quarta-feira, 25 de abril de 2012

CORAÇÃO AZUL





Campanha Coração Azul

Uma campanha internacional das Nações Unidas contra uma forma moderna de exploração.
O tráfico de seres humanos é um crime que priva as pessoas de seus direitos, arruína os seus sonhos e rouba sua dignidade. É um crime que nos envergonha a todos. E um problema global em relação ao qual nenhum país se encontra imune. Todos os anos, milhões de vítimas caem na armadilha do tráfico e ficam aprisionadas nesta forma moderna de exploração.
Para consciencializar e mobilizar a opinião pública mundial e inspirar aqueles que detêm poder de decisão a promover as mudanças necessárias para acabar com o tráfico de seres humanos, o UNODC lançou a Campanha Coração Azul. A campanha está aberta a todos aqueles que queiram participar e usar o Coração Azul como símbolo do seu apoio à luta contra o tráfico de seres humanos.
"Vista" o Coração Azul no seu website, no seu perfil do Facebook, nos seus produtos e publicações - acima de tudo "Vista" o seu Coração de Azul!
In DGPJ -Departamento Geral da Politica de Justiça


Hoje, dia 25 de Abril, Portugal comemora o fim da ditadura e o começo de uma nova era, a conquista da liberdade da democracia. Achei oportuno falar desta campanha lançada pelas Nações unidas e à qual Portugal aderiu para orgulho de todos nós. Há ainda muito caminho a percorrer para que de facto sejamos livres; há nas sociedades modernas um tipo de escravatura que a todos deve envergonhar e contra a qual todos devemos lutar. Vamos lá, então, aderir a esta campanha e " vestir " o nosso coração de azul!

"Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos."
(Abraham Lincoln)


Emília Pinto

46 comentários:

  1. Vou partilhar este belo coração azul,no meu Facebook com orgulho pois é uma nobre causa!
    Dia iluminado,Amigas.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isa! Fico muito contente por vê-la cá e por ter gostado da iniciativa. Este é mais um motivo para que nos orgulhemos do nosso país, apesar de tudo o que se passa nele. Há muitas coisas boas também e é para essas que devemos olhar. Um beijinho e muito obrigada pela visita. Um feriado bom com o coração muito azul, apesar do dia chuvoso. Até breve!
      Emília

      Eliminar
  2. Pois é, apesar do fim da ditadura ainda existe muito tipo de escravatura camuflada nas sociedades.
    Mas tenho fé que este inicio de nova era, consiga (ainda que aos poucos) mudar mentalidades e trazer mais amor aos corações dos homens.

    Um dia feliz
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É Rita, também tenho essa Esperança e o facto é que as coisas estão a mudar, devagarinho, mas estão; a prova é esta campanha, embora eu ache que deveria ser mais divulgada pelos meios de comunicação; quase ninguém conhece estas e outras iniciativas que se fazem por aí. Um beijinho, amiga e desejo que tudo te corra pelo melhor. Obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  3. Amigas,
    O coração já mora no meu blogue.
    Muito bela a frase de Lincoln.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Maria! Devemos todos estar atentos a estes abusos e denunciá-los sem medo. Também gostei muito da frase. Um beijinho e obrigada pela visita. Fica bem!
      Emília

      Eliminar
  4. Olá Emília / Hermínia

    Vou partilhar no facebook.

    A escravatura continua camuflada...assim como a democracia. 25 de Abril foi uma "mentira".
    Estou , totalmente, desanimada!Em dia "não".

    Beijos.

    Elisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos muitas razões para estar descontentes com a nossa democracia, pois ela está cada vez mais camuflada, na verdade. E não sei o que podemos fazer nesse aspecto, pois as alternativas que temos na hora do voto são nulas; o nosso poder está no voto, mas votar em quêm? É tudo igual! Um beijinho, Lisa e espero que o teu estado de espírito melhore. Obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar



  5. Siento que tus textos son un regalo del viento
    Y su lectura la textura del acercamiento.

    Siento que tus textos se visten de espuma
    Y su lectura es el aliento de una dotada pluma.

    Siento que hoy tengo una escusa
    Para brindarte con pausa mi ternura.

    Sintiendo el tacto de este abrazo
    Que te estoy dando
    Con la calma que de él se esta adueñando.

    María del Carmen


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria del Carmo. Muito obrigada pelos versos tão carinhosos. Fico contente que goste de vir cá. Volte sempre! Um beijinho e desejos que os teus dias sejam iluminados. Até breve!
      Emília

      Eliminar
  6. Olá Emilia vou partilhar o coração azul no facebook.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazes bem, Santa Cruz! É a maneira de todos conhecerem a campanha, pois, apesar do grande interesse que tem, é muito pouco divulgada pelos meios de comunicação que andam entretidos demais com a crise financeira e não nos dão a conhecer também o que de bom se faz no nosso Portugal. Um beijinho e obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar
  7. A escravatura escreve-se de tantas formas que não sei qual delas será mais fácil de assimilar. A escravatura de seres humanos como animais de força, a escravatura de mulheres sem condições para se afirmarem na sociedade, a escravatura no trabalho com correntes de sedução ou perseguição, escravatura em casa!
    Em casa, onde em vez de paz ,no único refúgio que resta, muitos/as entram numa prisão voluntária, disfarçada de Lar! Mas que o coração se vista de azul,se não for para mais , ao menos para acordar olhos esquecidos!
    Posts sempre oportunos e fantásticos e não para ser afável! :)
    è verdade!
    E muito obrigada pelas gentis palavras lá deixadas. Visto-as também de azul!
    Grande abraço Emíia/Hermínia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Referes aqui muitos tipos de escravatura e a que mais choca é aquela que na maioria das vezes ninguém consegue ver, aquela que se pratica em casa " disfarçada de lar". Mas, embora a passos pequenos, as coisas vão mudando através de alertas e também através das nossas consciências; já começamos a prestar mais atenção ao que se passa à nossa volta e já temos mais coragem para denunciar. É claro que tudo isto podia ser mais divulgado, campanhas deveriam ser feitas todos os dias nos meios de comunicação no dito horário nobre para que as mudanças se fizessem mais rápidamente, mas, como disse acima, as finanças são mais importantes e bombardeiam-nos com elas a toda a hora, fazendo com que cada vez fiquemos mais desanimados e tristes. Os portugueses deixaram de sorrir e penso que é isso que os nossos governantes querem, que os portugueses percam por completo qualquer esperança nuns dias melhores. Muito obrigada, Manuela pela tua opinião, sempre assertiva, sobre os assuntos que aqui trazemos. É um prazer ler-te, tanto aqui, quanto na tua casa que até no nome se veste de azul. Um beijinho e..fica bem, amiga!
      Emília

      Eliminar
  8. Eis uma boa maneira de comemorar o 25 de Abril.
    Um abbraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também achei isso, Elvira, pois, como diz Abraham Lincoln "Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos."
      É...não nos podemos sentir verdadeiramente livres, com tanta gente sem liberdade à nossa volta. Um beijinho, amiga e muito obrigada pela visita. Que tenhas uns dias iluminados, cheios de momentos felizes. Fica bem!
      Emília

      Eliminar
  9. Olá, de volta!
    Excelente forma de comemorar o 25 de Abril, que me parece, muitos queriam que não tivesse existido:)!
    Abraqço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que grande e boa surpresa, Alvaro!!! Nem imaginas como fiquei contente. Tenho visitado a sombra, mas...nada! Que bom que não desapareceste. Achei também que seria esta uma forma boa de comemorar o 25 de Abril, pois ainda há muita gente sem liberdade. Há de facto alguns que preferiam que não tivesse havido esta revolução, mas são insignificantes e por isso não contam.O que importa é que chegou a liberdade e com ela vamos caminhando sempre com a esperança de que todos consigam usufruir dela. Um beijinho, amigo e, por favor, não desapareças, certo?
      Emília

      Eliminar
    2. Afinal, Alvaro, hoje consegui entrar na sombra! Outro dia tentei e exigia que fosse convidado. Não sei o que se passou. Bem...o que interessa é que já posso lá ir. Um beijo
      Emília

      Eliminar
  10. Emilia Pinto e Herminia Lopes26 de abril de 2012 às 21:39

    Oi Emilia!
    Belo presente para o 25 de Abril..Fiquei desolada com o que vi na Assembleia....nem todos usaram o "simbolo" da liberdade!Entristeceu-me.
    Aplaudo esta campanha,as entidades policiais devem cooperar o máximo,´num cerco bem apertado, só assim ,se desmamtelam essas redes de tráfiico humano, parte sexual, quantas mulheres se encontram numa autêntica prisão, para servir essa rede, quantos dos nossos emigrantes, já depararam com contratos ilicitos,e quando se trata de crianças, aí....nem quero pensar.
    Quanto mais modernizada é a sociedade, mas vergonhosa fica.
    Amiga fique bem e cá ficamos azulinhas sempre!
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Hermínia, como vai a patroinha? Espero que esteja bem! Fico contente que tenha gostado da maneira como resolvi recordar essa data tão importante para todos nós. Não podemos ser verdadeiramente livres quando não somos capazes de ver o que se passa à nossa volta; muitas vezes fazemos de conta que não vemos, pois isso é para nós muito mais fácil; temos que aprender a denunciar, pois é esse o nosso dever. Um beijinho e obrigada pelo belo comentário. Fique bem e com o coração sempre azul.
      Emília

      Eliminar
  11. É o dia do aniversário da minha filha! Fiquei emocionada com a data, e não esquecerei mais!
    Bjs,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, Sonica! Muitas felicidades para a sua filha. Para nós portugueses é uma data muito importante, pois conquistámos a tão ambicionada liberdade. Um beijinho e muito obrigada pela visita. Volte sempre! Até breve
      Emília

      Eliminar
  12. Olá amigas. Linda campanha. Difícil acreditar que essas coisas ainda acontecem no mundo. Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, amiga, difícil de acreditar, mas todos nós sabemos que acontecem, sim. Somos omissos e deixamos passar como se não tivessemos nada a ver com o assunto, mas é responsabilidade de todos tentar que a escravatura acabe de verdade. Um beijinho e um bom fim de semana, prolongado para alguns. Obrigada pela visita, Maria José!
      Emília

      Eliminar
  13. Minhas amigas o coração azul já mora no meu blog .
    É terrível que um ser continue a subordinar - se a outro .
    Mas isso continuará enquanto o homem não souber ser livre e pleno .
    Então , espezinha o próximo , uma forma errada de mostrar força .
    Tem que haver uma mudança . E a começar por nós . . .

    Um beijo e bom fim de semana ,
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acredito que continuará a subordinação e por vários motivos, mas o que eu gostava que desaparecesse era o tráfico de crianças, a sua exploração, e também o tráfico de orgãos . Todo o outro tipo de escravatura também gostaria que desaparecesse, mas, pelo menos, trata-se de pessoas adultas e, claro, sempre têm mais possibilidades de a ela escaparem, mas as crianças, essas, são apanhadas sem qualquer possibilidade de se defenderem e quando penso nisso fico completamente desiludida com o ser humano. Temos que estar atentos, Maria e fazer a nossa parte que é denunciar e ajudar no que for possível para que esse flagelo diminua. Um beijinho e muito obrigada pela opinião. Um bom fim de semana
      Emília

      Eliminar
  14. Querida Emília

    Excelente iniciativa.É preciso que unamos a nossa voz e as nossas acções para que esses actos horríveis deixem de acontecer. Pelo que tenho ouvido, há pessoas que caem em armadilhas ou pura e simplesmente são violentadas no seu corpo vendo-se estirpados e mutilados para alimentar um tráfico atentatório da nossa condição humana.

    Vou levar a imagem para a colocar no Xaile.

    Muito obrigada por este post, por este tema que nos interessa a todos.

    Beijinhos.

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Unir a nossa voz e juntarmo-nos a campanhas como estas é o mínimo que podemos fazer para que este flagelo desapareça da nossa sociedade, dita moderna. Podemos fazer pouco, mas se cada um fizer esse pouco, torna-se muito. É preciso alertar e estar atentos a essas desgraças, principalmente no que diz respeito às crianças, pois são vitimas incapazes de se defenderem. Um beijinho, Olinda e muito obrigada pela visita. Um bom fim de semana. Fica bem, amiga!
      Emília

      Eliminar
    2. Olá, Emília

      Bom dia

      Venho buscar as referências para colocar no Coração que já lá tenho.

      Já agora corrijo :'extirpar' :))

      Beijinhos e um excelente domingo.

      Olinda

      Eliminar
  15. Podemos prometer atos,
    mas não podemos prometer sentimentos...
    Atos são pássaros engaiolados,
    sentimentos são pássaros em vôo.
    (Rubem Alves)
    Pedindo desculpas pelo meu afastamente
    nas visitas infelizmente foram alguns dias de muita
    tenssão.
    Eu aprendo todos dias, me espelho em outras
    pessoas: Não dá pra fraquejar, quem é guerreiro
    jamais entrega a Luta..
    Deus abençoe grandemente seu final de semana beijos
    no seu doce coração.
    Evanir..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rubem Alves tem toda a razão...difícil é cumprirmos as promessas de sentimentos, mas são essas as mais importantes, na realidade. Muito obrigada pelo carinho, Evanir e desejo sinceramente que os dias de tensão tenham acabado e que o fim de semana seja tranquilo assim como todos os outros. Um beijinho e até breve.
      Emília

      Eliminar
  16. Olá a ambas,

    Que belíssima campanha, e fico ainda mais contente pelo facto de Portugal ter aderido.

    Um beijinho grande para as duas. Espero conseguir voltar a estar mais presente neste mundo dos blogs. Mais bjos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom ver-te por aqui, Joaninha! É sinal de que estás com menos trabalho e que poderás visitar os amigos mais vezes. Fico muito contente. De facto é uma campanha muito importante, pois ainda há muita gente que não sabe o que é liberdade e respeito pelos seus direitos. Espero que sirva para alguma coisa e que comecemos nós também a estar mais atentos a estes problemas tão sérios. Um beijinho e muito obrigada pela visita. Fica bem, amiga!
      Emília

      Eliminar
  17. Hoje vim fazer um convite. O Sexta é hoje aniversariante. Quer passar por lá?
    Um abraço e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que irei, Elvira. Até já! Um beijinho e obrigada pelo convite
      Emília

      Eliminar
  18. Emília, boa noite!
    O dia já passou mas, continuo a dizer ABRIL SEMPRE!
    Bonita forma de comemorar este dia, é que ainda há tanta gente acorrentada e escravizada sem quaisquer escrúpulos e de várias formas.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, Ana..." Abril Sempre! Enquanto houver algum tipo de escravatura, não nos podemos considerar verdadeiramente livres, não é verdade? Um beijinho e espero que tenha uma excelente semana. Obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar



  19. Hoy estamos de celebración, La gata coqueta ha cumplido cuatro años de puertas abiertas a la calidez de la amistad y a la ética de los sentimientos.

    ¿Me acompañas?

    El champagne para festejar,
    En grado óptimo te espera
    Y en sus burbujas, la sonrisa puedas reflejar

    La tarta también la termino de recibir,
    Para endulzar
    El camino sin a la dieta cohibir

    Las rosas de la floristería van entrando
    De diferentes colores,
    Para ir reinando, con aromas de coquetería

    Y el piano al fondo ya está interpretando
    “Amigos para siempre”
    Quienes te darán la bienvenida brindando

    ¡¡CHIN CHIN!!

    Y por sorpresa dos regalos;

    *Un abrazo con mucho amor
    *Y ¡Gracias por tu cariño!
    Que te seducirán el corazón

    Un dulce y tierno beso

    María del Carmen


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que acompanho a festa com muito gosto. Afinal, já faço parte dos teus amigos virtuais. Irei já fazer-te uma visita, Maria del Carmo. Muito obrigada pelo convite
      Emília

      Eliminar
  20. Uma campanha para todos participarem,beijo Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sim, Lisette, uma obrigação de todos nós: como cidadãos devemos estar atentos a tudo o que se passa à nossa volta e contribuir de alguma forma para que este tipo de situações termine. Um beijinho, amiga e obrigada pela visita. Um belo feriado e fica bem!
      Emília

      Eliminar
  21. Minha querida

    Uma boa forma de comemorar a liberdade...divulgando a falta dela, nesses seres humanos que são violentados de todas as maneiras.
    Vou levar para o meu blogue.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o mínimo que podemos fazer, Sonhadora, alertar para estes casos que estão bem à frente dos nossos olhos e que muitas vezes fingimos não ver. Um beijinho, amiga, e muito obrigada pela visita. Que os teus dias sejam sempre iluminados.
      Emília

      Eliminar
  22. Gostei deste alerta e parece que é urgente levá-lo a todas as pessoas para que tomem consciência destas novas formas de escravidão

    Caminhamos numa sociedade que parece ser dominada por feudos políticos sociais e económicos.

    Uns homens exploram e escravizam outros com a finalidade do seu enriquecimento pessoal rápido e do controle de outras vidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É urgente, sim, Luis, pois muitas vezes não queremos ver aquilo que está bem à nossa frente e esse não é de certeza o nosso papel como verdadeiros cidadãos. Devemos estar atentos a estes fenómenos e contribuir da maneira que pudermos e soubermos para que as coisas melhorem. Um beijinho e obrigada pela visita.
      Emília

      Eliminar