trabalho neste mundo infernal é imenso; não sei se darão conta de, pelo menos, atenuar o sofrimento de tantos. Beijinhos e obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar