quarta-feira, 6 de Outubro de 2010

O PODER DO RISO



Pense na última vez que você riu. Foi por alguma situação engraçada? Ou por alguma piada? Ou por uma sátira que viu na TV? Talvez por nenhuma dessas razões. Muito provavelmente não houve uma razão especial e você riu ou sorriu ao cumprimentar alguém, quando conversava com amigos ou quando brincava com alguém.
O riso é universal na espécie humana e uma das coisas mais comuns que fazemos. Nós rimos muitas vezes por dia e em situações extraordinariamente diversas, mas não percebemos isso, porque raramente controlamos conscientemente o nosso riso. O neurobiologista Robert Provine, ao observar 1200 conversações em locais públicos como shopping centers, salas de aula, lanchonetes, ruas, etc, descobriu que 80% do nosso riso não tem nada a ver com humor. Nós rimos essencialmente em situações sociais e geralmente em momentos de felicidade, prazer e brincadeiras, mas sabemos que ele é muito mais do que apenas uma mera manifestação de alegria. Ele também atenua hostilidade e agressão (repare como utilizamos o riso quando queremos atenuar uma típica tensão entre estranhos ou necessitamos dizer não a alguém. Nós frequentemente rimos quando nos desculpamos. O riso desarma as pessoas, cria uma ponte entre elas e facilita o comportamento amigável.
Tudo sto indica que o riso é um elemento importante de nossa biologia comportamental humana. Ele parece ter sido selecionado pela evolução como um dispositivo importante para a nossa sobrevivência. Entender o riso significa compreender as nossas raízes sociais e biológicas e aprimorar as nossas relações sociais.
Por que nós rimos?
O riso, como qualquer outro comportamento emocional, tem uma função e o riso não é exceção. A função do riso é a de comunição. É uma mensagem que nós enviamos às outras pessoas comunicando disposição para brincar, ligar-se a elas, ficarmos felizes e fazê-las felizes, mostrarmos que somos pacíficos. Nós somos criaturas que necessitamos criar estruturas sociais e viver bem. Então nós precisamos ter relações pacíficas com as pessoas ao nosso redor. O riso promove efeitos positivos em nossos contatos sociais.
A função social do riso pode aprofundar-se ainda mais. Estudos mostraram que indivíduos socialmente dominantes como chefes executivos ou tribais usam o riso para controlar seus subordinados. Quando o chefe ri, os subordinados em geral também riem. O riso é então uma forma de expressar o poder? O filósofo John Moreall especula que desta forma, os chefes estão "controlando o clima emocional do grupo". Dr. Provine e sua equipe observaram que as mulheres em uma audiência riem mais quando o palestrante é um homem.
Precisamos dos risos e das brincadeiras para interagirmos como indivíduos com o grupo social no qual nos inserimos, e também para aliviar as tensões sociais do cotidiano. O riso, as cócegas e as brincadeiras estão entrelaçados de formas bastante complexas e são uma das nossas primeiras experiências de vida.

(Silvia Helena Cardoso, PhD)


Ps.É saudavel, ria, ria,ria, e acaba mesmo rindo com vontade, creia , já me aconteceu....quantas vezes ri-se para não chorar, outras ri-se contagiada , outras ri-se mesmo com aquela vontade .....

Por isso esses musculos faciais, precisam mesmo de movimento, não se acanhe.....contagie os outros com o seu riso, ou pelo menos com essse ..seu sorriso lindo!


Herminia

18 comentários:

  1. Sou muito dada ao riso e sorrio com facilidade...Nunca me esqueço que fui expulsa de uma aula de canto coral no colégio ,por um ataque de riso que me deu e que não conseguia parar...não sei se já te tinha contado!
    Normalmente sou uma pessoa bem disposta com um largo sorriso na boca e este modo de ser, facilitou-me a vida em muitos momentos...
    De facto, rir, é o melhor remédio...para tudo!!
    Beijocas
    Graça

    ResponderEliminar
  2. Oi Hermínia! O riso é muito importante em todos os aspectos e, quando vemos os nossos mais queridos a rirem, então o nosso coração se ilumina e dá cor aos nossos dias, mesmo àqueles que estão sombrios e chuvosos. Só vemos o sol a espreitar no meio dos pingos de chuva, não é amiga? Hoje soube-me muito bem ler e falar de riso. Um beijinho, amiga e espero que o sorriso não saia do seu semblante.
    Emília

    ResponderEliminar
  3. Olá. Eu sorrio muito, ou faço por isso.
    Ás vezes, basta lembrar algo que nos é familiar, querido, e o sorriso vem espontaneamente.

    Como sorri agora, quando entrei neste blog.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Mila, além de ser otimista, herdei de meu pai o riso solto e o bom humor. Intercalado por um gênio, digamos, terível. kskksksksksk

    ResponderEliminar
  5. Amigas,

    Sorrir adoça e promove o contacto...
    Rir descomprime e faz bem à alma...

    Beijos com ternura e Um largo sorriso

    ResponderEliminar
  6. Oi Graça!
    Gostei do seu comentário.É das pessoas que agrada, é bom conviver com pessoas que riem ..
    até da propria vida.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  7. Oi Emilia!
    Gostei do seu mail, agora sim vai rir e sorrir...
    É bom ver o Sol entrar pela janela, nos dias de frio e chuva, agora já entrou e " começar de novo, vai valer apena"...
    Quanto ao meu riso e ao meu sorriso, só quem me conhece bem, é que vê o que está por detràs daquele sorriso....
    Bem...esta nossa musiquinha do blog "é demais..dá-me cá uma vontade de dançar...
    Aquele até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  8. Oi Cantinho!
    Quem sorri agora sou eu, promessas de encontros e nunca mais.....
    Bem amiga, agora ando atarefada, na mudança de casa,. vou passar para um andar na cidade...a idade já pede, sorrio sabe porquê ? não sei como vou arrenjar espaço para meter coisas de quase 30 e muitos anos, agora´´e quer vou mesmo rir...
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  9. Oi Eliane!
    ´E bom ser assim, dá saude ,rir,a vida torna-se mais fácil,não há aqueles dias tenebrosos...
    O Bom humor, atrai tudo o que há de bom.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  10. Oi Miguxa!
    Basta às vezes um sorriso e clic...como por magia,o desejo foi realizado!
    Rir..faz bem à mente, naquele momento é o momento da "felicidade".
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  11. Olá

    Rir faz bem! Sabemos bem disso, mas entre saber e fazer vai um longo caminho...

    O meu rosto é o espelho da minha alma.
    Adoro rir...sorrir, mas não consigo fingir...

    Bjs.

    ResponderEliminar
  12. tenho problemas em ri, não consigo ri muito e isso para mim é um problema

    ResponderEliminar
  13. Olá!

    E rir consegue até ser por vezes uma terapia e existe mesmo "Uma terapia do riso".

    Aprendi a rir e a sorrir e sabe mesmo bem. Primeiro consegui fazer sorrir o coração e depois o rosto também ficou contagiado ;)

    Um beijinho e um sorriso grande para ambas!

    Joana

    ResponderEliminar
  14. Espero que a casa nova lhe dê o conforto o descanso que merece.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Claro que nem sempre é fácil sorrir, apesar de sabermos o bem que nos faz, Monalisa. Mesmo que a gente sorria o olhar muitas vezes mostra que o que nos apetece é chorar; ele não nos deixa mentir. Apareça sempre, pois gostamos de tê-la por cá. Um beijinho
    Hermínia

    ResponderEliminar
  16. Oi Ediney, como vai? Ha pessoas que não são muito dadas ao riso, mas o que importa é que se sintam bem, apesar do riso não aparecer. Obrigada pela visita.
    Hermínia

    ResponderEliminar
  17. Tens razão, Joana; primeiro é preciso que o nosso coração ria para que o sorriso saia sincero e contagie os outros. Um beijinho e volta sempre!
    Hermínia

    ResponderEliminar
  18. Olá cantinho! Brevemente estarei na nova casa e acho que vou gostar muito de viver lá; depois conto-te. Um beijinho e até breve.
    Hermínia

    ResponderEliminar